Ir para

O que é IaaS?

A IaaS (infraestrutura como serviço) é um modelo de computação que oferece recursos sob demanda para empresas e indivíduos por meio da nuvem. 

A IaaS é atraente porque a aquisição de recursos de computação para executar aplicativos ou armazenar dados da maneira tradicional exige tempo e capital. As empresas precisam comprar equipamentos por meio de processos de aquisição que podem levar meses. Eles precisam investir em espaços físicos: geralmente salas especializadas com recursos de energia e resfriamento. Após a implantação dos sistemas, as empresas precisam que os profissionais de TI façam o gerenciamento.  

Tudo isso é difícil de escalonar quando a demanda aumenta ou os negócios crescem. As empresas correm o risco de ficar sem capacidade ou superestimar a necessidade e acabar com uma infraestrutura que sofre com a baixa utilização.

Esses desafios são o motivo pelo qual o uso da IaaS está crescendo constantemente. Saiba mais sobre o Compute Engine, o Cloud Storage, e outros produtos e soluções de IaaS do Google Cloud.

Definição de IaaS

A IaaS é a disponibilidade sob demanda de recursos de computação quase infinitamente escalonáveis como serviços na Internet. Ela elimina a necessidade de as empresas adquirirem, configurarem ou gerenciarem a infraestrutura, assim elas pagarão apenas pelo que usarem.

Os recursos de IaaS são oferecidos como serviços individuais para que as empresas possam escolher o que precisam. À medida que o provedor de nuvem gerencia a infraestrutura, as empresas podem se concentrar em instalar, configurar e gerenciar software e manter seus dados seguros.

Quais são os benefícios da IaaS?

É econômica

Como os recursos de IaaS são usados sob demanda e as empresas só precisam pagar pelos recursos de computação, armazenamento e rede que são realmente usados, os custos de IaaS são bastante previsíveis e podem ser facilmente controlados e planejados.  

É eficiente

Os recursos de IaaS estão disponíveis regularmente para as empresas quando elas precisam. Como resultado, as empresas reduzem os atrasos ao expandir a infraestrutura e, como alternativa, não gastam recursos com o excesso de capacidade.

Aumenta a produtividade

Como o provedor de nuvem é responsável por configurar e manter a infraestrutura física subjacente, os departamentos de TI das empresas economizam tempo e dinheiro e podem redirecionar recursos para atividades mais estratégicas.

É confiável

A IaaS não tem um ponto único de falha. Mesmo que um componente dos recursos de hardware falhe, o serviço normalmente continuará disponível.

É escalonável

Uma das maiores vantagens da IaaS na computação em nuvem é a capacidade de aumentar e diminuir os recursos rapidamente de acordo com as necessidades da empresa.

O tempo de lançamento fica mais rápido

Como a IaaS oferece flexibilidade e escalonabilidade praticamente infinitas, as empresas podem fazer seu trabalho com mais eficiência, garantindo ciclos de desenvolvimento mais rápidos.

Você precisa da IaaS?

A IaaS fornece às empresas opções de armazenamento, servidor e rede que não exigem a compra e a manutenção de amplas salas de servidores que consomem grandes quantidades de energia e espaço. Um dos principais motivos que levam as empresas a escolher a IaaS é reduzir as despesas de capital e transformá-las em despesas operacionais.

Empresas com volumes de carga de trabalho imprevisíveis ou a necessidade de migrar rapidamente em resposta a flutuações de negócios também recorrem à IaaS como uma maneira econômica de auxiliar as operações. 

IaaS ou PaaS (plataforma como serviço): às vezes, esses dois serviços são confundidos. De fato, a diferença entre IaaS, PaaS e SaaS (software como serviço) geralmente é questionada. A resposta é que cada um deles oferece um serviço de nuvem diferente: um ambiente de infraestrutura, ferramentas de plataforma e aplicativos completos.

Se sua organização enfrentar algum dos cenários a seguir, você provavelmente é um bom candidato para IaaS:

  • Um grande crescimento de negócios que supera as capacidades da infraestrutura
  • Picos imprevisíveis na demanda por serviços de infraestrutura
  • Baixa utilização dos recursos de infraestrutura existentes
  • Grandes volumes de dados que sobrecarregam armazenamentos de dados locais
  • Tempos de resposta lentos com aplicativos locais 
  • Limitações de desempenho do aplicativo devido a restrições de capacidade
  • Ciclos de atualização de hardware lentos

Esses cenários exigem mais escalonabilidade e agilidade da infraestrutura do que os data centers tradicionais podem oferecer.

Para que a IaaS é usada?

IaaS oferece uma ampla variedade de aplicativos que podem beneficiar as organizações. Veja a seguir alguns casos de uso comuns:

Executar testes e desenvolvimento

A capacidade de computação e rede da IaaS faz com que esse ambiente seja perfeito para executar e gerenciar ciclos de teste e desenvolvimento.

Melhorar a preparação para a recuperação de desastres

Como a IaaS é escalonável e confiável, as empresas podem consolidar sistemas de recuperação de desastres diferentes em um ambiente virtualizado.

Realizar análises de Big Data

Para armazenar e analisar Big Data, é preciso ter muita capacidade de processamento. A IaaS é um ambiente apropriado para Big Data porque lida com grandes cargas de trabalho.

Processar picos no tráfego

A IaaS pode gerenciar picos de tráfego inesperados ao escalonar, conforme necessário.

Provisionar recursos rapidamente

A IaaS possibilita que novos projetos sejam executados rapidamente quando surgirem prioridades de negócios urgentes.

O Google Cloud, oferecido pelo Google, é um pacote de serviços de computação em nuvem executado na mesma infraestrutura que é usada internamente pelo Google nos seus próprios produtos de consumo, como a Pesquisa Google, o Gmail e o YouTube.

 As ofertas do Google Cloud incluem IaaS, PaaS e SaaS. Com os produtos de IaaS, as empresas podem agrupar esses serviços em combinações que proporcionam precisamente o ambiente necessário para elas.