Classes de armazenamento

Nesta página, você verá uma explicação sobre o conceito de classe de armazenamento e as diferenças entre essas classes. Para saber como alterar a classe de armazenamento de um objeto, consulte Como alterar as classes de armazenamento de objetos. Para saber como alterar a classe de armazenamento padrão de um intervalo, consulte Como alterar a classe de armazenamento padrão.

Visão geral de classes de armazenamento

No Cloud Storage, você cria um intervalo para armazenar seus dados. Um intervalo tem três propriedades que são especificadas no momento de sua criação: um nome globalmente exclusivo, um local em que o intervalo e seu conteúdo são armazenados e uma classe de armazenamento padrão para objetos adicionados ao intervalo.

O Cloud Storage oferece quatro classes de armazenamento: Multi-Regional Storage, Regional Storage, Nearline Storage e Coldline Storage. Todas as classes de armazenamento têm baixa latência (tempo inicial de carregamento normalmente de dezenas de milissegundos) e alta durabilidade. As classes diferem pela disponibilidade, duração mínima de armazenamento e preço de armazenamento e acesso.

Classe de armazenamento Nome para APIs e gsutil
Multi-Regional Storage multi_regional
Regional Storage regional
Nearline Storage nearline
Coldline Storage coldline

Comparação de classes de armazenamento

Use a tabela abaixo para relacionar suas necessidades de armazenamento de dados com uma classe de armazenamento. As seções abaixo da tabela descrevem mais detalhadamente cada classe de armazenamento.

Classe de armazenamento Características Casos de uso Preço (por GB ao mês)**
Multi-Regional Storage
  • Disponibilidade mensal normalmente acima de 99,99%
  • SLA de disponibilidade de 99,95%*
  • Redundância geográfica

Armazenamento de dados que são frequentemente acessados (objetos "populares") em todo o mundo, como veiculação de conteúdo de sites, streaming de vídeos ou jogos e aplicativos para dispositivos móveis.

Para dados de Multi-Regional Storage armazenados em locais birregionais, você também conta com desempenho otimizado para acessar produtos do Google Cloud Platform localizados em uma das regiões associadas.

US$ 0,026
Regional Storage
  • Disponibilidade mensal típica de 99,99%
  • SLA de disponibilidade de 99,9%*
  • Menor custo por GB armazenado
  • Dados armazenados em uma região geográfica restrita
  • Redundante em zonas de disponibilidade
Armazenamento de dados acessados com frequência na mesma região das instâncias do Google Cloud DataProc ou do Google Compute Engine que os usam, por exemplo, para análise de dados. US$ 0,020
Nearline Storage
  • Disponibilidade mensal típica de 99,95% em locais multirregionais, disponibilidade mensal típica de 99,9% em locais regionais.
  • SLA de disponibilidade de 99,9%* em locais multirregionais, SLA de disponibilidade de 99,0%* em locais regionais.
  • Custo muito baixo por GB armazenado
  • Custos de recuperação de dados
  • Custos mais altos por operação
  • Duração mínima de armazenamento de 30 dias
Dados que você não pretende acessar com frequência (ou seja, no máximo uma vez por mês). Ideal para fazer backup e veicular conteúdo multimídia extenso. US$ 0,010
Coldline Storage
  • Disponibilidade mensal típica de 99,95% em locais multirregionais, disponibilidade mensal típica de 99,9% em locais regionais.
  • SLA de disponibilidade de 99,9%* em locais multirregionais, SLA de disponibilidade de 99,0%* em locais regionais.
  • O menor custo por GB armazenado
  • Custos de recuperação de dados
  • Custos mais altos por operação
  • Duração mínima de armazenamento de 90 dias
Dados que você pretende acessar com pouca frequência (ou seja, no máximo uma vez por ano). Normalmente serve para recuperação de desastres ou dados que são arquivados e podem ou não ser necessários em algum momento futuro. US$ 0,007

*O SLA de disponibilidade é a porcentagem de tempo de atividade mensal respaldado pelo SLA do Cloud Storage. Se o Google não conseguir atingir esse tempo de atividade, os clientes estarão qualificados para receber um crédito, conforme descrito no SLA do Cloud Storage.

**Os preços listados são preços gerais de armazenamento que se aplicam ao armazenamento de dados na maioria dos locais. Determinados locais têm uma estrutura de preços individual. Além do preço de armazenamento, também há custos com operações, saída de dados e exclusão antecipada. Para ver detalhes, consulte a página de preços.

Todas as classes de armazenamento têm estas características:

  • É possível criar intervalos em locais de todo o mundo.

  • É possível usar as mesmas ferramentas e APIs para acessar dados, incluindo a API XML e a API JSON, a ferramenta de linha de comando gsutil, o Console do Google Cloud Platform e as bibliotecas de cliente.

  • É possível usar os mesmos controles de acesso granular e do OAuth para proteger dados.

  • A durabilidade anual de 99,999999999% (11 noves), obtida pelo armazenamento redundante de objetos em vários dispositivos localizados em várias zonas de disponibilidade. As somas de verificação são armazenadas e revalidadas regularmente para verificar proativamente a integridade de todos os dados em repouso, bem como para detectar a corrupção de dados em trânsito. Locais multirregionais e de regiões duplas fornecem proteção suplementar contra falhas em toda a região, armazenando dados em pelo menos dois locais geograficamente separados.

  • Não há tamanho mínimo para os objetos.

  • Baixa latência. O tempo inicial de carregamento normalmente é de dezenas de milissegundos.

  • A segurança dos dados é a mesma, graças à criptografia em repouso.

  • É possível usar outros recursos do Cloud Storage, como o controle de versão de objetos, a notificação de objetos, o registro de acesso, o gerenciamento do ciclo de vida, as classes de armazenamento por objeto e os objetos compostos e uploads paralelos.

  • O armazenamento é ilimitado e pode ser acessado em todo o mundo.

  • Você paga apenas pelo que usa.

Para mais informações sobre preços de armazenamento, consulte Preços do Cloud Storage.

Classe de armazenamento de intervalo e de objeto

As classes de armazenamento podem ser gerenciadas nas configurações de intervalos e objetos.

Classe de armazenamento padrão para intervalos

Cada intervalo tem uma classe de armazenamento padrão, que você pode especificar no momento em que criar o intervalo. Objetos adicionados ao intervalo usam essa classe de armazenamento padrão, exceto se for especificado algo diferente.

Você pode alterar a classe de armazenamento padrão do intervalo posteriormente. No entanto, isso afetará apenas a classe de armazenamento padrão dos objetos que você adicionar posteriormente ao intervalo. Isso não alterará a classe de armazenamento de objetos que já estão no intervalo.

Classe de armazenamento de objetos

Você pode usar a API para especificar a classe de armazenamento de objetos individuais quando adicioná-los a um intervalo ou alterar sua classe posteriormente. Para alterar a classe de armazenamento de um objeto, consulte Como alterar classes de armazenamento.

Classes

Multi-Regional Storage

O Multi-Regional Storage é adequado para armazenar dados que são acessados com frequência (objetos "mais usados"), como veicular conteúdo de sites, cargas de trabalho interativas ou dados de suporte de aplicativos móveis e jogos. Os dados de Multi-Regional Storage têm a maior disponibilidade em comparação com outras classes de armazenamento.

O Multi-Regional Storage é redundante geograficamente.

Os dados armazenados como Multi-Regional Storage podem ser colocados apenas em locais multirregionais, como os Estados Unidos, a União Europeia ou a Ásia, e não em locais regionais específicos, como us-central1 ou asia-east1.

Regiões duplas

Além dos locais gerais multirregionais, os dados de Multi-Regional Storage podem ser armazenados em locais birregionais, que são um tipo especial de locais multirregionais.

Os dados de Multi-Regional Storage armazenados em um local birregional são ideais para os mesmos tipos de cargas de trabalho que o Regional Storage, mas com as características de alta disponibilidade de todos os dados de Multi-Regional Storage.

Regional Storage

O Regional Storage permite armazenar dados a um custo menor, mas em compensação os dados são armazenados em um local regional específico, em vez de ter redundância distribuída em uma área geográfica grande.

O Regional Storage é adequado para armazenar dados no mesmo local regional das instâncias do Compute Engine ou dos clusters do Google Kubernetes Engine, que usam esses dados. Isso faz com que haja um desempenho melhor em cálculos com uso intenso de dados, em vez de armazenar dados em um local multirregional. Além disso, armazenar dados como Regional Storage nesse cenário pode reduzir as cobranças de rede.

Os dados armazenados como Regional Storage podem ser colocados apenas em locais regionais, como us-central1 ou asia-east1.

Nearline Storage

O Nearline do Google Cloud Storage é um serviço de armazenamento de baixo custo e altamente durável para armazenar dados acessados com pouca frequência. O Nearline Storage é uma opção melhor que o Multi-Regional Storage ou o Regional Storage em cenários em que é viável ter menos custos com armazenamento mas ter uma disponibilidade ligeiramente inferior, uma duração mínima de armazenamento de 30 dias e custos de acesso a dados.

O Nearline Storage é ideal para dados que você pretende ler ou modificar em média uma vez por mês ou menos. Por exemplo, se você quiser adicionar arquivos continuamente ao Cloud Storage e pretende acessá-los uma vez por mês para análise, o Nearline Storage é uma ótima opção.

O Nearline Storage também é adequado para backup de dados, recuperação de desastres e armazenamento de arquivos. No entanto, tenha em mente que o Coldline Storage é a opção mais econômica para dados acessados menos do que uma vez por ano, porque ele oferece os menores custos de armazenamento.

A redundância geográfica dos dados em Nearline Storage é determinada pelo tipo de local em que eles são armazenados: os dados em Nearline Storage armazenados em locais multirregionais são redundantes em várias regiões, oferecendo maior disponibilidade do que os armazenados em locais regionais.

Para mais informações sobre como transferir dados do Amazon Glacier para o Nearline Storage, consulte o artigo Migração do Amazon Glacier para o Cloud Storage.

Coldline Storage

O Coldline do Google Cloud Storage é um serviço de armazenamento altamente durável e de baixo custo para arquivamento de dados, backup online e recuperação de desastres. Ao contrário de outros serviços de armazenamento "frio", seus dados estão disponíveis em milissegundos, não em horas ou dias.

O Coldline Storage é a melhor opção para dados que você pretende acessar no máximo uma vez por ano, devido à sua disponibilidade um pouco menor, duração mínima de armazenamento de 90 dias, custos de acesso a dados e custos mais altos por operação. Por exemplo:

  • Armazenamento de dados frio: dados acessados com pouca frequência, como dados armazenados por motivos jurídicos ou regulamentares, podem ser armazenados a baixo custo como Coldline Storage. Eles estarão disponíveis quando você precisar.

  • Recuperação de desastres: no caso de um evento de recuperação de desastres, o tempo de recuperação é fundamental. O Cloud Storage fornece acesso de baixa latência a dados armazenados como Coldline Storage.

A redundância geográfica dos dados em Coldline Storage é determinada pelo tipo de local em que eles são armazenados: os dados em Coldline Storage armazenados em locais multirregionais são redundantes em várias regiões, oferecendo maior disponibilidade do que os armazenados em locais regionais.

Standard Storage

Os usuários que criam um intervalo sem especificar uma classe de armazenamento padrão verão essa classe listada como Standard Storage na API. Objetos criados sem uma classe de armazenamento nesse intervalo também serão listados como Standard Storage na API. Quando o intervalo associado está em um local multirregional, o Standard Storage equivale ao Multi-Regional Storage. Quando o intervalo associado está em um local regional, o Standard Storage equivale ao Regional Storage.

Por exemplo, se você tiver um objeto de Standard Storage no local multirregional us, ele será tratado como um objeto de Multi-Regional Storage e será cobrado de acordo. A classe desse objeto aparece como Multi-Regional Storage no console, mas como Standard Storage na API.

É possível mover os dados do Standard Storage para outras classes de armazenamento. Para isso, basta realizar uma transferência de armazenamento ou usar o Gerenciamento do ciclo de vida.

Disponibilidade durável reduzida

Recomenda-se que os usuários utilizem o Regional Storage no lugar da disponibilidade durável reduzida (DRA, na sigla em inglês). O Regional Storage tem um preço menor por operação, mas a mesma estrutura de preços em outros aspectos. O Regional Storage também tem melhor desempenho, principalmente em termos de disponibilidade (o DRA tem um SLA de disponibilidade de 99%).

É possível mover seus dados do DRA para outras classes de armazenamento executando uma transferência de armazenamento.

A seguir

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Precisa de ajuda? Acesse nossa página de suporte.