Como criar discos de inicialização personalizados

Ao criar uma instância de máquina virtual (VM), também é necessário criar um disco de inicialização para a VM. É possível usar uma imagem pública/personalizada ou um snapshot tirado de outro disco de inicialização. Ao criar um disco de inicialização, limite o tamanho dele a 2 TB para acomodar as limitações do particionamento MBR.

O Compute Engine cria automaticamente um disco permanente de inicialização quando você gera uma instância. Se você precisar de mais espaço de armazenamento nas instâncias, adicione uma ou mais opções secundárias de armazenamento de instâncias.

Pode ser necessário criar um disco permanente de inicialização autônomo e anexá-lo a uma instância posteriormente ou redimensionar um disco permanente de inicialização para melhorar o desempenho e adicionar mais espaço para outros aplicativos ou arquivos do sistema operacional. Esse processo foi descrito em Adicionar ou redimensionar um disco permanente.

Como prática recomendada, não use discos permanentes regionais em discos de inicialização. Em uma situação de failover, eles não forçam a anexação a uma VM.

Antes de começar

Como criar um disco permanente de inicialização independente usando uma imagem

Crie um disco permanente de inicialização independente, separado do processo de criação da instância, e anexe-o posteriormente à instância.

Console

  1. No Console do Google Cloud, acesse a página Criar um disco.

    Acesse a página Criar um disco

  2. Em Tipo de origem, selecione Imagem. Escolha uma imagem na lista.
  3. Clique em Criar

gcloud

Para criar um disco permanente de inicialização autônomo, use o comando gcloud compute disks create:

gcloud compute disks create example-disk --image example-image

API

Para criar um novo disco permanente de inicialização por meio da API, use o URI a seguir:

https://compute.googleapis.com/compute/v1/projects/example-project/zones/us-central1-f/disks?sourceImage=IMAGE

Substitua IMAGE pelo URI completo e codificado por URL da imagem de origem a ser aplicado ao disco permanente.

É necessário que o corpo da solicitação contenha um nome para o novo disco permanente:

{
  "name": "example-disk"
}

Se você tiver criado um disco permanente de inicialização maior que a imagem, talvez seja necessário reparticioná-lo.

Criar um disco permanente de inicialização usando um instantâneo

Depois de criar um instantâneo de um disco permanente de inicialização, você pode aplicar os dados desse instantâneo a novos discos permanentes. Isso só pode ser feito quando você cria primeiro um disco permanente. Não é possível aplicar um instantâneo a um disco permanente já existente nem a discos que pertençam a projetos diferentes do instantâneo em questão.

Console

  1. No Console do Google Cloud, acesse a página Criar um disco.

    Acesse a página Criar um disco

  2. Em Tipo de origem, selecione Snapshot.
  3. Escolha um instantâneo na lista.
  4. Conclua a configuração das propriedades do disco e clique em Criar.

gcloud

Para aplicar dados de um snapshot de disco permanente, execute o seguinte comando:

gcloud compute disks create example-disk --source-snapshot example-snapshot

API

Para criar um disco permanente de inicialização com um snapshot, faça uma solicitação POST para o seguinte URI:

POST https://compute.googleapis.com/compute/v1/projects/example-project/zones/us-central1-f/disks

No corpo da solicitação, inclua um nome para o novo disco permanente e o URL para o snapshot:

{
  "name": "example-disk",
  "sourceSnapshot": "zones/us-central1-f/snapshots/example-snapshot"
}

A seguir