Painéis do GKE

Nesta página, você encontra uma visão geral dos painéis do Google Kubernetes Engine disponíveis no Console do Google Cloud.

Visão geral

O Console do Cloud oferece painéis úteis para os clusters do GKE do seu projeto e os recursos associados. É possível usá-los para ver, inspecionar, gerenciar e excluir recursos dos seus clusters. Também é possível criar implantações usando o painel de cargas de trabalho.

Com as ferramentas de linha de comando gcloud e kubectl, os painéis do GKE são úteis para os fluxos de trabalho de DevOps, as soluções de problemas e no trabalho com vários clusters do GKE ou com projetos do Google Cloud Platform. Em vez de usar a linha de comando para consultar os clusters e conseguir informações sobre os recursos deles, use os painéis para ver dados sobre todos os recursos em todos os clusters com rapidez e facilidade.

Estes painéis estão disponíveis para o GKE:

Painéis do GKE

As seções a seguir mostram informações sobre cada painel e suas características.

Clusters do Kubernetes

O painel Clusters do Kubernetes mostra cada cluster do Kubernetes criado no projeto. É possível usá-lo para inspecionar os detalhes sobre os clusters mudar as configurações, conectar-se a eles usando o Cloud Shell e excluí-los.

Além disso, é fácil atualizar as versões de cluster e nó com este painel. Quando um novo upgrade fica disponível, o painel exibe uma notificação sobre o cluster relevante.

Selecione um cluster para ver uma página sobre ele, que inclui as seguintes guias:

  • A guia Detalhes exibe as configurações atuais do cluster e do pool de nós dele.
  • A guia Armazenamento exibe os volumes permanentes e as classes de armazenamento provisionadas nos nós do cluster..
  • A guia Nós: lista todos os nós do cluster e os recursos de CPU, memória e armazenamento necessários.

No painel, selecione um cluster e clique em Editar para fazer mudanças nas configurações dele.

Workloads

Use o painel Cargas de trabalho para inspecionar, gerenciar, editar e excluir as cargas de trabalho implantadas nos clusters.

Também é possível implantar aplicativos sem estado usando o mecanismo "Implantar" do menu. Para mais informações, consulte Como implantar um aplicativo sem estado.

Selecione uma carga de trabalho da lista para ver uma página sobre esse recurso, que inclui várias guias:

  • A guia Detalhes exibe as configurações atuais da carga de trabalho, incluindo as métricas de uso, rótulos e seletores, estratégia de atualização, especificação de pods e revisões ativas.
  • A guia Pods gerenciados lista os pods que são gerenciados pela carga de trabalho. Selecione um pod da lista para ver os detalhes, eventos, registros e o arquivo de configuração YAML dele.
  • A guia Histórico de revisões lista cada revisão da carga de trabalho, incluindo a ativa.
  • A guia Eventos lista mensagens legíveis de cada evento que afetam a carga de trabalho.
  • A guia YAML exibe a configuração ativa da carga de trabalho. Use o editor de texto baseado em YAML desse menu para fazer alterações na carga de trabalho. Você também pode copiar a configuração e fazer o download dela nesse menu.

Use a pesquisa com filtro do painel para listar apenas cargas de trabalho específicas. Por padrão, os objetos do sistema Kubernetes não são filtrados.

Algumas cargas de trabalho têm o menu Ações com botões práticos para você executar operações comuns. Por exemplo, nesse menu é possível fazer o escalonamento comum ou automático e a atualização de uma implantação.

Serviços

A guia Serviços exibe o serviço de balanceamento de carga e os objetos Entrada de roteamento de tráfego associados ao seu projeto. Ele também mostra os objetos padrão do sistema Kubernetes associados à rede, como o servidor da API Kubernetes, back-end HTTP e DNS.

Selecione um recurso da lista para ver uma página sobre ele, que inclui várias guias:

  • A guia Detalhes exibe informações sobre o recurso, incluindo as métricas de uso, IP e portas.
  • A guia Eventos lista mensagens legíveis de cada evento que afeta o recurso.
  • A guia YAML: exibe a configuração ativa do recurso. Use o editor de texto baseado em YAML nesse menu para fazer mudanças no recurso. Você também pode copiar a configuração e fazer o download dela nesse menu.

Configuração

O painel Configuração exibe arquivos de configuração, Secrets, ConfigMaps, variáveis de ambiente e outros recursos de configuração associados ao projeto. Ele também mostra os recursos de configuração no nível do sistema Kubernetes, como os tokens usados pelas contas de serviço.

Selecione um recurso desse painel para ver uma página detalhada sobre ele. Os dados confidenciais armazenados em secrets não são exibidos no Console.

Armazenamento

O painel Armazenamento lista os recursos de armazenamento provisionados nos clusters. Nele, são exibidos os recursos PersistentVolumeClaim ou StorageClass criados para serem usados pelos nós de um cluster.

O painel tem as guias a seguir:

  • A guia Declarações de volume permanente lista todos os recursos PersistentVolumeClaim nos clusters. O PersistentVolumeClaims com as cargas de trabalho StatefulSet serve para que elas declarem espaço de armazenamento em um disco permanente no cluster.
  • A guia Classes de armazenamento lista todos os recursos StorageClass associados aos nós. O StorageClass funciona como um "blueprint" do uso de espaço em um disco, com ele você especifica o provisionador do disco, os parâmetros (como o tipo de disco e a zona de computação) e a política de recuperação. Os recursos StorageClass também servem para o provisionamento de volume dinâmico. Assim, você cria volumes de armazenamento sob demanda.

Selecione um recurso desses painéis para ver uma página detalhada sobre ele.

Navegador de objetos

Navegador de objetos: lista todos os objetos em execução em todos os clusters em seu projeto atual. É possível listar e filtrar recursos por certos grupos de API e tipos de recursos. Além de visualizar o arquivo YAML de qualquer recurso ao navegar até a página de detalhes dele.

Painel do Kubernetes

O complemento Painel do Kubernetes está desativado por padrão no GKE.

A partir do GKE v1.15, não será mais possível ativar o Painel do Kubernetes usando a API de complementos. A instalação do Painel do Kubernetes ainda poderá ser feita manualmente seguindo as instruções no repositório do projeto. Clusters em que você já implantou o complemento continuarão funcionando, mas será necessário aplicar manualmente todas as atualizações e patches de segurança lançados.

O Console do Cloud fornece painéis para gerenciar, solucionar problemas e monitorar seus clusters, cargas de trabalho e aplicativos do GKE.

A seguir