Preços do Cloud KMS

Nesta página, estão descritas as informações de preços do Cloud KMS. Os preços são efetivos a partir de 11 de janeiro de 2017.

A cobrança de uso do Cloud Key Management Service tem como base a seguinte tabela de preços. Uma fatura é enviada ao final de cada ciclo de faturamento, listando o uso e as cobranças anteriores. Os preços nesta página estão listados em dólares americanos (USD).

Se você fizer pagamentos em uma moeda que não seja o dólar americano, serão aplicados os preços na sua moeda listados na página SKUs do Cloud Platform.

Importante: o Cloud KMS exige informações de faturamento para todas as contas antes de você começar a usar o serviço. Para se inscrever no faturamento, acesse a página de faturamento do projeto no Console do Google Cloud Platform.

Visão geral de preços

O preço do Cloud KMS é baseado no número de versões de chaves ativas, no nível de proteção das versões de chaves e na taxa de uso das operações de chaves. Para chaves com nível de proteção SOFTWARE, o mesmo preço é aplicado a chaves assimétricas e simétricas.

Item faturável Para chaves com nível de proteção SOFTWARE Para chaves com nível de proteção HSM
Versões de chaves AES-256 e RSA 2048 ativas 1 US$ 0,06 por mês 2 US$ 1,00 por mês 2
Versões de chaves ativas RSA 3072, RSA 4096 ou curva elíptica 1 US$ 0,06 por mês 2 US$ 2,50 por mês para as primeiras 2.000 2

US$ 1,00 por mês 2 para as demais

Versões de chaves destruídas Gratuito Gratuito
Operações de chaves: criptográficas US$ 0,03 a cada 10.000 operações 3 US$ 0,03 por 10.000 operações 3 para chaves AES-256 e RSA 2048

US$ 0,15 por 10.000 operações 3 para chaves RSA 3072, RSA 4096 e curva elíptica

Operação de chave: administrador Gratuito Gratuito

Observações

1. Uma versão de chave estará ativa se estiver em qualquer um destes estados:

2. O Cloud KMS cobra mensalmente pelo número de versões de chaves ativas que você tem no mês. Esse número não é arredondado, e sim calculado com base no consumo real. Ou seja, se você tiver uma versão que só ficou ativa por dois dias, a cobrança será proporcional ao uso, e não referente ao mês inteiro.

3. O Cloud KMS fatura por blocos de 10.000 operações criptográficas. Esse número não é arredondado, e sim calculado com base no consumo real. Ou seja, se o projeto executar 25.000 operações criptográficas, você será cobrado por 10.000 operações vezes 2,5.

Exemplo de preço

Neste exemplo, mostramos um cenário simples que pode ser aplicado se você estiver dando os primeiros passos com o Cloud KMS. Usamos um período mensal de cobrança para simplificar os cálculos.

Suponha que você tenha o seguinte padrão de uso de chave em um determinado mês:

  • 100 chaves (CryptoKeys) com nível de proteção SOFTWARE, cada chave tendo 5 versões ativas, para um total de 500 versões de chaves (CryptoKeyVersions).
  • 100.000 operações de uso da chave para criptografia e descriptografia simétricas. (As operações de administração de chaves são gratuitas.)
  • 10.000 operações de uso da chave para recuperação de uma chave pública referente a uma chave assimétrica.
  • 50.000 operações de uso da chave para assinatura assimétrica.

Seu faturamento para o mês será calculado da seguinte maneira:

  • 500 versões de chave a US$ 0,06: US$ 30,00
  • 100.000 operações de uso da chave para criptografia e descriptografia simétricas a US$ 0,03 por 10.000 operações: US$ 0,30
  • 10.000 operações de uso da chave para recuperação de uma chave pública a US$ 0,03 por 10.000 operações: US$ 0,03
  • 50.000 operações de uso da chave para assinatura assimétrica a US$ 0,03 por 10.000 operações: US$ 0,15

Total deste exemplo de preço: US$ 30,48

Como ver o uso

O Console do Google Cloud Platform inclui um histórico de cada um dos projetos. Esse histórico descreve o saldo atual e o uso estimado do recurso desse projeto específico.

Para ver o histórico de transações de um projeto, acesse a página de faturamento estimado.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…