Como monitorar a utilização da CPU

Nesta página, você verá como usar o Console do Google Cloud Platform e o Stackdriver Monitoring para ver a utilização da CPU para instâncias e bancos de dados do Cloud Spanner.

Visão geral dos gráficos de utilização da CPU

A guia Monitorar das páginas Detalhes da instância e Detalhes do banco de dados inclui estes gráficos para monitorar a utilização da CPU:

  • Utilização da CPU: média contínua de 24 horas
  • Utilização de CPU: alta prioridade
  • Utilização da CPU: total

Os gráficos mostram a utilização da CPU agrupada por prioridade e origem das tarefas, conjuntos de trabalho que consomem ciclos da CPU:

  • Usuário de alta prioridade: tarefas que o aplicativo inicia e que o Cloud Spanner processa como alta prioridade. Uma solicitação de leitura ou confirmação geralmente é de alta prioridade.

  • Sistema de alta prioridade: tarefas que o Cloud Spanner inicia e processa como alta prioridade. Por exemplo, preenchimento de um índice e divisão de dados.

  • Usuário de baixa prioridade: tarefas que o aplicativo inicia e que não precisam ser concluídas tão rapidamente quanto as de alta prioridade. Por exemplo, leituras e consultas em lote.

  • Sistema de baixa prioridade: tarefas que o Cloud Spanner inicia e que não precisam ser concluídas tão rapidamente quanto as de alta prioridade. Por exemplo, compactação de banco de dados e validação de mudança de esquema.

Tarefas de alta prioridade forçam a interrupção imediata de tarefas de baixa prioridade. Se necessário, o Cloud Spanner interrompe todas as tarefas de baixa prioridade e permite que as de alta prioridade utilizem até 100% dos recursos disponíveis da CPU. É possível atrasar tarefas de sistema de baixa prioridade a curto prazo, mas, para um desempenho ideal, elas precisam ser executadas em algum momento. Portanto, é necessário provisionar a instância com nós suficientes para processar tarefas de alta e baixa prioridade.

Por outro lado, se não houver tarefas de alta prioridade, o Cloud Spanner utilizará até 100% dos recursos disponíveis de CPU para concluir as de baixa prioridade mais rapidamente. Os picos de uso em segundo plano não são um sinal de problema e podem gerar tarefas de alta prioridade quase instantaneamente, incluindo tarefas do usuário.

Utilização da CPU: média contínua de 24 horas

Cada ponto no gráfico mostra a porcentagem média de CPU nas últimas 24 horas. O gráfico também tem uma linha para a utilização máxima recomendada da CPU. Para configurações de várias regiões, visualize o gráfico por região. Ele está disponível apenas na página Instância.

Utilização de CPU: alta prioridade

Este gráfico mostra a utilização combinada da CPU para tarefas de usuário e de sistema de alta prioridade.

Utilização da CPU: total

Este gráfico mostra a utilização da CPU em todas as tarefas. É possível agrupar a utilização da CPU das seguintes maneiras:

  • Bancos de dados: na página Instância, este agrupamento mostra um gráfico empilhado com uma linha separada para cada banco de dados na instância.
  • Usuário/Sistema: este agrupamento mostra um gráfico empilhado com linhas separadas para tarefas de usuário de alta prioridade, de sistema de alta prioridade, de usuário de baixa prioridade e de sistema de baixa prioridade.

Para instâncias de várias regiões, veja esses agrupamentos separadamente para cada região que faz parte da configuração da instância.

Como visualizar gráficos no Console do Google Cloud Platform

  1. Acesse a página Instâncias do Spanner no Console do GCP.
    Acessar a página "Instâncias"
  2. Clique no nome da instância a ser monitorada.
  3. Na página Detalhes da instância, clique na guia Monitorar.

O gráfico utilização da CPU: média contínua de 24 horas exibe a média contínua para a utilização total da CPU. Este é um exemplo do gráfico:

Captura de tela da utilização da CPU: média contínua de 24 horas

O gráfico utilização da CPU: alta prioridade exibe a CPU usada para tarefas de alta prioridade. Este é um exemplo do gráfico:

Captura de tela da utilização da CPU: alta prioridade

O gráfico utilização da CPU: total exibe a CPU usada para todas as tarefas. Use a lista suspensa para mostrar a utilização total da CPU para cada banco de dados ou tipo de tarefa. Este é um exemplo do gráfico:

Captura de tela da utilização da CPU: total

Como visualizar gráficos no Stackdriver Monitoring

Também é possível visualizar os gráficos de utilização da CPU no Stackdriver Monitoring.

A tabela a seguir mostra os máximos recomendados para utilização da CPU:

Medida Máximo para instâncias de região única Máximo por região para instâncias de várias regiões
Total de alta prioridade 65% 45%
Agregado suavizado de 24 horas 90% 90%

Para ajudar a permanecer dentro dos limites máximos recomendados, é aconselhável criar alertas no Stackdriver Monitoring que acompanhem as métricas de utilização da CPU agregada suavizada de alta prioridade e de 24 horas.

Caso exceda os máximos recomendados, provisione mais nós para a instância, para que ela possa continuar operando. Para determinar o número de nós necessários, leve em conta a utilização máxima da CPU de alta prioridade e a média suavizada de 24 horas. Sempre aloque nós suficientes para manter a utilização da CPU abaixo do máximo recomendado. Aloque recursos extras para acomodar picos de carga de trabalho, especialmente para aplicativos sensíveis ao desempenho.

Se não tiver nós suficientes, o Cloud Spanner organizará as tarefas por nível de prioridade. Tarefas de sistema de baixa prioridade, como compactação de banco de dados e validação de alteração de esquema, podem ser adiadas, dando lugar a tarefas do usuário. No entanto, essas tarefas são essenciais para a integridade da instância, e o Cloud Spanner não pode adiá-las indefinidamente. Se o Cloud Spanner não puder concluir as tarefas de sistema de baixa prioridade dentro de uma determinada janela de tempo, entre várias horas e um dia, devido a recursos de computação insuficientes, ele aumentará a prioridade delas. Ao fazer isso, afeta o desempenho das tarefas do usuário.

O Cloud Spanner não adiciona nós automaticamente com base na utilização da CPU, mas é possível criar um aplicativo usando uma biblioteca de cliente ou a ferramenta de linha de comando gcloud. O aplicativo monitora a utilização da CPU e, em seguida, adiciona e remove nós conforme necessário.

A seguir

Criar alertas para o Cloud Spanner usando o Stackdriver Monitoring.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Cloud Spanner