Como criar um cluster regional

Neste tópico, você verá como criar um cluster regional para aumentar a disponibilidade do plano de controle e cargas de trabalho do cluster durante upgrades de cluster, manutenção automatizada ou uma interrupção por zona. Ao criar um cluster regional em vez de um cluster de zona única ou de várias zonas, as réplicas do plano de controle e dos nós são executadas em várias zonas de uma determinada região. Por padrão, os nós de um cluster regional também são replicados nas mesmas zonas que o plano de controle.

Leia mais sobre os tipos de clusters que podem ser criados.

Depois de criar um cluster regional, não será possível convertê-lo em um cluster de zona única ou de várias zonas.

Os clusters regionais replicam recursos em várias zonas e consomem cotas adicionais.

Antes de começar

Prepare-se para a tarefa seguindo essas etapas:

  • Verifique se você ativou a API Google Kubernetes Engine.
  • Ativar a API do Google Kubernetes Engine
  • Verifique se o SDK do Cloud está instalado.
  • Defina o ID do projeto padrão:
    gcloud config set project [PROJECT_ID]
  • Se você estiver trabalhando com clusters zonais, defina a zona do Compute padrão:
    gcloud config set compute/zone [COMPUTE_ZONE]
  • Se você estiver trabalhando com clusters regionais, defina a região do Compute padrão:
    gcloud config set compute/region [COMPUTE_REGION]
  • Atualize gcloud para a versão mais recente:
    gcloud components update

Como criar um cluster regional

É possível criar um cluster regional usando gcloud ou o Console do Google Cloud.

gcloud

Para criar um cluster regional, execute o comando a seguir:

gcloud container clusters create [CLUSTER_NAME] \
    --region [REGION] \
    [--node-locations [COMPUTE_ZONE],[COMPUTE_ZONE]...]]

em que [CLUSTER_NAME] é o nome escolhido para o cluster regional, e [REGION] é a [região][rz] pretendida, como us-central1. Nas regiões com mais de três zonas ou em casos em que uma quantidade menor seja recomendada, a sinalização opcional --node-locations modifica as zonas padrão em que os nós são replicados.

Por exemplo, para criar um cluster regional com nove nós em us-west1 (três zonas com três nós cada, que é o padrão):

gcloud container clusters create my-regional-cluster --region us-west1

Para criar um cluster regional com seis nós (três zonas com dois nós cada, especificadas por --num-nodes):

gcloud container clusters create my-regional-cluster \
    --num-nodes 2 \
    --region us-west1

Para criar um cluster regional com seis nós em duas zonas (duas zonas especificadas por --node-locations, com três nós cada):

gcloud container clusters create my-regional-cluster \
    --region us-central1 \
    --node-locations us-central1-b,us-central1-c

É possível especificar um canal de lançamento usando o gcloud beta com a sinalização --release-channel.

gcloud beta container clusters create [CLUSTER_NAME] \
    --release-channel [RELEASE_CHANNEL] \
    --region [REGION] \
    [--node-locations [COMPUTE_ZONE],[COMPUTE_ZONE]...]]

Também é possível especificar uma versão exata do cluster usando a sinalização --cluster-version. Sem as especificações de canal de lançamento ou versão do cluster, a versão usada será a padrão atual.

Console

Para criar um cluster regional, siga estes passos:

  1. Visite o menu do Google Kubernetes Engine no Console do Cloud.

    Acessar o menu do Google Kubernetes Engine

  2. Clique em Criar cluster.

  3. Escolha o modelo de cluster altamente disponível.

  4. Escolha a versão do cluster selecionando uma destas opções:

    • Escolha o canal de lançamento em que o cluster está inscrito. Seu cluster e os pools de nós receberão upgrade automático nesse canal.
    • Escolha uma versão específica do GKE. O upgrade automático é ativado por padrão, e seu cluster e os respectivos pools de nós receberão upgrade automático quando a versão atual for selecionada para o upgrade automático.
    • Escolha a versão padrão. O upgrade automático é ativado por padrão, e seu cluster e os respectivos pools de nós receberão upgrade automático quando a versão atual for selecionada para o upgrade automático.

    Recomenda-se o uso de canais de lançamento. Se você precisar especificar uma versão, é recomendável deixar o upgrade automático ativado.

  5. Verifique se Regional está selecionado em Tipo de local.

  6. No menu suspenso Região, selecione a região pretendida, como us-central1.

  7. Configure o cluster conforme desejado e clique em Criar.

Depois de criar um cluster, é preciso configurar a kubectl antes de interagir com o cluster a partir da linha de comando.

A seguir