Como alterar classes de armazenamento de objetos

Nesta página, você aprenderá a alterar a classe de armazenamento de objetos em um intervalo por meio da substituição. Para saber como alterar as classes de armazenamento de objetos sem substituí-los, consulte o recurso Gerenciamento do ciclo de vida de objetos.

Console

As classes de armazenamento de objetos individuais não podem ser definidas no Console. Em vez disso, use o gsutil.

gsutil

Use a sinalização -s em um comando rewrite. Exemplo:

gsutil rewrite -s [STORAGE_CLASS] gs://[PATH_TO_OBJECT]

Em que:

  • [STORAGE_CLASS] é a nova classe de armazenamento do objeto. Por exemplo, nearline.
  • [PATH_TO_OBJECT] é o nome do objeto da classe que você quer alterar. Por exemplo, pets/dog.png.

APIs REST

API JSON

  1. Receba um token de acesso de autorização do OAuth 2.0 Playground. Configure o Playground para usar suas credenciais do OAuth.
  2. Crie um arquivo .json com as informações a seguir:

    {
      "storageClass": "[STORAGE_CLASS]"
    }

    Em que:

  3. Use cURL para chamar a API JSON com uma solicitação POST Object:

    curl -X POST --data-binary @[JSON_FILE_NAME].json \
      -H "Authorization: Bearer [OAUTH2_TOKEN]" \
      -H "Content-Type: application/json" \
      "https://storage.googleapis.com/storage/v1/b/[BUCKET_NAME]/o/[OBJECT_NAME]/rewriteTo/b/[BUCKET_NAME]/o/[OBJECT_NAME]"

    Em que:

    • [JSON_FILE_NAME] é o nome do arquivo JSON que você criou na etapa 2;
    • [OAUTH2_TOKEN] é o token de acesso gerado na Etapa 1.
    • [BUCKET_NAME] é o nome do intervalo que contém o objeto original. Por exemplo, my-bucket.
    • [OBJECT_NAME] é o nome do objeto. Por exemplo, pets/dog.png.

API XML

  1. Receba um token de acesso de autorização do OAuth 2.0 Playground. Configure o Playground para usar suas credenciais do OAuth.
  2. Use cURL para chamar a API XML com uma solicitação PUT Objeto:

    curl -X PUT --data-binary @[OBJECT] \
      -H "Authorization: Bearer [OAUTH2_TOKEN]" \
      -H "Content-Type: [OBJECT_CONTENT_TYPE]" \
      -H "x-goog-storage-class: [STORAGE_CLASS]" \
      "https://storage.googleapis.com/[BUCKET_NAME]/[OBJECT_NAME]"

    Em que:

    • [OBJECT] é o caminho local para o objeto da classe de armazenamento que você quer alterar. É necessário fazer novamente o upload do objeto ao alterar a classe de armazenamento com a API XML. Por exemplo, Desktop/dog.png.
    • [OAUTH2_TOKEN] é o token de acesso gerado na Etapa 1.
    • [OBJECT_CONTENT_TYPE] é o tipo de conteúdo do objeto. Por exemplo, image/png.
    • [STORAGE_CLASS] é a nova classe de armazenamento do objeto. Por exemplo, nearline.
    • [BUCKET_NAME] é o nome do intervalo que contém o objeto que você quer substituir. Por exemplo, my-bucket.
    • [OBJECT_NAME] é o nome do intervalo que você quer substituir. Por exemplo, pets/dog.png.

A seguir