Ver os gastos ao longo do tempo no Google Data Studio

É possível ver gráficos atualizados do faturamento do Cloud ao longo do dia e usar rótulos para dividir sua conta do Google Cloud como quiser, combinando a exportação de dados do Faturamento do Cloud à funcionalidade do BigQuery com o Google Data Studio.

Um painel do Data Studio que mostra tendências de custo ao longo do tempo e custo mensal por equipe para uma empresa fictícia, a ACME.

Exportar dados de faturamento do Cloud para o BigQuery

Para começar a exportar seus dados de faturamento para um conjunto de dados do BigQuery, siga o procedimento em Exportar dados de faturamento do Cloud para o BigQuery. Depois de seguir o procedimento, leva cerca de um dia para que o conjunto de dados comece a ser preenchido com os dados de faturamento do Cloud. É possível que cobranças de saída de rede apareçam primeiro, depois algumas cobranças de VM, depois pelo uso do Pub/Sub e assim por diante. Depois de coletar dados no conjunto de dados, é possível realizar consultas, como mostrado na captura de tela a seguir.

Uma consulta de faturamento do Cloud e os resultados no BigQuery.

Começar a trabalhar com a amostra do relatório de faturamento do Cloud

Para ver e copiar a amostra de relatório de faturamento:

  1. Abra a demonstração do relatório de faturamento.
  2. No painel de navegação esquerdo, clique em READ ME para saber as etapas necessárias para copiar e usar o relatório com seus dados.

Um painel do Data Studio que mostra tendências de custo ao longo do tempo, custo mensal por equipe e custo mensal por projeto para uma empresa fictícia, a ACME.

Dividir relatórios de faturamento do Cloud usando rótulos

É possível usar rótulos para responder a perguntas complexas, como "Como posso saber quanto o serviço está custando para mim?" ou "O que estou gastando nos meus ambientes para desenvolvedores e na produção?" Os rótulos, que são pares de chave e valor, são aplicados aos recursos do Google Cloud. Os rótulos mais comuns são estes:

  • Rótulos baseados em equipe ou centro de custo. É possível usá-los para distinguir projetos de diferentes equipes, o que é útil na contabilidade de custos ou na elaboração de orçamentos. Por exemplo, team:marketing e team:research.
  • Rótulos baseados em componente. Por exemplo, component:redis e component:frontend.
  • Rótulos baseados em ambiente ou etapa. Por exemplo, environment:prod e environment:test.

Para mais informações sobre rótulos, leia Como rotular e agrupar recursos do Google Cloud.

O exemplo de relatório e o conjunto de dados usam três rótulos de projeto (project.labels.key) para demonstrar a visualização de dados por rótulo do projeto:

Um painel do Data Studio mostrando os custos do serviço do Google Cloud para uma empresa fictícia, a ACME.