Como usar o emulador do Cloud Bigtable

O SDK do Cloud oferece um emulador local, na memória, para o Cloud Bigtable, que é possível usar para testar o aplicativo. Como o emulador armazena dados apenas na memória, ele não manterá os dados nas execuções. O objetivo é ajudar você a usar o Cloud Bigtable para desenvolvimento e testes locais, não para implantações de produção.

É possível usar o emulador com todas as bibliotecas de cliente do Cloud Bigtable, exceto com a PHP.

O emulador não oferece APIs administrativas para criar ou gerenciar instâncias e clusters. Após a inicialização do emulador, você poderá se conectar a ele usando qualquer nome de instância e projeto para criar tabelas e ler ou gravar dados.

Como instalar o emulador

Para instalar o emulador do Cloud Bigtable:

  1. Instale o SDK do Cloud.

  2. Atualize a instalação da ferramenta de linha de comando gcloud para acessar os recursos mais recentes:

    gcloud components update beta
    
  3. Execute o seguinte comando para iniciar o emulador:

    gcloud beta emulators bigtable start
    

    Se o emulador não estiver instalado, você será solicitado a fazer download e instalar o binário para o emulador.

  4. Digite Control-C para interromper o emulador.

Como usar o emulador

Para usar o emulador do Cloud Bigtable:

  1. Execute o seguinte comando para iniciar o emulador do Cloud Bigtable:

    gcloud beta emulators bigtable start
    

    O emulador imprime o host e o número da porta em que está sendo executado.

    Por padrão, o emulador escolhe localhost:8086. Para vincular o emulador a um host e uma porta específicos, use a sinalização --host-port opcional, substituindo [HOST] e [PORT]:

    gcloud beta emulators bigtable start --host-port=[HOST]:[PORT]
    
  2. No ambiente do seu aplicativo, configure a variável de ambiente BIGTABLE_EMULATOR_HOST com o host e a porta em que o emulador do Cloud Bigtable está em execução (por exemplo, myhost.example.com:8010).

    Se você executa o emulador na mesma máquina do aplicativo, use o seguinte comando para definir essa variável de ambiente automaticamente:

    $(gcloud beta emulators bigtable env-init)
    

    Definir essa variável de ambiente faz com que o aplicativo seja executado no emulador, sem que nenhuma outra ação seja necessária. O cliente usa a variável automaticamente, se estiver definida, em vez de se conectar ao serviço Cloud Bigtable.

  3. Quando terminar de usar o emulador, digite Control-C para interrompê-lo e, em seguida, cancele a definição de BIGTABLE_EMULATOR_HOST com o seguinte comando:

    unset BIGTABLE_EMULATOR_HOST
    

Filtros

A tabela a seguir mostra os filtros compatíveis.

Compatível Compatível, com limitações Incompatível
apply_label_transformer
block_all
cells_per_column_limit
cells_per_row_limit_filter
cells_per_row_offset_filter
chain
column_range
condition
interleave
pass_all
row_sample
strip_value_transformer
timestamp_range
value_range_filter
column_qualifier_regex
family_name_regex
row_key_regex
value_regex
sink

Os problemas relacionados ao emulador do Cloud Bigtable são rastreados no repositório google-cloud-go do GitHub (em inglês), em que é possível enviar relatórios de bugs e solicitações de recursos ou comentar problemas atuais.