Jobs do Cloud Run: execute scripts e jobs de processamento de dados no Cloud Run
Ir para

Cloud Run

Desenvolva e implante aplicativos conteinerizados de alto escalonamento usando sua linguagem preferida (Go, Python, Java, Node.js, .NET, dentre outras) em uma plataforma totalmente gerenciada e sem servidor.

Todos os clientes do Google Cloud recebem sem custo financeiro 2 milhões de solicitações por mês.

  • Implante um contêiner de amostra que responde às solicitações de entrada da Web com este guia de início rápido.

  • Como criar a partir da fonte? Implante um aplicativo de exemplo no Cloud Run a partir da origem com esse guia.

  • Execute migrações de bancos de dados, relatórios noturnos, ou transformação de dados em lote com os jobs do Cloud Run

Principais recursos

Principais recursos

Qualquer linguagem, qualquer biblioteca e qualquer binário

Use a linguagem de programação que preferir ou qualquer biblioteca de linguagem ou de sistema operacional. Também é possível trazer seus próprios binários.

Aproveite os padrões e fluxos de trabalho de contêiner

Os contêineres se tornaram um padrão para empacotamento e implantação de códigos e suas dependências. O Cloud Run combina muito bem com o ecossistema de contêineres: Cloud Build, Cloud Code, Artifact Registry e Docker.

Pagamento por uso

Pague apenas quando seu código estiver sendo executado, arredondado para o múltiplo de 100 milissegundos mais próximo.

Veja todos os recursos

Documentação

Documentação

Princípios básicos do Google Cloud
O que é o Cloud Run?

Tenha uma visão geral abrangente do Cloud Run, de conceitos básicos a casos de uso comuns e integrações.

Guia de início rápido
Implante um contêiner de amostra pré-criado

Implante um contêiner de amostra que já foi carregado no repositório do Container Registry para o Cloud Run.

Guia de início rápido
Crie e implante um contêiner a partir do código-fonte

Crie um aplicativo simples, empacote-o em um contêiner e implante a imagem do contêiner no Cloud Run.

Tutorial
Implantação contínua com o Git usando o Cloud Build

Saiba como automatizar a criação e implantação do seu código sempre que novas confirmações forem enviadas para uma determinada ramificação de um repositório do Git.

Casos de uso

Casos de uso

Caso de uso
Serviços da Web: sites

Crie seu site usando uma pilha de tecnologia consolidada, como nginx, ExpressJS e django. Acesse seu banco de dados SQL no Cloud SQL e renderize páginas HTML dinâmicas.

Ícone do Google Chrome flui até o retângulo com linguagens de programação Node.js, django e Ruby on Rails, todas fluindo para dentro do Cloud SQL Relational
Caso de uso
Serviços da Web: back-end de APIs REST

Apps modernos para dispositivos móveis geralmente contam com APIs RESTful de back-end para fornecer informações atuais sobre o aplicativo e separar as equipes de desenvolvimento de front-end e back-end. Os serviços de API executados no Cloud Run permitem que os desenvolvedores mantenham os dados em segurança em bancos de dados gerenciados, como Cloud SQL ou Firestore (NoSQL). Faça login no Cloud Run e conceda acesso aos usuários a dados de recursos de apps armazenados nos bancos de dados do Cloud.

Diagrama de caso de uso para back-end de APIs REST: caixas empilhadas e vinculadas: usuários, dispositivo móvel, APIs Rest do Cloud Run e Firestore Document DB. Linhas saem do Dispositivo móvel e APIs Rest do Cloud Run para uma caixa etiquetada Identity Platform
Caso de uso
Processamento de dados: transformação de dados leves

Crie aplicativos de processamento de dados no Cloud Run que transformam dados leves quando eles chegam e armazene-os como dados estruturados. As transformações podem ser acionadas em fontes do Google Cloud.

Quando um arquivo .csv for criado, um evento será enviado e entregue a um serviço do Cloud Run. Em seguida, os dados são extraídos, estruturados e armazenados em uma tabela do BigQuery.

Diagrama caso de uso para transmissão de dados leves: fluxo da caixa "Cloud Storage" à esquerda com seta para a direita etiquetada "acionador do Cloud Storage", passa para a caixa "Transformação de Dados/Cloud Run", pela seta etiquetada "Armazena dados" e chega à caixa "BigQuery"
Caso de uso
Automação: geração programada de documentos

Programe um job mensal com o Cloud Scheduler para gerar faturas usando um serviço do Cloud Run. Como os contêineres com binários personalizados podem ser implantados no Cloud Run, é possível executá-lo em uma ferramenta de geração de PDF, como o LibreOffice, sem servidor. Assim, você só paga quando gerar faturas.

Diagrama de caso de uso para geração programada de documentos: fluxo da caixa "Cloud Scheduler" à esquerda, seta etiquetada "Todo mês" move-se para a direita, para a caixa do meio etiquetada "Geração de PDF / Cloud Run". Seta apontando para cima, etiquetada "Obter dados do cliente", leva a Cloud SQL Relational. Seta para baixo, etiquetada "Armazenar faturas", leva a Cloud Storage
Caso de uso
Automação: fluxo de trabalho com webhooks

Conecte suas operações com uma abordagem voltada a eventos. O Cloud Run escalona sob demanda e, ao mesmo tempo, implementa um destino de webhook, enviando eventos na forma de solicitações e cobrando apenas quando você receber e processar o evento.

Reaja a eventos do GitHub ou do Slack ou envie webhooks quando uma compra for feita, um trabalho estiver pronto ou um alerta for emitido com um serviço que consegue reagir em tempo hábil para acionar um microsserviço na sua infraestrutura.

Caixa à esquerda etiquetada "Desenvolvedor" leva à direita com uma seta etiquetada "Enviar código" para a caixa "repositório do Git", flui para a direita com uma seta de "solicitação POST" para a segunda caixa (de um total de 3) etiquetada "Webhook Receiver/Cloud Run". Seta etiquetada "Acionando" aponta para a caixa "Outros serviços", outra etiqueta, "Redirecionamento", leva ao Google Chat.

Todos os recursos

Todos os recursos

Qualquer linguagem, qualquer biblioteca e qualquer binário

Suporte integrado para Node.js, Go, Java, Kotlin, Scala, Python, .Net e Docker.

Use a linguagem de programação que preferir, qualquer biblioteca de linguagem ou sistema operacional. Também é possível trazer seus próprios binários.

Aproveite os padrões e fluxos de trabalho de contêiner O Cloud Run aceita qualquer imagem de contêiner e funciona bem com o ecossistema de contêineres: Cloud Build, Artifact Registry, Docker.
Experiência de desenvolvimento ainda melhor Uma linha de comando e interface do usuário simples para implantar e gerenciar seus serviços rapidamente. Integração com o Cloud Code e o Cloud Build para implantações contínuas.
Totalmente gerenciado Sem infraestrutura para administrar: depois de implantado, o Cloud Run gerencia seus serviços para que você não precise se preocupar.
Simultaneidade por instância O Cloud Run escalona automaticamente instâncias de contêiner e permite até 1.000 solicitações simultâneas em cada instância de contêiner, fornecendo um alto nível de eficiência.
Escalonamento automático rápido O Cloud Run faz o escalonamento automático de zero a N de acordo com o tráfego, aproveitando o fluxo de imagens do contêiner para agilizar a inicialização.
Redundância Os serviços do Cloud Run são regionais e replicados automaticamente em várias zonas.
Segurança Monte secrets do Secret Manager. Implante somente imagens de contêiner confiáveis com autorização binária. Use suas próprias chaves de criptografia. As instâncias de contêiner são executadas em um sandbox isolado de outros recursos, com identidades e permissões dedicadas.
Armazenamentos permanente e temporário

Aproveite até 32GiB de armazenamento temporário com um sistema de arquivos na memória.

Conecte-se a sistemas de arquivos de rede, como o Filestore ou o Cloud Storage FUSE, para ter armazenamento permanente.

Geração de registros e monitoramento integrados Integração imediata com o Cloud Monitoring, Cloud Logging, Cloud Trace e Error Reporting para garantir a integridade de um aplicativo.
Processe o tráfego da Web Exponha os serviços do Cloud Run publicamente para receber solicitações da Web
Processe eventos assíncronos Configure gatilhos para receber eventos de serviços do Google, SaaS e de seus apps próprios usando serviços acoplados com flexibilidade que reagem a alterações de estado.
Portabilidade O Cloud Run aceita imagens padrão de contêiner e é criado com base no projeto de código aberto Knative, ativando a portabilidade de cargas de trabalho entre plataformas.
URLs HTTPS Cada serviço do Cloud Run recebe um endpoint HTTPS estável pronto para uso, com um término de TLS administrado para você.
Domínios personalizados Associe serviços aos seus próprios domínios.
HTTP/2, WebSockets e gRPC Invoque e conecte os serviços do Cloud Run com HTTP/1.*, HTTP/2, WebSockets ou gRPC (unário e streaming).

Preços

Preços

Pague pelo uso com um nível Sempre gratuito, arredondado para os 100 milissegundos mais próximos.

O custo total é a soma do uso de CPU, memória, solicitações e rede.

Use a calculadora de preços do Google Cloud para uma estimativa.

CPU Memória Solicitações
Preço US$ 0,00002400 por vCPU-segundo US$ 0,00000250 por GiB-segundo US$ 0,40 por milhão de solicitações
Sempre gratuito 180.000 vCPU-segundos ao mês 360.000 GiB-segundos ao mês 2 milhões de solicitações por mês

Parceiros

Parceiros

O Cloud Run se integra facilmente a uma ampla variedade de tecnologias de parceiros.