Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Preços do Security Command Center

Veja neste documento os detalhes de preços do Security Command Center.

Se você não paga em dólar americano, valem os preços na sua moeda local listados na página SKUs do Cloud Platform.

Visão geral de preços

Quando você usa o nível Premium ou Standard do Security Command Center, poderá haver cobrança pelos itens a seguir:

  • Quaisquer custos associados ao nível do Security Command Center que você selecionou, conforme descrito posteriormente nesta página.
  • Quaisquer custos associados a outros scanners pagos, como o Cloud Data Loss Prevention (Cloud DLP), ou um scanner de parceiro terceirizado para adicionar dados ao Security Command Center. Você será cobrado pelo fornecedor do scanner com base nas taxas de uso dele.
  • Quaisquer custos de App Engine associados ao uso do Web Security Scanner, conforme descrito mais adiante nesta página.

Preços por nível do Security Command Center

Os preços do Security Command Center são baseados no nível do Security Command Center selecionado.

Para ver uma lista dos recursos incluídos em cada nível, consulte Níveis do Security Command Center.

Preços do nível Standard

O nível Standard do Security Command Center é gratuito.

Preços do nível Premium

O nível Premium do Security Command Center está disponível por assinatura de preço fixo anual ou plurianual.

Se o total anual de gastos ou compromissos do Google Cloud exceder US$ 15 milhões, entre em contato com seu representante de vendas para conversar sobre as opções de preço disponíveis.

Se o total anual de gastos ou compromissos do Google Cloud for inferior a US$ 15 milhões, o custo anual do Security Command Center Premium será 5% maior que o seguinte:

  • Seu compromisso em termos de investimento anual no Google Cloud (para transações até o termo do compromisso); ou
  • O valor atual de seu investimento real e anual no Google Cloud (até um ano).

Há um custo anual mínimo de US $15.000. É possível vincular a assinatura do nível Premium do Security Command Center às suas novas ofertas de compromisso ou incluí-la em uma oferta. Nos dois casos, a assinatura do nível Premium do Security Command Center tem a mesma duração da sua oferta de compromisso. A assinatura é cobrada mensalmente no prazo da assinatura.

Para detalhes específicos, entre em contato com o representante de vendas.

Exemplos de preços do nível Premium

Veja a seguir exemplos dos preços de assinatura do nível Premium do Security Command Center.

Baseado na oferta de compromisso

Suponhamos que você tenha uma oferta de compromisso plurianual estruturada da seguinte forma…

  • Ano 1 a US$ 1 milhão
  • Ano 2 a US$ 2 milhões
  • Ano 3 a US$ 4 milhões

… Então, o preço fixo do nível Premium do Security Command Center será:

  • Ano 1 a US$ 50.000
  • Ano 2 a US$ 100.000
  • Ano 3 a US$ 200.000

No cenário anterior, mesmo que seu gasto anual no Google Cloud durante o Ano 1 fosse realmente de US$ 1,2 milhão, os encargos do nível Premium do Security Command Center para aquele ano ainda seriam de US$ 4.167 por mês, ou US$ 50.000 no total.

O custo total pela oferta plurianual anterior seria de US$ 350.000. Mesmo que seu uso durante o prazo de três anos ultrapassasse o compromisso, o valor do nível Premium do Security Command Center ao longo de três anos ainda seria de US$ 350.000.

Quando a taxa anual de gastos atual é maior do que a oferta de compromisso existente

É possível comprar o Security Command Center Premium com base na sua taxa anual de gastos em um ano de uma só vez. Quando a taxa anual de gastos excede um valor de compromisso, a taxa anual de gastos precisa ser usada para compra. O Security Command Center só pode ser comprado por vários anos se o gasto atual for inferior a dois anos ou mais do compromisso.

Por exemplo, se você tiver uma oferta de compromisso plurianual estruturada em…

  • Ano 1 a US$ 1 milhão
  • Ano 2 a US$ 2 milhões
  • Ano 3 a US$ 4 milhões

… No entanto, no primeiro ano, sua taxa anual de gastos será de US$ 1,5 milhão, então o preço fixo do nível Premium do Security Command Center será de:

  • Ano 1 a US $75.000, já que a taxa de gastos anual de US $1,5 milhão é maior que seu compromisso de US$ 1 milhão
  • Ano 2 a US$ 100.000
  • Ano 3 a US$ 200.000

No cenário anterior, se você assinou o Security Command Center Premium e seu gasto real no Google Cloud no ano 1 aumentou para US$ 1,9 milhão, as cobranças do nível Premium para esse ano ainda seriam de US$ 6.250 por mês ou US$ 75.000 no total.

Os preços do nível Premium do Security Command Center não são baseados no consumo de registros nem no uso

Quando você faz a assinatura do nível Premium do Security Command Center, todo o processamento dos dados de registro exigidos para a Event Threat Detection em sua organização é incluído. Não haverá cobrança com base nos volumes de dados de registro consumidos.

O nível Premium do Security Command Center inclui determinados serviços integrados que realizam verificações que podem gerar cobranças relacionadas ou indiretas para:

  • Limites de cota e cobranças de largura de banda (tráfego) do App Engine, Compute Engine e GKE.
  • cotas de chamadas de API para serviços do App Engine, como e-mail e busca, além dos serviços do Compute Engine e GKE.
  • Tráfego de rede de saída de destinos de verificação.

A quantidade real de tráfego gerado de uma verificação depende do aplicativo e do número de URLs, manipuladores de eventos, formulários e parâmetros.

Para informações sobre os serviços integrados que podem gerar cobranças indiretas, consulte Cobranças indiretas associadas a serviços integrados.

Cobranças indiretas associadas a verificações de vulnerabilidades

Algumas verificações de vulnerabilidades realizadas por alguns serviços integrados de detecção de vulnerabilidades de nível Premium podem aumentar os custos dos recursos gerados pelos destinos de verificação. Essas cobranças indiretas não são identificadas no faturamento como associadas ao Security Command Center ou aos serviços dele.

Os serviços integrados que fazem essas verificações incluem:

  • Web Security Scanner
  • Detecção rápida de vulnerabilidades
  • Zona de destino segura

Por exemplo, as verificações do Web Security Scanner podem afetar os limites de cota da instância do App Engine, as cobranças de largura de banda (tráfego) e as cotas de chamadas de API para serviços do App Engine, como e-mail e pesquisa. O valor real de tráfego gerado por uma verificação depende do aplicativo e do número de URLs, manipuladores de eventos, formulários e parâmetros.

Por esse motivo, os serviços do Security Command Center são otimizados para manter o mínimo de tráfego. Por exemplo, a taxa de verificação do Web Security Scanner é limitada por padrão para aproximadamente 15 consultas por segundo (QPS), com pequenas variações na taxa devido à natureza assíncrona de muitos aplicativos da Web. Atualmente, uma verificação grande é interrompida após 100.000 solicitações de teste, sem incluir solicitações relacionadas ao rastreamento do site. Não há um limite para as solicitações de rastreamento do site.

Outro exemplo: as verificações da Detecção rápida de vulnerabilidades podem aumentar o tráfego de saída da rede a partir de uma VM verificada. O tráfego de saída de rede é faturado para a VM de destino.

Qualquer aumento no tráfego de saída da rede que possa ser causado por verificações de vulnerabilidades depende do número de endpoints e de aplicativos hospedados no destino de verificação, porque cada endpoint ou aplicativo exige uma verificação separada. Por exemplo, se os destinos de verificação de uma organização estiverem todos em regiões da América do Norte, uma única verificação de Detecção rápida de vulnerabilidades usa uma estimativa de 200 KB de tráfego de saída. Se a organização executar 100 mil verificações por mês, o aumento resultante no tráfego faturável será de aproximadamente 20 GB.

A seguir