Carregar e consultar dados com o Console do Google Cloud

Saiba como usar o Console do Google Cloud para criar um conjunto de dados, carregar dados de amostra em uma tabela do BigQuery e consultar tabelas.


Para receber orientações sobre esta tarefa diretamente no Console do Cloud, clique em Orientações:

Orientações


As seções a seguir guiam você pelas mesmas etapas que você encontra clicando em Orientações.

Antes de começar

Antes de explorar o BigQuery, é preciso fazer login no Console do Cloud e criar um projeto. Se você não ativar o faturamento no projeto, todos os dados enviados estarão no sandbox do BigQuery. Isso permite que você aprenda o BigQuery gratuitamente, enquanto trabalha com um conjunto limitado de recursos do BigQuery. Para saber mais sobre o sandbox do BigQuery, incluindo limitações, como adicionar uma conta de faturamento e fazer upgrade do projeto, bem como resolver problemas, consulte Ativar o sandbox do BigQuery.

  1. Faça login na sua conta do Google Cloud. Se você começou a usar o Google Cloud agora, crie uma conta para avaliar o desempenho de nossos produtos em situações reais. Clientes novos também recebem US$ 300 em créditos para executar, testar e implantar cargas de trabalho.
  2. No console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  3. No console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  4. Opcional: se você selecionar um projeto já existente, ative a API BigQuery. O BigQuery é ativado automaticamente em novos projetos.

Crie um conjunto de dados do BigQuery

Use o Console do Cloud para criar um conjunto de dados que armazena os dados.

  1. No Console do Cloud, abra a página do BigQuery.
  2. Ir para o BigQuery
  3. No painel Explorer, clique no nome do projeto.
  4. Expanda Veja as ações > Criar conjunto de dados.
  5. Na página Criar conjunto de dados, faça o seguinte:
    1. Para o ID do conjunto de dados, insira babynames.
    2. Na lista Local dos dados, escolha us (várias regiões nos Estados Unidos). Os conjuntos de dados públicos estão armazenados no local multirregional us. Para simplificar, armazene seus conjuntos de dados no mesmo local.
    3. Mantenha as configurações padrão restantes e clique em Criar conjunto de dados.

Fazer o download do arquivo de dados de origem

Você está fazendo o download de um arquivo que tem aproximadamente 7 MB de dados com os nomes mais comuns de bebês. Ele é fornecido pela Administração da Previdência Social dos EUA.

Para mais informações sobre o conjunto de dados, consulte a página de informações do conjunto de dados da Administração da Previdência Social.

  1. Faça o download do conjunto de dados da Administração de Segurança Social dos EUA abrindo o seguinte URL em uma nova guia do navegador:

    https://www.ssa.gov/OACT/babynames/names.zip
    
  2. Extraia o arquivo.

    Para mais informações sobre o esquema do conjunto de dados, consulte o arquivo NationalReadMe.pdf do ZIP.

  3. Para ver como são os dados, abra o arquivo yob2014.txt. Esse arquivo contém valores separados por vírgula para nome, gênero (M ou F) e número de crianças com esse nome. O arquivo não tem linha de cabeçalho.

  4. Observe o local do arquivo yob2014.txt para encontrá-lo mais tarde.

Carrega dados em uma tabela

Em seguida, carregue os dados em uma nova tabela.

  1. No painel Explorer, clique no nome do projeto.
  2. Ao lado do conjunto de dados babynames, clique em Mais ações e selecione Abrir.
  3. No painel de detalhes, clique em Criar tabela.

    A menos que indicado de outra forma, use os valores padrão para todas as configurações.

  4. Na página Criar tabela, faça o seguinte:
    1. Na seção Origem, escolha Fazer upload na lista Criar tabela de.
    2. No campo Selecionar arquivo, clique em Procurar.
    3. Navegue até o arquivo yob2014.txt local e clique em Abrir.
    4. Na lista Formato do arquivo, escolha CSV
    5. Na seção Destino, insira names_2014 em Nome da tabela.
    6. Na seção Esquema, clique no botão de alternância Editar como texto e cole a seguinte definição de esquema no campo de texto:
    7. name:string,gender:string,count:integer
    8. Clique em Criar tabela.
      Aguarde o BigQuery criar a tabela e carregar os dados. Quando o BigQuery terminar de carregar os dados, expanda os painéis Histórico pessoal e Histórico do projeto para revisar os detalhes do job.

Visualizar dados da tabela

Para visualizar os dados da tabela, siga estas etapas:

  1. No painel Explorer, expanda o projeto e o conjunto de dados babynames e selecione a tabela names_2014.
  2. No painel de detalhes, clique em Visualizar. O BigQuery mostra as primeiras linhas da tabela.
  3. O BigQuery mostra as primeiras linhas da tabela. Visualização da tabela do Console do Cloud.
A guia Visualização não está disponível para todos os tipos de tabela. Por exemplo, a tag Visualização não é exibida em tabelas ou visualizações externas.

Consultar dados da tabela;

Em seguida, consulte a tabela. O processo é idêntico ao exemplo anterior, mas desta vez as consultas são feitas na sua tabela, e não em uma tabela pública.

  1. Clique em Escrever nova consulta. Uma nova guia Editor será aberta.
  2. Na guia Editor , cole a seguinte consulta. A consulta vai retornar os cinco nomes masculinos de bebês mais comuns nos EUA em 2014.
    
        SELECT
          name,
          count
        FROM
          `babynames.names_2014`
        WHERE
          gender = 'M'
        ORDER BY
          count DESC
        LIMIT
          5
        
  3. Clique em Executar. Os resultados são exibidos na seção Resultados da consulta.
    Resultados da consulta de nomes.

Você consultou uma tabela em um conjunto de dados público e depois carregou os dados de amostra no BigQuery usando o Console do Cloud.

Limpar

Para evitar cobranças na sua conta do Google Cloud pelos recursos usados nesta página, siga estas etapas.

  1. No Console do Cloud, abra a página do BigQuery.
  2. Ir para o BigQuery
  3. No painel Explorer, clique no conjunto de dados babynames que você criou.
  4. Expanda a opção Ver ações e clique em Excluir.
  5. Na caixa de diálogo Excluir conjunto de dados, confirme o comando de exclusão: digite a palavra delete e clique em Excluir.

A seguir