Canais de lançamento

Neste tópico, apresentamos os canais de lançamento, que fornecem mais controle sobre upgrades automáticos dos clusters do GKE.

Visão geral

O Kubernetes lança atualizações com frequência para fornecer atualizações de segurança, corrigir problemas conhecidos e introduzir novos recursos. Os canais de lançamento fornecem mais controle sobre quais atualizações automáticas um determinado cluster recebe, com base nos requisitos de estabilidade do cluster e suas cargas de trabalho.

Quando você inscreve um novo cluster em um canal de lançamento, o Google gerencia automaticamente a versão e a cadência do cluster e dos respectivos pools de nós, selecionando apenas as versões disponíveis nesse canal. Uma versão precisa atender aos requisitos crescentes de estabilidade para se qualificar para um canal mais estável, e canais mais estáveis recebem menos atualizações, menos frequentes.

Quais canais estão disponíveis?

Os canais de lançamento a seguir estão disponíveis. Cada um tem uma cadência de lançamento diferente e segmenta diferentes tipos de cargas de trabalho.

Canal Frequência de upgrade aproximada Usuários pretendidos Expectativas
Rápido Semanalmente Testadores e desenvolvedores que exigem novos recursos. Os componentes mais recentes e qualificados, antes de qualquer canal. Menos testes e potencialmente menos problemas sem resolver que outros canais, incluindo o potencial para problemas sem soluções alternativas conhecidas. Sem suporte para cargas de trabalho de produção. Não são cobertos pelo SLA do GKE.
Normal Vários por mês Usuários em produção que precisam de recursos ainda não oferecidos no canal Stable Estas versões passaram por validação interna e são consideradas de qualidade em nível de produção, mas não tem dados históricos suficientes para garantir a estabilidade. Problemas conhecidos geralmente tem soluções alternativas conhecidas.
Estável Em intervalos de meses Usuários de produção que precisam de estabilidade acima de tudo e para quem os upgrades frequentes são muito arriscados Essas versões atingem todos os requisitos do canal de tamanho único e têm se mostrado estáveis e confiáveis em produção, baseado na observação do desempenho de clusters ativos.

Quando você inscreve um cluster em um canal de lançamento, esse cluster é atualizado automaticamente quando uma nova versão é disponibilizada nesse canal.

Quando uma versão secundária acumulou uso cumulativo e demonstrou estabilidade no canal Rápido, os novos lançamentos de patch são promovidos para ocanal Regular, e as atualizações acontecerão com menos frequência. Por fim, a versão secundária é promovida para o canal Estável, que recebe apenas atualizações de alta prioridade. Cada promoção sinaliza um nível gradual de estabilidade e preparação para a produção, com base no desempenho observado dos clusters que executam essa versão.

Patches de segurança críticos são entregues a todos os canais de lançamento para proteger seus clusters e a infraestrutura do Google.

As programações de lançamento exato dependem de vários fatores e não podem ser garantidas.

Como descobrir o que há de novo

Notas de versão separadas estão disponíveis para cada canal de lançamento, além das notas da versão gerais.

Canal de lançamento Notas da versão
Canal Rápido HTML ou feed Atom
Canal Regular HTML ou feed Atom
Canal Estável HTML ou feed Atom

Como selecionar um canal de lançamento

É possível criar um cluster que use canais de lançamento para gerenciar a versão em vez de usar a versão padrão ou escolher uma versão específica. O cluster só recebe atualizações desse canal de lançamento.

Console

Ao criar um cluster, é possível optar por inscrever o cluster em um canal de versão em vez de usar a versão padrão ou escolher uma versão específica.

  1. Acesse o menu do Google Kubernetes Engine no Console do GCP.

    Acessar o menu do Google Kubernetes Engine

  2. Clique em Criar cluster.

  3. Escolha o Cluster padrão ou um modelo apropriado para a carga de trabalho.

  4. Escolha o canal de lançamento em que o cluster está inscrito.

  5. Continue criando o cluster normalmente.

gcloud

Para criar seu cluster, use um comando como este a seguir e defina o valor de --release-channel como um de rapid, regular ou stable:

gcloud beta container clusters create [CLUSTER-NAME] \
      --zone [ZONE] \
      [ADDITIONAL-FLAGS] \
      --release-channel [CHANNEL]

O upgrade automático está ativado e não pode ser desativado. Portanto, o cluster é atualizado automaticamente das versões disponíveis no canal de lançamento escolhido.

Advertências

Lembre-se das condições a seguir ao usar canais de lançamento.

Como alterar e desativar canais de lançamento

No momento, não é possível alterar o canal de lançamento de um determinado cluster ou desativar os canais de lançamento de um cluster em que eles estejam ativados. Para parar de usar os canais de lançamento e voltar a especificar uma versão exata, recrie o cluster sem a sinalização --release-channel.

Clusters atuais

No momento, não é possível inscrever um cluster atual em um canal de lançamento.

Diferenças entre clusters de canais rápidos de clusters alfa

Os clusters criados usando o canal de lançamento rápido não são clusters Alfa. Veja as diferenças:

  • Os clusters que usam canais de lançamento podem ser atualizados, e o upgrade automático é ativado (e não pode ser desativado). Clusters alpha não podem receber upgrade.
  • Os clusters que usam canais de lançamento não expiram. Clusters Alfa expiram após 30 dias.
  • As APIs Alpha Kubernetes não estão ativadas em clusters que usam canais de lançamento.

A seguir

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Kubernetes Engine