Como adicionar o Spring Data Cloud Spanner a um aplicativo

O módulo Spring Data Cloud Spanner ajuda a usar o Cloud Spanner em qualquer aplicativo Java criado com o Spring Framework.

Como todos os módulos Spring Data, o Spring Data Cloud Spanner fornece um modelo de programação baseado em Spring que mantém as garantias de consistência e escalonabilidade do Cloud Spanner. Os recursos dele são parecidos com os do Spring Data JPA e do Hibernate ORM, com anotações desenvolvidas para o Cloud Spanner.

Se você já estiver familiarizado com o Spring, o Spring Data Cloud Spanner facilitará o trabalho com o Cloud Spanner no seu aplicativo e reduzirá a quantidade de códigos necessários para escrever.

Esta página explica como adicionar o Spring Data Cloud Spanner a um aplicativo Java. Para informações detalhadas sobre o módulo, consulte as referências do Spring Data Cloud Spanner.

Como instalar o módulo

Se você usar o Maven, adicione a Lista de materiais do Spring Cloud GCP (BOM, na sigla em inglês) e Spring Data Cloud Spanner ao arquivo pom.xml. Essas dependências fornecem os componentes do Spring Data Cloud Spanner ao Spring ApplicationContext:

<dependencyManagement>
  <dependencies>
    <dependency>
      <groupId>org.springframework.cloud</groupId>
      <artifactId>spring-cloud-gcp-dependencies</artifactId>
      <version>1.2.0.RELEASE</version>
      <type>pom</type>
      <scope>import</scope>
    </dependency>
  </dependencies>
</dependencyManagement>

<dependencies>
  <dependency>
    <groupId>org.springframework.cloud</groupId>
    <artifactId>spring-cloud-gcp-starter-data-spanner</artifactId>
  </dependency>
</dependencies>

Também é necessário criar uma conta de serviço e usar a chave da conta de serviço para autenticar no Google Cloud.

Para mais informações, consulte as instruções para configurar um ambiente para desenvolvedores Java. Não é preciso instalar a biblioteca de cliente do Google Cloud para Java. O Spring Boot Starter instala a biblioteca de cliente automaticamente.

Como configurar o módulo

Esta seção descreve algumas das configurações mais usadas do Spring Data Cloud Spanner. Para uma lista completa de configurações, consulte a documentação de referência.

Especifique uma instância e um banco de dados

Especifique a instância e o banco de dados do Cloud Spanner aos quais seu aplicativo se conecta.

Para especificar a instância padrão e o banco de dados, defina as propriedades de configuração a seguir no seu aplicativo:

Propriedade Descrição
spring.cloud.gcp.spanner.project-id Opcional. O ID do projeto do Google Cloud. Substitui o valor de spring.cloud.gcp.config.project-id.
spring.cloud.gcp.spanner.instance-id O código da instância do Cloud Spanner.
spring.cloud.gcp.spanner.database O banco de dados para se conectar.

Como modelar dados do Cloud Spanner

Com o Spring Data Cloud Spanner, é possível usar objetos Java antigos simples (POJOs) para modelar os dados armazenados nas tabelas do Cloud Spanner.

Para cada tabela no seu banco de dados, declare uma entidade que representa um registro nessa tabela. Use anotações para mapear a entidade e as propriedades dela para uma tabela e colunas.

Use as anotações abaixo para modelar relações simples entre entidades e tabelas:

Anotações de entidade
@Column(name = "columnName")

Opcional. Mapeia a propriedade para uma coluna específica na tabela do Cloud Spanner, substituindo a estratégia de nomeação que mapeia os nomes automaticamente.

Ao omitir essa propriedade, a estratégia de nomeação padrão do Spring Data Cloud Spanner mapeia os nomes de propriedade em camelCase do Java para nomes de colunas em PascalCase. Por exemplo, a propriedade singerId mapeia para o nome da coluna SingerId.

@Embedded

Indica que a propriedade é um objeto incorporado que pode conter componentes de uma chave primária. Se a propriedade for usada realmente na chave primária, você também deverá incluir a anotação @PrimaryKey.

@Interleaved

@Interleaved(lazy = true)

Indica que uma propriedade contém uma lista de linhas que foram intercaladas com a linha atual.

Por padrão, o Spring Data Cloud Spanner busca as linhas intercaladas na criação da instância. Para buscar as linhas de maneira mais cômoda, quando acessar a propriedade, use @Interleaved(lazy = true).

Exemplo: se uma entidade Singer puder ter entradas Album intercaladas como filho, adicione uma propriedade List<Album> à entidade Singer. Além disso, adicione uma anotação @Interleaved à propriedade.

@NotMapped

Indica que uma propriedade não está armazenada no banco de dados e tem que ser ignorada.

@PrimaryKey

@PrimaryKey(keyOrder = N)

Indica que a propriedade é um componente da chave primária e identifica a posição dessa propriedade na chave, começando em 1. O keyOrder padrão é 1.

Por exemplo: @PrimaryKey(keyOrder = 3)

@Table(name = "TABLE_NAME")

A tabela que a entidade modela. Cada instância da entidade representa um registro na tabela. Substitua TABLE_NAME pelo nome da sua tabela.

Por exemplo: @Table(name = "Singers")

Se você precisar modelar relações mais complexas, consulte a referência do Spring Data Cloud Spanner para mais detalhes sobre outras anotações compatíveis com o módulo.

Os exemplos a seguir mostram uma maneira de modelar as tabelas Singers e Albums para o Spring Data Cloud Spanner:

  • Para entidades Singer, o exemplo inclui uma propriedade albums com uma anotação @Interleaved. Essa propriedade contém uma lista de álbuns que são intercalados com a entidade Singer. O Spring Data Cloud Spanner preenche essa propriedade automaticamente.
  • Para entidades Album, o exemplo inclui uma propriedade relatedAlbums que não é armazenada no Cloud Spanner.
import java.util.Date;
import java.util.List;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.mapping.Embedded;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.mapping.Interleaved;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.mapping.PrimaryKey;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.mapping.Table;

/**
 * An entity and table holding singers.
 */
@Table(name = "Singers")
public class Singer {
  @PrimaryKey
  long singerId;

  String firstName;

  String lastName;

  Date birthDate;

  @Interleaved
  List<Album> albums;
}
import java.util.List;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.mapping.NotMapped;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.mapping.PrimaryKey;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.mapping.Table;

/**
 * An entity class representing an Album.
 */
@Table(name = "Albums")
public class Album {

  @PrimaryKey
  long singerId;

  @PrimaryKey(keyOrder = 2)
  long albumId;

  String albumTitle;

  long marketingBudget;

  @NotMapped
  List<Album> relatedAlbums;

  public Album(long singerId, long albumId, String albumTitle, long marketingBudget) {
    this.singerId = singerId;
    this.albumId = albumId;
    this.albumTitle = albumTitle;
    this.marketingBudget = marketingBudget;
  }
}

Como consultar e modificar dados

Para consultar e modificar dados com o Spring Data Cloud Spanner, adquira um bean SpannerTemplate, que implementa SpannerOperations. SpannerTemplate fornece métodos para realizar consultas SQL e modificar dados com instruções de linguagem de manipulação de dados (DML). Você também pode usar esse bean para acessar a API de leitura e a API de mutação para o Cloud Spanner.

Além disso, é possível estender a interface SpannerRepository para encapsular toda a lógica do aplicativo que consulta e modifica dados no Cloud Spanner.

As seções a seguir explicam como trabalhar com SpannerTemplate e SpannerRepository.

Como adquirir um bean de modelo

Use a anotação @Autowired para adquirir um bean SpannerTemplate automaticamente. Assim, é possível usar SpannerTemplate em toda a classe.

O exemplo a seguir mostra uma classe que adquire e usa o bean:

import com.google.cloud.spanner.KeySet;
import com.google.cloud.spanner.Statement;
import java.util.List;
import org.springframework.beans.factory.annotation.Autowired;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.SpannerTemplate;
import org.springframework.stereotype.Component;

/**
 * A quick start code for Spring Data Cloud Spanner. It demonstrates how to use SpannerTemplate to
 * execute DML and SQL queries, save POJOs, and read entities.
 */
@Component
public class SpannerTemplateSample {

  @Autowired
  SpannerTemplate spannerTemplate;

  public void runTemplateExample(Singer singer) {
    // Delete all of the rows in the Singer table.
    this.spannerTemplate.delete(Singer.class, KeySet.all());

    // Insert a singer into the Singers table.
    this.spannerTemplate.insert(singer);

    // Read all of the singers in the Singers table.
    List<Singer> allSingers = this.spannerTemplate
        .query(Singer.class, Statement.of("SELECT * FROM Singers"), null);
  }

}

É possível usar o bean SpannerTemplate para executar transações somente leitura e transações de leitura e gravação. Além disso, é possível usar a anotação @Transactional para criar transações declarativas.

Como adquirir um bean de repositório

Caso você use um SpannerRepository, poderá adotar a anotação @Autowired para adquirir um bean que implementa a interface do seu repositório. Um repositório inclui métodos para executar funções Java como transações somente leitura e transações de leitura e gravação. Para operações de nível inferior, é possível conseguir o bean de modelo que o repositório usa.

Os exemplos a seguir mostram a interface de um repositório e uma classe que adquire e usa o bean:

import com.google.cloud.spanner.Key;
import java.util.List;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.repository.SpannerRepository;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.repository.query.Query;
import org.springframework.data.repository.query.Param;

/**
 * An interface of various Query Methods. The behavior of the queries is defined only by
 * their names, arguments, or annotated SQL strings. The implementation of these functions
 * is generated by Spring Data Cloud Spanner.
 */
public interface SingerRepository extends SpannerRepository<Singer, Key> {
  List<Singer> findByLastName(String lastName);

  int countByFirstName(String firstName);

  int deleteByLastName(String lastName);

  List<Singer> findTop3DistinctByFirstNameAndSingerIdIgnoreCaseOrLastNameOrderByLastNameDesc(
      String firstName, String lastName, long singerId);

  @Query("SELECT * FROM Singers WHERE firstName LIKE '%@fragment';")
  List<Singer> getByQuery(@Param("fragment") String firstNameFragment);
}
import java.util.List;
import org.springframework.beans.factory.annotation.Autowired;
import org.springframework.stereotype.Component;

/**
 * A quick start code for Spring Data Cloud Spanner.
 * It demonstrates how to use a SpannerRepository to execute read-write queries
 * generated from interface definitions.
 *
 */
@Component
public class SpannerRepositorySample {

  @Autowired
  SingerRepository singerRepository;

  public void runRepositoryExample() {
    List<Singer> lastNameSingers = this.singerRepository.findByLastName("a last name");

    int fistNameCount = this.singerRepository.countByFirstName("a first name");

    int deletedLastNameCount = this.singerRepository.deleteByLastName("a last name");
  }

}

Como gerenciar o Cloud Spanner

É possível adquirir um bean SpannerDatabaseAdminTemplate para obter informações sobre os bancos de dados do Cloud Spanner, atualizar um esquema com uma instrução de linguagem de definição de dados (DDL) ou concluir outras tarefas administrativas.

Use a anotação @Autowired para adquirir o bean automaticamente. Assim, é possível usar SpannerDatabaseAdminTemplate em toda a classe.

O exemplo a seguir mostra uma classe que adquire e usa o bean:

import org.springframework.beans.factory.annotation.Autowired;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.admin.SpannerDatabaseAdminTemplate;
import org.springframework.cloud.gcp.data.spanner.core.admin.SpannerSchemaUtils;
import org.springframework.stereotype.Component;

/**
 * This sample demonstrates how to generate schemas for interleaved tables from POJOs and how to
 * execute DDL.
 */
@Component
public class SpannerSchemaToolsSample {

  @Autowired
  SpannerDatabaseAdminTemplate spannerDatabaseAdminTemplate;

  @Autowired
  SpannerSchemaUtils spannerSchemaUtils;

  /**
   * Creates the Singers table. Also creates the Albums table, because Albums is interleaved with
   * Singers.
   */
  public void createTableIfNotExists() {
    if (!this.spannerDatabaseAdminTemplate.tableExists("Singers")) {
      this.spannerDatabaseAdminTemplate.executeDdlStrings(
          this.spannerSchemaUtils
              .getCreateTableDdlStringsForInterleavedHierarchy(Singer.class),
          true);
    }
  }

  /**
   * Drops both the Singers and Albums tables using just a reference to the Singer entity type ,
   * because they are interleaved.
   */
  public void dropTables() {
    if (this.spannerDatabaseAdminTemplate.tableExists("Singers")) {
      this.spannerDatabaseAdminTemplate.executeDdlStrings(
          this.spannerSchemaUtils.getDropTableDdlStringsForInterleavedHierarchy(Singer.class),
          false);
    }
  }
}

A seguir