Guia de início rápido: como usar a IU da Web no Console do GCP

Use a IU da Web clássica do BigQuery no Console do Cloud como uma interface visual para concluir tarefas, como executar consultas e carregar ou exportar dados. Neste guia de início rápido, você aprenderá como consultar tabelas em um conjunto de dados público e como carregar dados de amostra no BigQuery usando o Console do Cloud.

Antes de começar

    no_billing
  1. Faça login na sua Conta do Google.

    Se você ainda não tiver uma, inscreva-se.

  2. No Console do GCP, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do GCP.

    Acesse a página do seletor de projetos

  3. Verifique se o faturamento foi ativado no projeto do Google Cloud Platform. Saiba como confirmar que o faturamento está ativado para seu projeto.

  4. bigquery BigQuery no_steps
  5. O BigQuery é ativado automaticamente em novos projetos. Para ativar o BigQuery em um projeto que já existe, acesse
  6. Se você não quiser informar um cartão de crédito ou ativar o faturamento do seu projeto, o BigQuery fornece um sandbox. É possível seguir as etapas deste tópico mesmo que seu projeto não esteja com o faturamento ativado. Se você quiser ativá-lo, consulte as informações sobre como ativar o faturamento.

Consulte um conjunto de dados público

A IU da Web do BigQuery fornece uma interface para consultar tabelas, incluindo os conjuntos de dados públicos oferecidos pelo produto.

Neste exemplo, você consultará o conjunto público de dados de nomes dos EUA para determinar os nomes mais comuns naquele país entre 1910 e 2013.

Os conjuntos de dados públicos do BigQuery são exibidos por padrão no Console do Cloud. Para abrir manualmente o projeto dos conjuntos de dados públicos, insira o URL a seguir no seu navegador.

https://console.cloud.google.com/bigquery?p=bigquery-public-data&page=project

Para consultar dados em um conjunto de dados públicos, faça o seguinte:

  1. Acesse a IU da Web do BigQuery no Console do Cloud.

    Acessar a IU da Web do BigQuery

  2. No canto superior direito da janela, clique em Escrever nova consulta. Se o texto está esmaecido, significa que o Editor de consultas já está aberto.

    Botão Escrever consulta

  3. Copie e cole a consulta a seguir na área de texto.

        SELECT
          name, gender,
          SUM(number) AS total
        FROM
          `bigquery-public-data.usa_names.usa_1910_2013`
        GROUP BY
          name, gender
        ORDER BY
          total DESC
        LIMIT
          10
        
  4. No canto inferior direito da janela, clique na marca de seleção verde para visualizar o validador de consulta.

    Validador de consulta

    Se a consulta for válida, será exibido um ícone de marca de seleção verde. Caso contrário, um ícone de ponto de exclamação vermelho será exibido. Se a consulta for válida, o validador também mostrará a quantidade de dados que ela processará quando você executá-la. Dados processados são úteis para determinar o custo de execução da consulta.

  5. Clique em Executar. A página de resultados será exibida abaixo da janela de consulta. Na parte superior da página de resultados da consulta, serão exibidos o tempo decorrido e os dados processados pela consulta. Abaixo da mensagem Query complete..., uma tabela exibe os resultados com uma linha de cabeçalho contendo o nome de cada coluna selecionada na consulta.

    Resultados da consulta na IU da Web do BigQuery

Carrega dados em uma tabela

Em seguida, carregue dados em uma tabela e a consulte.

Fazer o download dos dados

Você está fazendo o download de um arquivo que tem aproximadamente 7 MB de dados com os nomes mais comuns de bebês, fornecido pela Previdência Social dos EUA.

  1. Faça o download do arquivo zip com nomes de bebê.

  2. Descompacte o arquivo na sua máquina.

    O arquivo zip contém um arquivo NationalReadMe.pdf que descreve o conjunto de dados. Saiba mais sobre o conjunto de dados.

  3. Abra o arquivo nomeado yob2014.txt para ver como são os dados. Trata-se de um arquivo de valores separados por vírgulas (CSV) com três colunas: nome, sexo (M ou F) e número de crianças com esse nome. O arquivo não tem linha de cabeçalho.

  4. Observe o local do arquivo yob2014.txt para encontrá-lo mais tarde.

Crie um conjunto de dados

Em seguida, crie um conjunto de dados na IU da Web para armazenar esses dados.

  1. Se necessário, abra a IU da Web do BigQuery.

    Acessar a IU da Web do BigQuery

  2. Na seção Recursos do painel de navegação, clique no nome do projeto.

  3. No painel de detalhes, à direita, clique em Criar conjunto de dados.

    Resultados da consulta na IU da Web do BigQuery

  4. Na página Criar conjunto de dados, faça o seguinte:

    • Para ID do conjunto de dados, insira babynames.
    • Para Local dos dados, selecione Estados Unidos. Atualmente, os conjuntos de dados públicos são armazenados no local multirregional US. Para simplificar, coloque seu conjunto de dados no mesmo local.

      Página Criar conjunto de dados

  5. Mantenha todas as outras configurações padrão e clique em Criar conjunto de dados.

Carregar os dados em uma nova tabela

Em seguida, carregue os dados em uma nova tabela.

  1. Na seção Recursos do painel de navegação, clique no conjunto de dados babynames que você acabou de criar.

  2. No lado direito, no painel de detalhes, clique em Criar tabela.

    Use os valores padrão de todas as configurações, a menos que haja indicação em contrário.

  3. Na página Criar tabela, siga estas etapas:

    • Em Fonte, clique em Esvaziar tabela e escolha Fazer upload.
    • Em Selecionar arquivo, clique em Procurar, navegue até o arquivo yob2014.txt e clique em Abrir.
    • Em Formato de arquivo, clique em Avro e escolha CSV.
    • Na seção Destino, insira names_2014 como o Nome da tabela.
    • Na seção Esquema, clique na opção Editar como texto e cole a definição de esquema a seguir na caixa.

            name:string,gender:string,count:integer
            

      Nova página de tabela

  4. Clique em Criar tabela.

  5. Aguarde o BigQuery criar a tabela e carregar os dados. Enquanto o BigQuery carrega os dados, a string (1 em execução) é exibida ao lado do histórico de jobs no painel de navegação. Essa string desaparece depois que os dados são carregados.

Visualize a tabela

Depois que a string (1 em execução) desaparecer, será possível acessar a tabela. Para visualizar as primeiras linhas dos dados, faça o seguinte:

  1. Selecione babynames > names_2014 no painel de navegação.

  2. No painel de detalhes, clique na guia Visualização.

    Visualizar tabela na IU da Web do BigQuery

Consulte a tabela

Agora que os dados já estão na sua tabela, é possível consultá-la. O processo é idêntico ao exemplo anterior, mas desta vez você está consultando sua tabela, em vez de uma tabela pública.

  1. Se necessário, clique no botão Escrever nova consulta. A menos que você tenha ocultado a janela de consulta anteriormente, ela ainda estará visível.

  2. Copie e cole a consulta a seguir na área de texto. Essa consulta recupera os cinco nomes masculinos de bebês registrados nos EUA em 2014.

        SELECT
          name,
          count
        FROM
          `babynames.names_2014`
        WHERE
          gender = 'M'
        ORDER BY
          count DESC
        LIMIT
          5
        
  3. Clique em Executar. Os resultados são exibidos abaixo da janela de consulta.

    Resultados da consulta de nomes

Limpar

Para evitar cobranças na sua conta do Google Cloud pelos recursos usados neste guia de início rápido, siga estas etapas:

  1. Se necessário, abra a IU da Web do BigQuery.

    Acessar a IU da Web do BigQuery

  2. Na seção Recursos do painel de navegação, clique no conjunto de dados babynames que você criou.

  3. No painel de detalhes, à direita, clique em Excluir conjunto de dados. Essa ação exclui o conjunto, a tabela e todos os dados.

  4. Na caixa de diálogo Excluir conjunto de dados, confirme o comando de exclusão. Para fazer isso, digite o nome do seu conjunto de dados (babynames) e clique em Excluir.

A seguir

  • Para saber mais sobre a IU da Web do BigQuery no Console do Cloud, consulte esta página.

  • Para saber como carregar um arquivo JSON com dados aninhados e repetidos, consulte estas informações na página "Como carregar dados JSON do Cloud Storage".

  • Para saber como carregar dados no BigQuery, consulte esta página.

  • Para saber mais sobre como consultar dados, acesse esta página.

  • Para saber como criar um aplicativo usando a API do BigQuery, consulte esta página.