Como migrar VMs para o Compute Engine

O Google Cloud Platform oferece as opções a seguir para migrar servidores para o Compute Engine.

Como importar discos virtuais

Se você tem discos virtuais pré-configurados em seu ambiente local (às vezes chamados de discos dourados ou imagens douradas), pode economizar tempo importando esses discos virtuais no Compute Engine e usando a imagem resultante para criar novas máquinas virtuais. A ferramenta de importação é compatível com a maioria dos formatos de arquivo de disco virtual, como VMDK, VHD e RAW. Para mais informações, consulte Como importar discos virtuais.

Para migrar um grande número de máquinas virtuais (VMs, na sigla em inglês), pense em um dos produtos de migração de VM a seguir.

Como usar o Velostrata para migrar VMs

O Velostrata oferece uma solução de migração de nuvem sem agente que permite que os usuários migrem as VMs para o Google Cloud Platform em questão de minutos. Além disso, ele usa a tecnologia de streaming para reduzir o tempo de migração, fornece recomendações de redimensionamento antes da migração para você escolher os tipos de instância apropriados e se integra ao VMware vCenter para proporcionar um único painel para o gerenciamento de migrações de VM. O Velostrata também oferece uma interface baseada na Web para organizar e automatizar migrações de VMs em massa.

O Velostrata é gratuito para os clientes que estão migrando para o GCP. As taxas de faturamento padrão se aplicam a todos os outros produtos do GCP (Compute Engine, Storage etc.) usados durante ou após a migração. Por exemplo, se você usa as VMs do Compute Engine para implantar o Velostrata, será necessário pagar por cada instância/hora. Para mais informações sobre os produtos do GCP usados pelo Velostrata, consulte a página de preços dessa solução.

Para mais informações, consulte a documentação sobre como usar o Velostrata para migrar VMs para o GCP.

Como usar o serviço de migração CloudEndure

O CloudEndure fornece um serviço gerenciado e simples de usar para migrações de várias VMs. Ele oferece suporte a migrações do local para a nuvem e entre nuvens. A tecnologia de migração baseada em agente do CloudEndure oferece suporte a VMs executadas em qualquer ambiente de virtualização e também a servidores físicos.

O serviço de migração de VM do CloudEndure é gratuito. Você será cobrado apenas pelos recursos de VM do GCP que criar, com base na tabela de preços do Compute Engine.

Para mais informações, consulte o guia que informa como usar o CloudEndure para migrar VMs para o GCP.

Versões de SO compatíveis para migração

Em geral, as máquinas virtuais precisam estar executando um dos sistemas operacionais compatíveis com a versão mais recente do kernel para cada versão do sistema operacional. Embora algumas máquinas virtuais com versões mais antigas do kernel possam migrar com sucesso, é altamente recomendável que você atualize para a versão mais recente do kernel. Máquinas virtuais com versões mais antigas do kernel que não incluem drivers para o virtio-scsi falharão durante a migração.

A seguir

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Compute Engine