Ir para

Cloud CDN

Envio rápido e confiável de conteúdo na Web e de vídeo com escala e alcance globais.

Benefícios

Distribuição global com IP Anycast

Com armazenamento em cache de borda pareado com praticamente todos os principais ISPs de usuários finais ao redor do mundo. Com a arquitetura Anycast, seu site recebe um único endereço IP global, que combina desempenho consistente no mundo todo com um gerenciamento fácil.

Oferece suporte à arquitetura híbrida e de várias nuvens

Com o Cloud CDN, os clientes podem enviar conteúdo hospedado no local ou em outra nuvem com a infraestrutura distribuída e de alto desempenho de armazenamento em cache do Google.

Otimizado para desempenho last mile

O Cloud CDN oferece suporte a protocolos modernos originalmente desenvolvidos no Google, como HTTP/2 e QUIC, para melhorar o desempenho do site para usuários em dispositivos móveis e/ou de mercados emergentes.

Principais recursos

Principais recursos

Suporte de origem e de back-end

Seu conteúdo pode ser extraído de qualquer origem compatível com HTTP, incluindo back-ends do Compute Engine, do Cloud Storage e do Google Kubernetes Engine, além de origens fora do Google Cloud, como buckets de armazenamento em outras nuvens.

Armazenamento em cache

Configure o comportamento do armazenamento em cache por origem que permita que você tenha controle detalhado sobre chaves de cache, TTLs e outros recursos de armazenamento em cache com base no tipo de conteúdo que estiver sendo exibido.

Correspondência de rota e seleção de origem

O Cloud CDN usa o Cloud Load Balancing para fornecer recursos abrangentes de roteamento e configuração em cada local da borda.

Veja todos os recursos

O que há de novo

Novidades

Inscreva-se para receber newsletters do Google Cloud com atualizações de produtos, informações sobre eventos, ofertas especiais e muito mais.

Documentação

Documentação

Princípios básicos do Google Cloud
Visão geral do Cloud CDN

Veja de maneira geral o funcionamento do Cloud CDN.

Tutorial
Para começar com o Cloud CDN

Saiba como ativar e desativar o Cloud CDN em uma configuração de balanceamento de carga.

Prática recomendada
Práticas recomendadas para envio de conteúdo

Práticas recomendadas para otimizar e acelerar o envio de conteúdo com o Cloud CDN.

Casos de uso

Casos de uso

Caso de uso
Como usar o Cloud CDN com balanceamento de carga HTTP(S)

O Cloud CDN funciona com balanceamento de carga HTTP(S) para enviar conteúdo aos seus usuários. O balanceador de carga HTTP(S) fornece os endereços IP e as portas de front-end que recebem solicitações, assim como os back-ends que respondem a essas solicitações. Também é possível configurar o Cloud CDN para usá-lo com balanceamento de carga e GKE.

Da direita para a esquerda, dois retângulos etiquetados Cloud Region e exibindo instância VM para dentro da caixa etiquetada como balanceador de carga HTTP(S). Duas setas apontam para a esquerda para a caixa Cloud CDN. Três setas partem para a esquerda a partir do Cloud CDN para três caixas, cada uma etiquetada “Usuário Final”

Todos os recursos

Todos os recursos

Suporte de origem e de back-end Seu conteúdo pode ser extraído de qualquer origem compatível com HTTP, incluindo back-ends do Compute Engine, do Cloud Storage e do Google Kubernetes Engine, além de origens fora do Google Cloud, como buckets de armazenamento em outras nuvens.
Armazenamento em cache Configure o comportamento do armazenamento em cache por origem que permite ter controle detalhado sobre chaves de cache, TTLs e outros recursos de armazenamento em cache com base no tipo de conteúdo que estiver sendo exibido.
Correspondência de rota e seleção de origem O Cloud CDN usa o Cloud Load Balancing para fornecer recursos abrangentes de roteamento e configuração em cada local da borda.
Protocolos modernos Protocolos como TLS versão 1.3, QUIC e Global Anycast beneficiam diretamente a experiência do usuário ao oferecer conteúdo da Web de bloqueio de renderização mais rapidamente e reduzindo o tempo de início da reprodução e do armazenamento em buffer ao veicular vídeos.
Geração de registros e métricas Entenda como o tráfego é exibido pelo Cloud CDN com o Cloud Logging e o Cloud Monitoring.
Segurança Aplicativos podem usar protocolos de solicitação, como certificados gerenciados SSL (TLS), Políticas de SSL personalizáveis e registro de auditoria.
Autenticação de conteúdo As solicitações assinadas permitem veicular respostas dos caches distribuídos globalmente do Google Cloud, mesmo quando solicitações são necessárias para autorização.

Preços

Preços

Quando o Cloud CDN disponibiliza seu conteúdo, você é cobrado de acordo com a largura de banda e as solicitações HTTP/HTTPS. Para as ocorrências em cache, você paga pela largura de banda de saída do cache. Para as ausências no cache, você também paga pela largura de banda usada para preencher o cache.