Como nomear recursos

Nesta página, você verá a descrição da convenção de nomenclatura para recursos do Compute Engine.

Os recursos são os componentes fundamentais que constituem um serviço ou produto do Cloud. Por exemplo, entre alguns dos recursos do Compute Engine estão os seguintes:

Para saber mais sobre recursos, consulte Documentação de recursos globais, regionais e por zona.

Convenção de nomenclatura

Ao criar um novo recurso no Compute Engine, você precisa fornecer propriedades como um nome.

Para recursos no Compute Engine, o nome precisa seguir este formato (a menos que seja especificado de maneira diferente na documentação para criação do recurso):

  • Ter de 1 a 63 caracteres
  • Estar de acordo com a RFC 1035
  • Corresponder à expressão regular [a-z]([-a-z0-9]*[a-z0-9])?. Isso significa que o primeiro caractere precisa ser uma letra minúscula, e todos os seguintes precisam ser hífen, letra minúscula ou dígito, exceto o último, que não pode ser um hífen.

Exclusividade do nome

Em geral, os nomes dos recursos precisam ser exclusivos em um local dentro do projeto. Por exemplo, um nome de endereço IP externo precisa ser exclusivo na região em que reside. No entanto, você pode reutilizar nomes entre locais.

Se a configuração VmDnsSetting da sua instância não estiver definida como ZonalOnly, os nomes das instâncias de VM precisarão ser exclusivos no projeto. É altamente recomendável usar a configuração VmDnsSetting:ZonalOnly para seus projetos, não apenas para que você possa reutilizar nomes de VM entre locais, mas também porque há garantias de confiabilidade mais altas ao Isolar falhas no registro DNS para zonas individuais. Para mais informações, consulte Nomes de DNS por zona.