Preços

Todas as transferências

A cobrança do serviço de transferência de dados do BigQuery é feita proporcionalmente por mês. O faturamento acontece da seguinte maneira:

Origem de dados Cobrança mensal (proporcional)
Campaign Manager

US$ 2,50 por ID único de anunciante. IDs de anunciante na tabela impression.

Cloud Storage

Nenhuma cobrança. As cotas e limites do BigQuery são aplicáveis.

Amazon S3

Nenhuma cobrança. As cotas e limites do BigQuery são aplicáveis.

Google Ads

US$ 2,50 por ID exclusivo do cliente. ExternalCustomerID na tabela Customer, incluindo IDs do cliente com zero impressão.

Google Ad Manager

US$ 100 por ID de rede.

Google Play

Sem cobranças até 31 de agosto de 2018. A partir de 1º de setembro de 2018:

US$ 25 por nome de pacote único na tabela Installs_country.

Search Ads 360

Nenhuma cobrança. As cotas e limites do BigQuery são aplicáveis.

Canal do YouTube

US$ 5 por canal.

Proprietário do conteúdo no YouTube

US$ 5 por 1.000 canais únicos (US$ 0,005 por canal único). IDs dos canais na tabela content_owner_basic_a3.

Armazenamento de dados Cobrança mensal (proporcional)
Teradata

Nenhuma cobrança. As cotas e limites do BigQuery são aplicáveis.

Amazon Redshift

Nenhuma cobrança. As cotas e limites do BigQuery são aplicáveis.

Observações para migrações de armazenamento de Teradata

A migração de instâncias de armazenamento de dados com o serviço de transferência de dados do BigQuery é gratuita.

  • A extração e o upload em um intervalo do Cloud Storage e o carregamento de dados no BigQuery são gratuitos.
  • Os dados não são excluídos automaticamente do intervalo do Cloud Storage depois que você faz upload deles no BigQuery. Exclua os dados do intervalo se quiser evitar custos extras. Consulte Preços do Cloud Storage.

Observação para todas as transferências

Depois que os dados forem transferidos para o BigQuery, serão aplicados os preços padrão de armazenamento e de consulta a esse serviço. Para mais detalhes sobre os preços, entre em contato com a equipe de vendas.

Cálculo de IDs exclusivos

Cada transferência criada gera uma ou mais execuções por dia. Cada execução mantém um registro de cada código exclusivo encontrado e a data em que a transferência foi executada. Os IDs só são contados no dia da conclusão da transferência. Por exemplo, se uma transferência for iniciada em 14 de julho, mas terminar em 15 de julho, os IDs exclusivos serão contados no dia 15 de julho.

Se um ID exclusivo for encontrado em mais de uma transferência executada em um dia específico, ele será contado apenas uma vez. Os IDs exclusivos são contados separadamente para diferentes transferências. Se um ID exclusivo for encontrado em execuções para duas transferências diferentes, ele será contado duas vezes.

Como calcular cobranças de preenchimento

Se você agendar um preenchimento, uma execução de transferência ficará agendada para cada dia. Então, você será cobrado com base no método descrito no Cálculo de códigos exclusivos.

Como encerrar as cobranças do Serviço de transferência de dados do BigQuery

Para encerrar as cobranças, desative ou exclua a transferência.

Exemplos de preços do serviço de transferência de dados do BigQuery

Exemplo 1: você tem uma transferência com três execuções concluídas no mesmo dia.

  • A primeira execução registra os seguintes códigos exclusivos: A, B e C.
  • A segunda execução registra: A.
  • A terceira execução registra: C e D.

Como todas as execuções terminam no mesmo dia, você é cobrado por quatro códigos exclusivos: A, B, C, D. Como os códigos A e C foram gravados em duas execuções diferentes concluídas no mesmo dia, eles são contados apenas uma vez. Se as três transferências forem concluídas todos os dias por um mês, a taxa mensal é baseada em quatro códigos exclusivos. Se as transferências forem executadas menos vezes do que o número de dias no mês em que elas forem executadas, as cobranças serão proporcionais.

Exemplo 2: você tem várias transferências com execuções concluídas no mesmo dia.

  • A transferência 1 executa e registra os seguintes códigos exclusivos: A, B e C.
  • A transferência 2 executa e registra: A.
  • A transferência 3 executa e registra: C e D.

Como os códigos exclusivos são contados em execuções para transferências diferentes, você é cobrado com base em seis códigos exclusivos: A, B e C da execução da transferência 1, A da transferência 2 e C e D da execução da transferência 3. Se as transferências forem executadas menos vezes do que o número de dias no mês em que elas forem executadas, as cobranças serão proporcionais.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

BigQuery Data Transfer Service