Visualizar e fazer o download dos detalhes de custo da fatura ou do extrato

Visão geral

Relatório da tabela de custos com configurações e filtros padrão.

O relatório da tabela de custos, disponível no Console do Google Cloud, é uma ferramenta de gerenciamento de custos que pode ser usada para entender os custos que são reconciliados à fatura. Esse relatório oferece uma visão tabular detalhada dos custos mensais relacionados a uma determinada fatura ou extrato (por mês de fatura). Se você estiver visualizando o relatório usando filtros no estado padrão, os totais do relatório da tabela de custos corresponderão aos totais da fatura ou extrato, e o relatório geralmente incluirá todos os custos incorridos durante um determinado mês.

A tabela de custos inclui detalhes de custo no nível do projeto das faturas e demonstrativos, incluindo os custos impostos detalhados por projeto. Ele também inclui outros detalhes que você possa precisar, como IDs de serviço, Códigos de SKUs e números de projetos.

É possível personalizar a visualização do relatório e fazer o download dela em CSV.

A partir da fatura ou extrato de janeiro de 2021 (disponível em fevereiro de 2021), para simplificar o formato do documento, removemos todos os detalhes de custo das faturas e dos extratos que você recebe (PDF e CSV), incluindo custos no nível do produto e custos por subcontas (para revendedores). As faturas e os extratos contêm as informações da sua empresa (como endereço de faturamento, ID da conta de faturamento do Cloud e condições de pagamento), os totais de custos, impostos e instruções de remessa. Em vez de fornecer os detalhes de custo, sua fatura fornece um link para o relatório Tabela de custos da conta do Cloud Billing.

No relatório da tabela de custos, usamos o termo mês da fatura para se referir ao período coberto pela fatura ou extrato. Os custos detalhados de uso incluídos em um mês da fatura podem ser um pouco diferentes daqueles referentes a um mês calendário. Para mais detalhes sobre essas diferenças, consulte Como os custos são calculados para um mês da fatura.

Permissões necessárias para acessar o relatório da tabela de custos

Para ver o relatório da tabela de custos da conta do Cloud Billing, você precisa de um papel que inclua a seguinte permissão na sua do Cloud Billing:

Para receber essa permissão, peça ao administrador que conceda a você um dos seguintes papéis do IAM do Cloud Billing na sua Conta do Cloud Billing:

  • Leitor da conta de faturamento
  • Gerente de custos da conta de faturamento
  • Administrador da conta de faturamento

Para mais informações sobre permissões de faturamento, consulte:

Acessar o relatório.

Para visualizar o relatório da tabela de custos da conta do Cloud Billing:

  1. No Console do Google Cloud, acesse a conta do Cloud Billing.

    Acesse a conta do Cloud Billing

  2. No prompt, escolha a conta do Cloud Billing que você quer ver os relatórios. A página Visão geral do faturamento é aberta para a conta de faturamento selecionada.

  3. No menu de navegação "Faturamento", selecione Tabela de custos.

Por padrão, quando você acessa o relatório pela primeira vez, você vê os dados do mês completo mais recente, agrupados por Projeto -> Serviço -> SKU, sem nenhuma filtragem dos dados e incluindo todas as colunas de dados aplicáveis.

Como ler a tabela de custos

A tabela de custos mostra um detalhamento de todos os custos e créditos da fatura ou do extrato selecionado e fornece ferramentas para análise de custos.

Exemplo da visualização padrão do relatório da tabela de custos.
Figura 1: exemplo do relatório da tabela de custos padrão, agrupado por Projeto -> Serviço -> SKU. A captura de tela destaca as diferentes seções da página do relatório.

A captura de tela acima destaca e enumera as diferentes seções da página da tabela de custos. As informações a seguir fornecem uma visão geral de cada seção (os números abaixo correspondem ao número na captura de tela de cada seção).

  1. Informações do cabeçalho da fatura ou do extrato. A partir do mês de fatura de setembro de 2020, o relatório da tabela de custos inclui informações de cabeçalho da fatura ou do extrato. O cabeçalho inclui o ID da conta de faturamento, o número e a data da fatura, o total da fatura, a moeda da conta do Cloud Billing e a taxa de câmbio (disponível a partir de abril de 2021) para contas faturadas em uma moeda diferente do dólar americano).

    Se você for um revendedor, as informações do cabeçalho da fatura serão mostradas apenas na conta do Cloud Billing pai e não serão exibidas ao visualizar o relatório de uma das subcontas do Cloud Billing.

  2. Visualização de tabela dos custos detalhados. É possível personalizar a visualização da tabela usando as configurações de relatório. Há dois tipos diferentes de visualização de tabela disponíveis: tabela aninhada (padrão) e tabela plana. Também é possível controlar quais colunas são exibidas na tabela e usar filtros para refinar os dados do relatório para analisar os custos.

    Para conseguir mais flexibilidade ao analisar os dados na tabela de custos, ative uma barra de resumo flutuante ao selecionar linhas específicas para analisar. A barra de resumo funciona em visualizações de tabela aninhadas e planas.

  3. Rodapé da tabela que exibe os totais dos custos na visualização em tabela.

    Quando você visualiza o relatório usando filtros no estado padrão, os dados do relatório na tabela retornam todos os custos do mês da fatura selecionada, e o total no rodapé corresponde ao total no cabeçalho do relatório (1) e corresponde ao total da fatura ou extrato do documento selecionado.

    Se você usar os filtros para ajustar os dados na tabela (como filtragem em projetos ou serviços selecionados), os totais do rodapé serão alterados para refletir os resultados dos filtros do relatório. É possível redefinir os filtros para que eles voltem ao estado padrão (não filtrado).

    Os totais no rodapé incluem tributos (para cada tipo fiscal), correções de faturas/modificações de faturamento e erros de arredondamento, se aplicável à conta do Cloud Billing, bem como o total de custos na tabela, com base nos filtros selecionados.

  4. Configurações de tabela e ferramentas de relatório para ajustar a exibição da tabela e fazer o download dos dados do relatório em CSV.

  5. Filtros de relatório para refinar os dados de custo retornados na tabela de custos.

Entender as visualizações da tabela de custos

As informações detalhadas de custo dos filtros e do mês da fatura são exibidas na visualização da tabela do relatório da tabela de custos. Há dois tipos diferentes de visualização de tabela disponíveis: tabela aninhada e tabela simple. Ao analisar os dados na tabela de custos, é possível ativar uma barra de resumo flutuante ao selecionar linhas específicas para analisar. A barra de resumo funciona em visualizações de tabela aninhadas e planas.

Você pode personalizar a exibição da visualização da tabela nas configurações da tabela. Também é possível controlar quais colunas são exibidas na tabela e usar filtros para refinar os dados de uso e custo retornados à tabela. Consulte configurar visualizações e relatórios para mais informações.

Visualização de tabela aninhada

Uma visualização de tabela aninhada é uma visualização hierárquica e estruturada em árvore dos dados de custo, agrupados por várias dimensões especificadas. Use visualizações aninhadas para ver os custos da fatura resumidos pelas dimensões de agrupamento (como Projeto -> Serviço -> SKU). É possível detalhar os detalhes de custo de cada dimensão de agrupamento para ver o detalhamento dos custos de cada linha agrupada.

Exemplo de um relatório de tabela de custos aninhada.
Figura 2 - Visualização de tabela aninhada: exemplo do relatório de tabela de custos agrupado por Agrupamento personalizado, definindo o grupo personalizado por dimensões a usar Rótulos e ID da SKU e com a linha de rótulo environment:test expandida para visualizar as cobranças por SKUs marcadas com essa chave de rótulo.

Na visualização de tabela aninhada:

  • A primeira coluna na tabela agrupa os detalhes de custo pela opção selecionada. Por exemplo, a opção agrupar por Projeto -> Serviço -> SKU gera uma única coluna chamada Project name / Service description / SKU description. Se você configurar a opção agrupar por como Agrupamento personalizado, a primeira coluna da tabela terá o título Custom grouping hierarchy.

  • é possível expandir ou recolher os dados de custo hierárquicos em cada uma das linhas agrupadas para analisar os custos detalhados do total agrupado;

  • Cada linha na tabela aninhada exibe dados de custo hierárquicos que representam os custos por nível de agrupamento (por exemplo, custos totais de um projeto ou de um serviço).

  • A partir do mês da fatura de setembro de 2020, os custos fiscais são detalhados por cada projeto. Para ver custos fiscais por projeto na visualização de tabela aninhada, você precisa usar ou configurar uma opção Agrupar por com Project como a primeira dimensão de agrupamento. Por exemplo, agrupe por Projeto -> Serviço -> SKU.

  • Até janeiro de 2022, se algum dos projetos tivesse sido excluído ou passado para outra conta do Cloud Billing, o projeto associado aos custos seria identificado somente pelo Project number. A partir de janeiro de 2022, os metadados históricos de projetos estarão disponíveis com a adição de dados de hierarquia de projetos. Os valores na coluna de hierarquia do projeto são exibidos na visualização de tabela aninhada somente quando você estiver agrupados por Projeto > Serviço > SKU. Os valores de hierarquia do projeto também são exibidos na visualização em tabela plana da tabela de custos.

Visualização de tabela simples

Uma visualização em tabela simples é uma lista detalhada de cada um dos custos e créditos incorridos para o mês da fatura selecionado. Os dados exibidos na visualização em tabela simples dependem dos filtros definidos. Se você estiver usando filtros no estado padrão, a visualização em tabela simples incluirá linhas para todos os custos e créditos incorridos para o mês da fatura selecionada, e os totais do relatório da tabela de custos corresponderão aos totais da fatura ou extrato.

Exemplo de um relatório de tabela de custo simples.
Figura 3 - Visualização de tabela simples: exemplo de relatório de tabela de custos sem opção de agrupamento selecionada e algumas colunas desmarcadas para exibição (como nome e ID da conta de faturamento).

Na visualização de tabela simples:

  • Cada coluna tem um tipo de dado (por exemplo, "Nome do projeto", "Descrição do serviço" ou "Descrição da SKU").

  • Cada linha com um Uso Cost type representa os custos totais de uso de uma SKU para um projeto.

    Se você tiver selecionado uma chave de rótulo de custos, cada linha representará os custos totais de uso de um par de label_key:label_value de uma SKU de um projeto ou hierarquia de projetos).

  • Se aplicável à sua Conta de faturamento do Cloud, a tabela de custos também incluirá linhas de tributos, erros de arredondamento e qualquer ajuste de fatura.

  • A partir do mês da fatura de setembro de 2020, os custos fiscais são detalhados por cada projeto. Na visualização em tabela simples, se você incorreu em tributos fiscais, cada linha com um Tributo Cost type representa os custos totais de um SKU description (tipo fiscal específico e percentual), para um Project ID.

  • A última linha na tabela de custos simples é o total. Esse número corresponde ao total no relatório do rodapé de tabela. Se você estiver visualizando o relatório usando filtros no estado padrão, esse número corresponde ao total da fatura ou do extrato para o mês da fatura.

  • Até janeiro de 2022, se algum dos projetos tivesse sido excluído ou passado para outra conta do Cloud Billing, o projeto associado aos custos seria identificado somente pelo Project number. A partir de janeiro de 2022, os metadados históricos de projetos estarão disponíveis com a adição de dados de hierarquia de projetos. Os valores na coluna de hierarquia do projeto são exibidos somente ao visualizar uma visualização em tabela simples ou uma visualização em tabela aninhada agrupada por Projeto > Serviço > SKU.

Visualizações de relatório com barra de resumo

A barra de resumo de é uma ferramenta que pode ser usada para executar análises de custos rápidas dos dados retornados na visualização de tabela. Na tabela de custos, você seleciona as linhas que quer analisar. A barra de resumo exibe a soma dos custos e créditos, a porcentagem de economias gerada e o subtotal (custo líquido) das linhas selecionadas. A barra de resumo funciona em visualizações em tabela aninhadas e planas.

Exemplo de um relatório de tabela de custos exibindo a barra de resumo.
Figura 4 - Barra de resumo exibida: Exemplo do relatório da tabela de custos mostrando a barra de resumo flutuante exibida, que é aberta automaticamente quando você seleciona linhas específicas para resumir. A barra de resumo está disponível para visualizações de tabela aninhadas e planas.

Para abrir a barra de resumo, execute uma das seguintes ações:

  • Clique no ícone barra de resumo na barra de ferramentas para abrir ou fechar a barra de resumo.
  • Selecione linhas individuais na tabela clicando nas caixas de seleção seletor de linhas.

Quando aberta, você verá uma barra de resumo azul e flutuante na parte inferior da página da tabela de custos.

Informações na barra de resumo

  • n seleções: indica o número de linhas selecionadas.
  • Custo: o custo bruto total de todas as linhas selecionadas. Clique no expansor de custo () para abrir um painel de detalhes de custo. No painel, os custos são agrupados por projetos, classificados por nome do projeto em ordem crescente.
  • Créditos: a soma de todos os créditos para as linhas selecionadas. Clique no expansor de créditos () para abrir um painel de detalhes de créditos. No painel, os créditos são agrupados por projeto, classificados por nome do projeto em ordem crescente.
  • Economia: a porcentagem de economia na comparação entre os custos e os créditos nas linhas selecionadas. Savings = -1 * Credits / Cost * 100%
  • Subtotal: o custo líquido das linhas selecionadas. Subtotal = Cost - Credits.

    Clique no expansor Subtotal () para abrir um painel de detalhes do subtotal. No painel, os subtotais são agrupados por projetos, classificados por nome do projeto em ordem crescente.

Para fechar a barra de resumo, realize uma das seguintes ações:

  • Clique no ícone barra de resumo na barra de ferramentas para abrir ou fechar a barra de resumo.
  • Na barra de resumo, clique em fechar ().

Configurar as visualizações e configurações do relatório

É possível selecionar os custos que você quer analisar e configurar a exibição do relatório da tabela de custos usando o mês da fatura, os filtros do relatório e configurações da tabela. À medida que você configura os filtros do relatório, o URL da página é atualizado para incluir as seleções. Use Compartilhar para copiar o URL e compartilhar o relatório.

Exemplo da visualização padrão do relatório da tabela de custos.
Figura 5: exemplo do relatório de tabela de custos, destacando os filtros do relatório, as configurações da tabela e o botão de compartilhamento.

Por padrão, quando você acessa o relatório pela primeira vez, você vê a tabela aninhada exibindo os dados do mês completo mais recente, agrupados por Projeto -> Serviço -> SKU, sem nenhuma filtragem dos dados e incluindo todas as colunas de dados aplicáveis.

Mês da fatura

Seletor de mês da fatura no painel de filtros.

No painel de filtros, use o seletor Mês da fatura para escolher a fatura ou o extrato que você quer visualizar.

Os relatórios da tabela de custos estão disponíveis para meses completos (desde maio de 2019). A partir da fatura ou extrato de setembro de 2020, o número da fatura ou extrato é anexado ao mês e ao ano. Por exemplo, setembro de 2020: fatura 1234567890.

O mês da fatura retorna detalhes de uso e custo na fatura ou extrato emitido para o mês selecionado.

Para contas com fatura, é possível receber mais de uma fatura por mês. Só é possível visualizar uma fatura por vez. É possível diferenciar faturas com base no número da fatura anexado (por exemplo, duas faturas diferentes emitidas em abril de 2021 podem ser assim: Abril de 2021 - fatura 1002003011 e abril de 2021: fatura 1002003022).

Para contas on-line de autoatendimento, somente uma declaração é emitida por mês.

Filtros

O relatório da tabela de custos mostra todos os custos e créditos da fatura ou do extrato selecionado ou filtrados para se concentrar em um conjunto específico de recursos. Por padrão, ao acessar o relatório pela primeira vez, os filtros são configurados para incluir todos os valores, e o total do relatório corresponde ao total da fatura ou do extrato. Conforme você define filtros, os dados exibidos no relatório da tabela de custos serão ajustados para representar os custos e créditos com base nos filtros selecionados.

Vários seletores de filtro no painel de filtros.

  • Subcontas: se você estiver visualizando uma conta de faturamento principal com subcontas, é possível selecionar todas as subcontas (padrão) ou um subconjunto de subcontas clicando neles na lista.

  • Pastas e organizações: pastas e organizações são componentes de uma hierarquia de projetos, o mapeamento da hierarquia de recursos de um projeto. Se o mês da fatura estiver configurado para iniciar a partir de janeiro de 2022, será possível selecionar todas as pastas/organizações (padrão) associadas aos projetos vinculados à conta do Cloud Billing ou selecionar um subconjunto de pastas/organizações.

    Os valores no seletor são listados em ordem alfabética pelo nome do recurso. Para determinar se um valor é uma organização ou uma pasta, consulte o número de ID exibido abaixo de cada nome. Os números de ID são precedidos por pastas/ ou organizações/ para indicar o tipo de recurso.

    Para a conta do Cloud Billing que você está visualizando, se nenhum dos projetos vinculados estiver associado a nenhuma pasta ou organização, essa opção de filtro não será exibida.

    Para visualizar as pastas e organizações no relatório da tabela de custos, veja os valores exibidos na coluna hierarquia de projetos.

    Para saber mais sobre organizações, pastas e hierarquia de projeto, consulte Relatórios de faturamento: como analisar custos por hierarquia de projeto.

  • Projetos: é possível selecionar todos os projetos do Cloud na Conta do Cloud Billing (padrão) ou selecionar um subconjunto de projetos clicando neles na lista.

  • Serviços: é possível selecionar todos os serviços (padrão) ou um subconjunto de serviços clicando neles na lista.

  • SKUs: selecione todas as SKUs (padrão) ou um subconjunto de SKUs clicando nelas na lista. Saiba mais sobre SKUs no relatório da tabela de preços.

Definir os filtros de locais no painel de filtros

  • Local: por padrão, todos os locais estão ativados. Ao clicar nos blocos de local, é possível filtrar em um subconjunto de locais por área geográfica (como Europa), multirregião (como Global) ou região (como us-east1). Especificamente, o relatório é filtrado por regiões e multirregiões selecionadas.

    Use os blocos em Geografia para selecionar (ou desmarcar) rapidamente todas as regiões e multirregiões nessa área geográfica. Blocos multirregionais são marcados com um asterisco (por exemplo, us*).

    Saiba mais sobre áreas geográficas e regiões.

Como configurar os filtros de rótulos no painel de filtros.

  • Rótulos: os rótulos são pares de chave-valor que você anexa ao uso de recursos (por exemplo, Compute Engine ou Cloud Storage). Para filtrar o uso por rótulo:

    1. Expanda a seção Rótulos.
    2. Selecione o rótulo Chave.
    3. Selecione o Valor na chave que você quer filtrar (o padrão são todos os valores abaixo da chave selecionada).

    Para adicionar outro rótulo com uma chave diferente, clique em + Adicionar rótulo e selecione a chave e o(s) valor(es) para o filtro de rótulos.

    Para remover um filtro de rótulo, clique em (excluir) para cada par de chave-valor que você quer remover.

    Se você quiser ver os custos do Google Kubernetes Engine, será preciso ativar a alocação de custos para os clusters do GKE. Depois de ativar a alocação de custos, é possível filtrar os recursos do GKE usando estas chaves de rótulo:

    • goog-k8s-cluster-name: filtre ou agrupe recursos do GKE por cluster.
    • k8s-namespace: filtre ou agrupe os recursos do GKE por namespace.

    Ao filtrar por chaves de rótulo, não é possível selecionar rótulos aplicados a um projeto. É possível selecionar outros rótulos criados pelo usuário que você configurou e aplicou aos serviços do Google Cloud. Saiba mais sobre rótulos consultando os usos comuns de rótulos e como criar e gerenciar rótulos de recursos.

Como definir os filtros de créditos e de cobranças no nível da fatura no painel "Filtros".

  • Créditos: é possível selecionar todos os créditos aplicáveis (padrão) que serão incluídos nos cálculos de custo ou desmarcar algumas ou todas as opções de crédito para excluir créditos dos cálculos de custo.

    O filtro de créditos exibe apenas os tipos de crédito específicos que você incorreu nos custos do Google Cloud. Se um determinado tipo de crédito não se aplicar à conta do Cloud Billing, você não verá essa opção de crédito na lista.

    Consulte os relatórios de faturamento do Google Cloud para saber mais sobre os créditos.

  • Cobranças no nível da fatura: você pode selecionar todas as cobranças no nível da fatura (padrão) a serem incluídas no relatório da tabela de custos ou desmarcar algumas ou todas as opções no nível da fatura de dados. As cobranças no nível da fatura são exibidas na tabela de custos e no rodapé abaixo delas.

  • Botão redefinir: no relatório da tabela de custos, quando os filtros estão no estado padrão, os custos exibidos no relatório reconciliam aos custos na fatura ou no extrato. Se você definir qualquer filtro durante a análise do relatório, poderá retornar os filtros de relatório para o estado padrão clicando no botão Redefinir.

Configurações da tabela e ferramentas de relatório

Configurações da tabela e ferramentas de relatório no relatório da tabela de custos

As configurações e as ferramentas de relatório estão localizadas acima da tabela e incluem opções para definir a configuração da tabela (), controlar as colunas exibidas na tabela (), alternar a visibilidade da barra de resumo () e fazer o download dos dados do relatório em CSV ().

Configuração da tabela

Caixa de diálogo de configuração da tabela.

  • Dados do rótulo:

    A configuração da chave de rótulo de custos controla quais custos de valores de etiqueta são exibidos na coluna "Rótulos" e ativa rótulos como uma opção de dimensão de agrupamento ao configurar uma opção Agrupar por.

    Para selecionar ou alterar os valores dos rótulos de custo exibidos na coluna de rótulos, abra a caixa de diálogo Configuração da tabela, selecione uma chave de rótulo e clique em Enviar.

    • Você pode selecionar uma chave de rótulo por vez.
    • Quando uma chave de rótulo é selecionada, um par de label_key:label_value é exibido na coluna "Rótulos" para os recursos marcados pela chave de rótulo de custo selecionada.
    • Também é possível usar a chave de rótulo selecionada como uma dimensão de agrupamento Agrupar por personalizada.

    Também é possível filtrar rótulos mesmo que você não defina uma chave de rótulo de custos. No entanto, a coluna não exibe nenhum valor até que você defina uma chave de rótulo de custos na caixa de diálogo de configuração da tabela.

    Saiba mais sobre como criar e gerenciar rótulos de recursos.

  • Agrupar por:

    A configuração Agrupar por controla a visualização da tabela, permitindo que você alterne entre uma visualização em tabela simples e várias em tabelas aninhadas.

    Abra a caixa de diálogo Configuração de tabela e escolha uma das configurações de Agrupar por para ter uma visualização hierárquica aninhada ou simples do custo de dados, agrupada pela opção selecionada. É possível escolher uma opção Agrupar por predefinida ou definir um agrupamento personalizado. Uma tabela aninhada resume os custos em linhas expansíveis, permitindo visualizar os custo detalhados das linhas.

    As opções de Agrupar por disponíveis são:

    • Sem agrupamento: mostra uma tabela de custo simples.

    • Projeto -> Serviço -> SKU: mostra uma tabela de custos aninhada e agrupa os custos primeiro por projeto, em seguida por serviço e depois por SKU. Clique nas setas ( ou ) ao lado de uma linha para expandir e recolher os detalhes da linha.

    • Serviço -> SKU: mostra uma tabela de custos aninhada e agrupa os custos primeiro por serviço e depois por SKU. Clique nas setas ( ou ) ao lado de uma linha para expandir e recolher os detalhes da linha.

    • Agrupamento personalizado: mostra uma tabela de custos aninhados e agrupa os custos em até três dimensões de agrupamento escolhidas, aninhadas hierarquicamente na ordem que você definiu para as dimensões selecionadas. Clique nas setas ( ou ) ao lado de uma linha para expandir e recolher os detalhes da linha.

      As dimensões de agrupamento personalizado disponíveis incluem:

      • As opções ID do projeto, ID do serviço e ID da SKU estão sempre disponíveis.
      • A dimensão Rótulos também estará disponível para seleção se você definir uma chave de rótulo primeiro. Se você agrupar seus custos por rótulos, verá linhas de custos de recursos agrupados pela chave de rótulo de custos selecionada e uma linha de Cobranças não marcadas pela chave de rótulo.
      • Uma dimensão ID da conta de faturamento está disponível para contas de faturamento principais com subcontas (contas de revendedor). Se você estiver visualizando uma conta principal, a dimensão ID da conta de faturamento permite agrupar os custos pela subconta do Cloud Billing.

Opções de exibição de colunas

Vários seletores de filtro no painel de filtros.

  • Selecione as colunas a serem exibidas: é possível marcar ou desmarcar as colunas a serem exibidas na tabela usando o seletor de opções de exibição de colunas. Essa configuração também controla quais colunas são transferidas para CSV. Ou seja, apenas as colunas especificadas serão transferidas.

    Dependendo da largura da tela e do número de colunas exibidas, talvez seja necessário rolar a visualização on-line do relatório para a direita e para a esquerda para visualizar todas as colunas.

  • Alterar a ordem de classificação dos dados: clique no cabeçalho de uma coluna para classificar os dados da tabela de acordo com essa coluna. É possível alternar a classificação entre a ordem decrescente () e a crescente ().

Visibilidade da barra de resumo

Clique no ícone barra de resumo na barra de ferramentas para abrir ou fechar a barra de resumo.

Usando a barra de resumo, é possível analisar rapidamente um subconjunto de dados na tabela de custos. A barra de resumo funciona em visualizações em tabela aninhadas e tabelas simples. Para mais informações, consulte as visualizações de relatórios com a barra de resumo.

Fazer o download dos dados do relatório em CSV

Clique no ícone Fazer o download em CSV na barra de ferramentas para fazer o download dos dados do relatório em CSV. Para mais detalhes sobre o download do CSV, consulte Fazer o download do relatório em CSV.

Compartilhar ou adicionar o URL de um relatório personalizado aos favoritos

Você pode adicionar aos favoritos ou compartilhar o URL de um relatório de detalhamento de custos personalizado. Conforme você configura o relatório da tabela de custos definindo o mês da fatura, as opções de agrupamento de custos e relatórios de filtros, o URL da página será atualizado para incluir suas seleções.

As configurações de exibição de coluna () não estão incluídas no URL devido a limitações de tamanho de URL em potencial. O URL compartilhado abrirá o relatório com as colunas padrão ativadas para exibição.

Botão "Compartilhar" no relatório da tabela de custos.

  • É possível compartilhar o relatório copiando o URL. Clique em Compartilhar para copiar o URL para a área de transferência.
  • Opcionalmente, você pode adicionar o URL aos favoritos para salvá-lo com as configurações do relatório.

Fazer o download do relatório em CSV

É possível fazer o download dos dados da tabela de custos para CSV usando o seletor Fazer o download de CSV na parte superior direita da tabela. O relatório CSV é um arquivo simples, sem opções de formatação ou agrupamento. Os dados transferidos por download são limitados por qualquer filtro definido e incluem apenas as colunas que você selecionou para visualizar. A partir da fatura ou extrato de setembro de 2020, o arquivo CSV também incluirá as informações do cabeçalho.

Observações sobre os dados baixados em CSV:

  • Os filtros definidos personalizam a visualização do relatório on-line (afetando as linhas exibidas na tabela) e os dados transferidos por download em CSV. Se você quiser fazer o download de todos os dados de custo da fatura, redefina os filtros para o estado padrão.
  • A opção de agrupamento de custos () selecionada é usada para análise on-line, afetando a visualização da tabela de custos. Quando você faz o download em CSV, ele inclui todas as linhas da fatura com dados em colunas individuais (não aninhadas) em um arquivo simples.
  • O seletor de coluna () permite personalizar tanto a visualização de relatório on-line quanto os campos que serão incluídos no download. Ao fazer o download em CSV, apenas as colunas especificadas serão transferidas.
  • Começando com a fatura ou o extrato de setembro de 2020, o relatório da tabela de custos inclui informações de cabeçalho extraídas do documento gerado, incluindo o ID da conta de faturamento, o valor total da fatura ou extrato e a moeda do valor da fatura ou do extrato. O download dessas informações do cabeçalho é feito em CSV.

Colunas na tabela de custos

Os dados a seguir estão disponíveis no relatório da tabela de custos (se aplicável à sua conta do Cloud Billing).

Quando você carrega a visualização on-line do relatório da tabela de custos pela primeira vez, por padrão, algumas colunas não são selecionadas para exibição. É possível escolher quais colunas visualizar no relatório. Basta configurar as opções de exibição de coluna . Além disso, quando você faz o download do relatório em CSV, apenas as colunas selecionadas para visualização são incluídas.

Campo da tabela de custos Campo correspondente da fatura Descrição
Nome da conta de faturamento Nome da conta O nome da Conta de faturamento do Cloud a que o uso está associado. Se você tiver acesso a uma conta de faturamento principal com subcontas (uma conta de revendedor), pode ser a Subconta do Cloud Billing.
ID da conta de faturamento ID da conta O ID da Conta de faturamento do Cloud a que o uso está associado. Se você tiver acesso a uma conta de faturamento principal com subcontas (uma conta de revendedor), pode ser a Subconta do Cloud Billing.
Nome Origem*
* N/A, iniciando com sua fatura de novembro de 2019

O nome do projeto que gerou os dados do Faturamento do Cloud.

Ao visualizar o relatório de um mês de fatura antes de janeiro de 2022, se um projeto tiver sido excluído ou movido para outra conta do Cloud Billing, esse valor ficará em branco, e o projeto será identificado pelo Project number.

A partir do mês de fatura de janeiro de 2022, os dados de Project hierarchy estão disponíveis. Se um projeto tiver sido excluído ou passado para uma conta diferente do Cloud Billing, o Project name será exibido quando os valores Project hierarchy forem preenchidos.

ID do projeto N/D

O ID do projeto que gerou os dados do Faturamento do Cloud.

Ao visualizar o relatório de um mês de fatura antes de janeiro de 2022, se um projeto tiver sido excluído ou movido para outra conta do Cloud Billing, esse valor ficará em branco, e o projeto será identificado pelo Project number.

A partir do mês de fatura de janeiro de 2022, os dados de project hierarchy estão disponíveis. Se um projeto tiver sido excluído ou passado para uma conta diferente do Cloud Billing, o Project ID será exibido quando os valores Project hierarchy forem preenchidos.

Número N/D

Um identificador gerado internamente, anônimo, exclusivo para o projeto. Nos seus casos de suporte e na comunicação com outros clientes, para proteger sua privacidade, o Google fará referência aos projetos neste número de projeto.

Ao visualizar o relatório de um mês da fatura antes de janeiro de 2022 , se você excluir um projeto ou passá-lo para outra conta do Cloud Billing;, Project name e Project ID serão removidos das visualizações de relatório da tabela de custos, mas as Project number continuarão nos relatórios.

A partir do mês de fatura de janeiro de 2022, os dados de Project hierarchy estão disponíveis. Se um projeto tiver sido excluído ou passado para outra conta do Cloud Billing, Project name, Project ID e Project number serão exibidos quando os valores Project hierarchy forem preenchidos.

Project numberObservação: quando você carrega o relatório da tabela de custos, por padrão, a coluna não é selecionada para exibição. Para ver a coluna Project number na tabela de custos, selecione o Número do projeto nas opções de exibição de colunas .

Hierarquia do projeto N/A

Os dados de hierarquia do projeto estão disponíveis a partir de 1o de janeiro de 2022.

Os projetos formam a base para criar, ativar e usar todos os serviços do Google Cloud. Hierarquia do projeto é a ancestralidade de um projeto, o mapeamento de hierarquia de recursos do projeto (Organização > Pasta > Projeto). Os projetos podem ser independentes (ou seja, não ser associados a pastas ou organizações) ou ser filhos de uma Organização ou uma Pasta.

A hierarquia de projetos rastreia a ancestralidade atual e histórica. Por exemplo, alterar o nome de um projeto ou passar um projeto para uma pasta ou organização diferente afeta a ancestralidade histórica do projeto.


A partir do mês de fatura de janeiro de 2022, o relatório da tabela de custos retorna uma linha para cada combinação distinta de Organização > Pasta. > Projeto, e a tabela inclui colunas para Nome do projeto, ID do projeto, Número do projeto e Hierarquia do projeto.

Os valores listados na coluna Hierarquia do projeto mostram Nome da organização > Nome da pasta.

  • Os valores na coluna de hierarquia do projeto são preenchidos com o mês da fatura de janeiro de 2022. Antes de janeiro de 2022, a coluna fica em branco.
  • Os valores na coluna de hierarquia do projeto são exibidos ao visualizar uma visualização em tabela simples ou a visualização em tabela aninhada padrão (agrupada por Projeto > Serviço > SKU).
  • Para ver os valores hierárquicos do projeto quando a tabela de custos estiver configurada para usar uma visualização em tabela aninhada, expanda os dados de custo hierárquicos em cada uma das linhas agrupadas até que você veja linhas exibindo os custos de uma SKU para um projeto.

Para analisar os custos por hierarquia de projetos, defina a configuração de tabela Agrupar por como Sem agrupamento e classifique os dados da tabela de custos em colunas diferentes:

  • Para visualizar todos os projetos que têm a mesma hierarquia, classifique a tabela pela coluna Hierarquia do projeto.
  • Para visualizar se você tem o mesmo projeto associado a mais de um ancestral, classifique a tabela pela coluna ID do projeto.

Para saber mais sobre organizações, pastas e hierarquia de projeto, consulte Relatórios de faturamento: como analisar custos por hierarquia de projeto.

Descrição do serviço Produto A descrição da fatura do serviço do Google Cloud ou da API da Plataforma Google Maps que relatou os dados do Faturamento do Cloud. Por exemplo, Compute Engine.
ID do serviço N/D O ID do serviço do Google Cloud ou da API da Plataforma Google Maps que informou os dados do Faturamento do Cloud. Por exemplo, 6F81-5844-456A.
Descrição da SKU Tipo de recurso A descrição da fatura da SKU do recurso usada pelo serviço. Por exemplo, Núcleo da instância predefinida N1 em execução nas Américas. A descrição da SKU também inclui tipos de tributos diferentes. Por exemplo, Tributo estadual sobre vendas (4,71%) ou PST/QST/RST (9,97%).
Código SKU Código da SKU O ID da SKU do recurso usado pelo serviço. Por exemplo, 2E27-4F75-95CD. Para ter a lista completa de SKUs, consulte SKUs do Google Cloud.
Tipo de crédito N/A Descreve a finalidade ou a origem do Credit ID. Os tipos de crédito incluem descontos e promoções, como os seguintes:
  • Níveis gratuitos: alguns produtos oferecem uso gratuito de recursos até os limites especificados. Nesses serviços, os créditos são aplicados para implementar o uso de nível gratuito.
  • Descontos por uso prolongado: são descontos automáticos recebidos pela execução de recursos específicos do Compute Engine em uma parte significativa do mês de faturamento.
  • Descontos por uso contínuo (com base em recursos): no Compute Engine, é possível comprar contratos de uso contínuo para garantir grandes descontos na utilização das VMs.
  • Descontos por uso contínuo (com base nos gastos): os descontos por uso contínuo com base em gastos dão um desconto em troca do seu compromisso de gastar um valor mínimo para um serviço em uma determinada região.
  • Descontos baseados em gastos (contratados): descontos aplicados após um limite de gasto contratual.
  • Assinaturas: assinaturas de longo prazo para serviços comprados em troca de descontos.
  • Margem de revendedor: apenas para revendedores, é o crédito de Desconto do programa para revendedores recebido em itens qualificados.
  • Promoções: promoções são itens como avaliação gratuita do Google Cloud e créditos de campanhas de marketing ou outras concessões para usar o Google Cloud. Os créditos promocionais geralmente são considerados uma forma de pagamento. Quando estiverem disponíveis, os créditos promocionais são gastos automaticamente a fim de reduzir sua fatura total.
  • Outros: quaisquer créditos que não se enquadrem nas categorias de descontos ou créditos promocionais.

Se o campo Credit type estiver vazio, a SKU do produto não está associada a um crédito.

Observação: o primeiro mês da fatura com dados Credit type é o mês de julho de 2020 para o uso registrado a partir de 8 de julho de 2020.

ID do crédito N/A Se presente, indica que um crédito está associado à SKU do produto. Os valores de Credit ID são um identificador alfanumérico exclusivo (por exemplo, 12-b34-c56-d78) ou uma descrição do tipo de crédito (como Desconto por uso contínuo: CPU).

Se o campo ID do crédito estiver vazio, então a SKU do produto não está associada a um crédito.

Observação: o primeiro mês da fatura com dados Credit ID é o mês de julho de 2020 para o uso registrado a partir de 8 de julho de 2020.

Quando você carrega o relatório da tabela de custos, por padrão, a coluna Credit ID não é selecionada para exibição. Para ver a coluna Credit ID na tabela de custos, selecione o ID do crédito nas opções de exibição de colunas .

Nome do crédito N/A O nome do crédito associado à SKU do produto. Esta é uma descrição legível de um Credit ID alfanumérico. Por exemplo: Crédito de avaliação gratuita ou Desconto por uso contínuo com base em gastos.

Os valores Credit name estão presentes apenas para SKUs com um Credit ID alfanumérico. Se o valor de Credit ID for uma descrição do tipo de crédito (como Desconto por uso contínuo: CPU), o campo Credit name estará vazio.

Observação: o primeiro mês da fatura com dados de Credit name é julho de 2020, para uso registrado a partir de 8 de julho de 2020.

Quando você carrega o relatório da tabela de custos, por padrão, a coluna Credit name não é selecionada para exibição. Para ver a coluna Credit name na tabela de custos, selecione o Nome do crédito nas opções de exibição de colunas .

Rótulos N/D O par label_key:label_value. Por exemplo, environment:production. O label_key (por exemplo, environment) é selecionado com o seletor de chave "Rótulo" acessível na caixa de diálogo Configuração da tabela. O label_value (por exemplo, production) é um dos valores correspondentes à chave de rótulo selecionada.

Saiba mais sobre como criar e gerenciar rótulos de recursos.

Tipo de custo Descrição Uma descrição do tipo de custo para o item de linha.
  • O uso representa o custo do uso do Google Cloud na linha.
  • O ajuste representa qualquer ajuste manual feito no nível da fatura (isso é raro).
  • Erro de arredondamento representa o erro total de arredondamento que houve durante o cálculo de custo. Ao calcular os custos de uso, todos os custos são convertidos para a menor unidade faturável e depois somados para determinar o total da fatura. Às vezes, há pequenos erros de arredondamento devido a essa conversão de custo.
  • Tributos representa tributos no nível do projeto sobre o uso e os ajustes.
  • Total representa o custo total do mês da fatura.
Data de início do uso Data de início A data da primeira ocorrência de uso para o mês da fatura. Consulte a observação acima sobre a possibilidade de uso computado tardiamente.
Data de término do uso Data de término A data da última ocorrência de uso para o mês da fatura. Consulte a observação acima sobre a possibilidade de uso computado tardiamente.
Quantidade de uso Quantidade A quantidade de unidades de uso usadas.
Unidade de uso Unidade A unidade de faturamento do uso (como hora ou gibibyte por mês).
Custo em micros N/D O custo calculado do uso em microunidades (μ). Micro é um prefixo de unidade no sistema de métricas que indica um fator de 10−6 (um milhão). Quando calculamos os custos de uso, convertemos todos os custos para microunidades para fornecer o nível de precisão necessário e calcular erros de arredondamento. Exemplos:
  • 999.741 Cost in micros = 1,00 Cost (na moeda).
  • -10.011.960 Cost in micros = -10,01 Cost (na moeda).

Cost in microsObservação: quando você carrega o relatório da tabela de custos, por padrão, a coluna não é selecionada para exibição. Para ver a coluna Cost in micros na tabela de custos, selecione o Custo em micros nas opções de exibição de colunas .

Preço de lista N/A

AList cost está disponível para contas de faturamento do Cloud.associadas a um contrato de preços negociados e representa o custo mensal de seu uso calculado usando preços de tabela , As demais colunas de custo, Unrounded cost e Cost, são calculadas usando o preço aplicável à sua conta de faturamento, sejam eles preços de tabela ou preços negociados). Se sua conta negociou preços personalizados, você pode comparar valores de List cost com Cost para determinar a economia que você está fazendo com os preços negociados.

Quando você carrega o relatório da tabela de custos, por padrão, a coluna List cost não é selecionada para exibição. Para ver a coluna List cost na tabela de custos, selecione o Custo de tabela nas opções de exibição de colunas .

Custo não arredondado N/A O custo calculado do uso, na moeda que a conta de faturamento do Cloud está configurada para usar, com uma precisão de até seis casas decimais. Unrounded costé calculada usando o Preços de SKUs associado à sua conta de faturamento do Cloud e pode ser útil ao analisar os detalhes de custo e entender a origem das discrepâncias devido ao arredondamento.

Se você estiver usando a versão CSV deste relatório para análise, recomendamos usar a coluna Unrounded cost para seus cálculos.
Custo Valor O custo calculado de uso, na moeda que a Conta de faturamento do Cloud está configurada, arredondado para duas casas decimais. Cost é calculado usando os preços da SKU associados à sua Conta de faturamento do Cloud e representa o valor cobrado pelo uso.

Observações sobre o relatório da tabela de custos

Como fazer a correspondência da sua fatura

Ao visualizar o relatório usando as configurações de filtro padrão, o relatório da tabela de custos será o mais semelhante possível à fatura. No relatório da tabela de custos, a exibição de créditos e descontos baseados em uso (por exemplo, créditos promocionais ou descontos por uso prolongado) são listados como itens de linha separados. Os Relatórios online do Cloud Billing e a Exportação do Cloud Billing para o BigQuery não dividem créditos e descontos em itens de linha separados.

O valor Total listado na sua fatura é a soma de todos os Unrounded cost itens de linha, arredondados para duas casas decimais. Se você estiver usando a versão em CSV deste relatório para reconciliar o total da fatura, recomendamos o seguinte:

Como os custos são calculados para um mês da fatura

Usamos o termo mês da fatura para nos referir ao período coberto por uma fatura ou extrato.

  • O tipo de documento recebido depende do tipo de conta do Cloud Billing que você está visualizando.

    • As contas faturadas (off-line) recebem faturas.
    • As contas de autoatendimento (on-line) recebem extratos.
  • Às vezes, no final de um mês, há um pequeno atraso (até alguns dias) no relatório de uso.

  • O uso relatado tardiamente pode não estar incluído na fatura desse mês e, em vez disso, pode passar para a fatura do mês da fatura. Ou seja, os custos informados com atraso aparecerão na fatura ou extrato no mês seguinte.

  • O relatório da tabela de custos tem como objetivo corresponder às cobranças na sua fatura ou extrato. O possível resultado do uso relatado é que o relatório de tabela de custos pode incluir custos de mais de um mês calendário. Por exemplo, a fatura ou extrato de outubro pode incluir custos incorridos no final de setembro combinados com os custos de outubro.

  • Para visualizar os custos de uso por data de uso real (data ou período), consulte os relatórios on-line ou analise os dados de faturamento exportados.

  • As cobranças no nível da fatura, incluindo tributos, ajustes e erros de arredondamento, estão incluídas no rodapé da tabela de custos. Para orientações sobre como entender e analisar ajustes, consulte Noções básicas sobre notas e ajustes.

Preços de SKU

Os detalhes do uso da fatura não incluem uma coluna para o preço da SKU Se você tiver negociado o preço, os valores Unrounded cost e Cost serão calculados usando os preços negociados. Os valores de List cost são calculados com os preços de tabela disponíveis publicamente. Você pode comparar List cost com Cost para determinar a economia que está fazendo com os preços negociados.

Para visualizaros preços por SKU, consulte o relatório da tabela de preços ou exporte os preços do Cloud Billing para o BigQuery. Se você tiver dúvidas sobre preços por SKU, entre em contato com seu representante de conta para mais detalhes.

Dados do projeto histórico

Antes de 1o de janeiro de 2022:

Ao visualizar relatórios de meses de fatura antes de janeiro de 2022, os metadados históricos do projeto não são compatíveis com o relatório da tabela de custos. Se você excluir um projeto ou passá-lo para outra conta do Cloud Billing, os seguintes valores não serão mais exibidos na tabela de custos do projeto: nome do projeto, ID do projeto, ID da conta de faturamento e nome da conta de faturamento. O valor do Número do projeto é mantido após a exclusão de um projeto. Se você tiver ativado a exportação de dados do Cloud Billing para o BigQuery, poderá encontrar as informações históricas do projeto nas tabelas do BigQuery.

A partir de 1o de janeiro de 2022:

Ao visualizar relatórios de um mês de fatura a partir de janeiro de 2022, com a adição de dados de hierarquia do projeto, os metadados históricos do projeto são suportados na tabela de custos. A partir de 1o de janeiro de 2022, ao excluir um projeto ou passá-lo para outra conta do Cloud Billing, se esse projeto tiver sido usado durante o período selecionado, os seguintes valores estarão listados na tabela de custos do projeto: nome da conta de faturamento, ID da conta de faturamento, nome do projeto, ID do projeto, número do projeto e hierarquia do projeto. Se você ativou a exportação de dados do Cloud Billing para o BigQuery, as informações de metadados do projeto da tabela de custos precisam corresponder às informações históricas do projeto nas tabelas do BigQuery.

Tributos por projeto e por fatura

A partir de 1º de setembro de 2020, os detalhes de custo na tabela de custos mostrarão as despesas fiscais de cada um dos seus projetos, em vez de um custo no nível da fatura. Os totais de tributos no nível da fatura continuarão sendo exibidos no rodapé do relatório da tabela de custos. É possível identificar e filtrar seus detalhes fiscais usando as colunas Cost type e SKU description.

Por exemplo, para os custos registrados antes de 1º de setembro de 2020, os dados detalhados de custo foram semelhantes ao exemplo a seguir, que mostra um total de tributos de US $10.

Billing account ID Project ID SKU description Cost type Cost
123456-ABCDEF-123456 projeto-exemplo Núcleo da instância predefinida N1 Uso US$ 60
123456-ABCDEF-123456 projeto-teste Núcleo da instância predefinida N1 Uso US$ 40
123456-ABCDEF-123456 0 Tributo estadual sobre vendas (10,0%) Tributo US$ 10

Para os custos registrados após 1º de setembro de 2020, o total de tributos de US$ 10 é dividido para atribuir US$ 6 para example-project e US$ 4 para test-project:

Billing account ID Project ID SKU description Cost type Cost
123456-ABCDEF-123456 projeto-exemplo Núcleo da instância predefinida N1 Uso US$ 60
123456-ABCDEF-123456 projeto-exemplo Tributo estadual sobre vendas (10,0%) Tributo US$ 6
123456-ABCDEF-123456 projeto-teste Núcleo da instância predefinida N1 Uso US$ 40
123456-ABCDEF-123456 projeto-teste Tributo estadual sobre vendas (10,0%) Tributo US$ 4

Como visualizar tributos para envolvidos no projeto na visualização de tabela aninhada

Ver seus custos fiscais por projeto na visualização de tabela aninhada, você precisa usar ou configurar uma opção Agrupar por com Projeto como a primeira dimensão de agrupamento. Por exemplo, agrupe por Projeto -> Serviço -> SKU.

Como visualizar tributos no nível do projeto na visualização de tabela fixa

Na visualização fixa da tabela, se você tiver acumulado custos de tributos, os tributos no nível do projeto serão exibidos em linhas próximas ao final da tabela. Cada linha com um Tributo Cost type representa os tributos totais de um SKU description (tipo e porcentagem de impostos específicos), atribuídos a projeto.

Sobre os totais no cabeçalho da fatura e no rodapé da tabela de custos

Normalmente, quando o relatório da tabela de custo é configurado para visualizar todos os custos e créditos de uma fatura mensal, o total no cabeçalho e no rodapé da tabela é o mesmo. Raramente, você pode notar que o total do cabeçalho não corresponde ao total do rodapé.

A partir da fatura ou extrato de setembro de 2020, o relatório da tabela de custos inclui informações do cabeçalho do documento com detalhes como o número da fatura e o ID da conta de faturamento, além dos totais da fatura ou extrato.

  • A fatura de valor total devido ou total de nova atividade listada no cabeçalho é determinada com base no momento em que o documento do extrato ou a fatura foi gerado. O total no cabeçalho do relatório não é afetado por nenhum filtro que você possa definir no relatório da tabela de custos.
  • O total listado no rodapé da tabela de custos é gerado somando todos os Unrounded cost itens de linha no relatório da tabela de custos e, em seguida, arredondado para dois lugares. Se você definir filtros para refinar os custos retornados na tabela de custos, o total do rodapé será calculado sobre os custos filtrados.

Em alguns casos, ao visualizar um relatório não filtrado, os dois totais podem não corresponder. Isso pode ocorrer se a conta do Cloud Billing for emitida mais de uma fatura ou extrato em um mês ou se uma nota de crédito ou débito for emitida para a conta de faturamento. Exemplo:

  • Se você fechar sua conta de faturamento do Cloud, poderá receber mais de uma fatura ou extrato no mesmo mês para cobrir as últimas cobranças incorridas pela conta de faturamento do Cloud antes do encerramento. Às vezes, há um pequeno atraso (até alguns dias) nos relatórios de uso. A incompatibilidade total pode ocorrer devido a diferenças de tempo entre os relatórios de custos de uso e o momento em que a fatura ou extrato é gerado.
  • Se você receber uma nota de crédito ou débito, esses créditos ou cobranças poderão ser aplicados à sua fatura, mas não serão refletidos nos itens de linha de custo no relatório da tabela de custos. Para orientações sobre como entender e analisar os ajustes, consulte Noções básicas sobre notas e ajustes.

Se você perceber que os totais no cabeçalho e rodapé do seu relatório de tabela de custos não correspondem e precisar de ajuda para reconciliar sua fatura ou extrato, entre em contato com o suporte do Cloud Billing para receber ajuda.