Você está visualizando a documentação de uma versão anterior do Migrate for Compute Engine (antigo Velostrata). Você escolhe se quer continuar usando esta versão ou usar a versão atual.

Como usar a migração off-line

Com a migração off-line, o Migrate for Compute Engine permite que você migre cargas de trabalho em execução no vSphere com sistemas operacionais que não são compatíveis atualmente com a tecnologia de streaming do Migrate for Compute Engine.

Durante o processo de migração off-line, todo o armazenamento migra para a nuvem antes de a VM iniciar no Compute Engine.

Outro caso de uso para migração off-line é migração somente de armazenamento para VMs que não são compatíveis com o provedor de nuvem. Normalmente, são VMs com sistemas operacionais mais antigos, como o Red Hat 4. Com a migração somente do armazenamento, é possível migrar volumes e, em seguida, reanexá-los a uma VM com um sistema operacional compatível.

Como preparar uma VM para a migração off-line

As etapas a seguir mostram como preparar diferentes sistemas operacionais para a migração off-line.

Ubuntu 12.x

Antes de usar a migração off-line, faça as seguintes alterações em sua distribuição do Linux na plataforma de origem:

  1. Remova agentes convidados VMware, Azure ou AWS.
  2. Certifique-se de que a configuração NTP aponte para o servidor NTP metadata.google.internal.
  3. Verifique se o DHCP está ativado para a interface Ethernet principal.
  4. Verifique se a MTU está configurada com 1460 para todas as interfaces Ethernet.
  5. Certifique-se de que o ambiente de convidado do Compute Engine Linux esteja instalado a partir de pacotes ou repositórios fornecidos.
  6. Remova as regras de rede persistentes para impedir que a instância use endereços MAC armazenados em cache. Por exemplo, use o seguinte comando:

    rm -f /etc/udev/rules.d/70-persistent-net.rules
    
  7. Configure sshd usando as seguintes etapas:

    1. Certifique-se de que sshd esteja ativado.
    2. Permita a autenticação baseada em chave em sshd adicionando a seguinte linha ao arquivo sshd_config.

      AuthorizedKeysFile .ssh/authorized_keys
      
  8. Desative ou remova o daemon irqbalance.

  9. Configure o carregador de inicialização usando as seguintes etapas:

    1. Certifique-se de que a configuração do carregador de inicialização não inclua:
      • splashimage=.
      • argumentos de linha de comando do kernel rhgb e quiet.
    2. Certifique-se de que os argumentos de linha de comando do kernel contenham console=ttyS0,38400n8d para que a instância possa funcionar com o Console serial interativo.
  10. Edite /etc/fstab para incluir referências apenas para bloquear dispositivos migrados ou exportações NFS que estarão disponíveis após a migração.

Windows 2008 não R2 para o Google Cloud

Nenhuma preparação é necessária para a migração off-line do Windows Server 2008 de 64 bits.

O Windows Server 2008 de 32 bits requer a instalação do pacote antes de iniciar a migração off-line.

Para instalá-los:

  1. Faça download dos drivers do Windows Server 2008r1 na página de downloads.
  2. Descompacte devcon.zip para um diretório de sua escolha.
  3. Faça o download de um pacote de driver adicional para esse mesmo diretório:
    gsutil cp gs://gce-windows-drivers-public/win2k3driver/x86/* [DIRECTORY]
    
  4. Execute o script install.cmd a partir desse diretório
  5. Execute uma migração off-line

Windows 2003 SP2 para o Google Cloud

Nenhuma preparação é necessária para a migração off-line do Windows Server 2003.

No local para a nuvem: processo de migração off-line

Antes de começar, faça a preparação off-line, conforme explicado nas seções anteriores. Em seguida, realize as seguintes etapas:

  1. No vSphere Web Client, selecione a máquina virtual.
  2. Clique com o botão direito na VM e selecione Migrate for Google Compute Engine Operations > Offline Migrate (Operações do Migrate for Google Compute Engine > Migração off-line).
  3. Selecione a Cloud Extension e clique em Próximo.
  4. Selecione Tipo de instância (tamanho da VM) e clique em Próximo.
  5. Selecione os Grupos de segurança e clique em Próximo.
  6. Selecione uma sub-rede no Google Cloud. Quando os nós da extensão do Cloud estiverem em zonas diferentes, o Migrate for Compute Engine usará o nó na mesma zona que a sub-rede selecionada. Caso contrário, você precisará selecionar o nó manualmente.
  7. Na lista suspensa Configurar IP privado:
    • Selecione Automático para atribuir automaticamente um endereço IP à sub-rede, ou
    • Selecione Estático e insira o endereço IP estático desejado. Na lista suspensa Nó de borda, selecione o nó desejado e clique em Próximo.
  8. Selecione Tipo de armazenamento e clique em Próximo.
  9. Revise o resumo e clique em Concluir.

Para ver as tarefas de migração relacionadas, use a guia Monitor > Tarefas e eventos.

Após a migração off-line, é possível se conectar à VM usando seu endereço IP privado ou FQDN.

AWS para Google Cloud: processo de migração off-line

Migrações off-line usando ondas

Para executar a migração off-line da AWS para o Google Cloud, execute um job de migração off-line em uma onda.

Migrações off-line usando o PowerShell

Para realizar a migração off-line em uma única VM da AWS, execute o seguinte comando do PowerShell, preenchendo o código da instância do AWS EC2 e o nome da extensão do Cloud:


Invoke-VelosOfflineMigration [-Id] InstanceID -CloudExtension $ [-EdgeNode ]-StorageSpec  -InstanceType  -CloudDetailsName

Por exemplo:


Invoke-VelosOfflineMigration -Id i-04151a4a1067cfe9b -CloudExtension $gcpCe -EdgeNode NodeA -StorageSpec Standard -InstanceType n1-standard-1 -CloudDetailsName aws

Azure para o Google Cloud: processo de migração off-line

Migrações off-line usando ondas

Para executar a migração off-line do Azure para o Google Cloud, execute um job de migração off-line em uma onda.

Migrações off-line usando o PowerShell

Para executar a migração off-line em uma única VM do Azure, execute o seguinte comando do PowerShell, preenchendo com seu código da instância do Azure e o nome da extensão do Cloud:


Invoke-VelosOfflineMigration [-Id] InstanceID -CloudExtension $ [-EdgeNode ]-StorageSpec  -InstanceType  -CloudDetailsName

Por exemplo:


Invoke-VelosOfflineMigration -Id i-04151a4a1067cfe9b -CloudExtension $gcpCe -EdgeNode NodeA -StorageSpec Standard -InstanceType n1-standard-1 -CloudDetailsName azure