Discos de inicialização personalizados

Nesta página, você aprenderá como executar um tipo de disco de inicialização específico nos seus clusters e pools de nós do Google Kubernetes Engine.

Visão geral

Quando você cria um cluster do GKE ou um pool de nós, pode escolher o tipo de disco permanente no qual o sistema de arquivos do nó do Kubernetes está instalado para cada nó. Por padrão, o GKE usa discos permanentes padrão. Você também pode especificar um disco permanente SSD.

Discos permanentes SSD podem melhorar o desempenho de seus nós para determinadas cargas de trabalho. No entanto, observe que a escolha de um disco permanente SSD como o disco de inicialização do nó incorre em custos adicionais. Para mais informações, consulte as opções de armazenamento.

Benefícios do uso de um disco SSD de inicialização

Usar um disco permanente SSD como um disco de inicialização para seus nós oferece alguns benefícios de desempenho:

  • Os nós têm tempos de inicialização mais rápidos.
  • Binários e arquivos disponibilizados de contêineres estão disponíveis para o nó mais rapidamente. Isso pode aumentar o desempenho das cargas de trabalho com muito tráfego de E/S, como aplicativos de exibição da Web que hospedam arquivos estáticos, ou jobs em lote de curta execução com muito tráfego de E/S.
  • Arquivos armazenados em mídia local do nó (expostos por meio dos volumes hostPath ou emptyDir) podem ter melhora de desempenho de E/S.

Para ver mais informações sobre como os discos permanentes SSD funcionam em comparação com discos permanentes padrão, consulte a Comparação de desempenho do armazenamento em blocos.

Como especificar um tipo de disco de inicialização

Você pode especificar o tipo do disco de inicialização, padrão ou SSD, ao criar um novo cluster ou pool de nós.

gcloud

Para criar um cluster com um disco de inicialização personalizado, execute o seguinte comando.

[DISK-TYPE] pode ser:

  • pd-standard, um disco permanente padrão (o padrão)
  • pd-ssd, um disco permanente SSD
gcloud container clusters create [CLUSTER_NAME] --disk-type [DISK_TYPE]

Para criar um pool de nós em um cluster existente:

gcloud container node-pools create [POOL_NAME] --disk-type [DISK_TYPE]

Por exemplo, o comando a seguir cria um cluster, example-cluster, com o tipo de disco permanente SSD, pd-ssd:

gcloud container clusters create example-cluster --disk-type pd-ssd

Console

Para selecionar o disco de inicialização ao criar seu cluster com o console do Google Cloud Platform, execute as seguintes etapas:

  1. Acesse o menu do Google Kubernetes Engine no console do GCP.

    Acessar o menu do Google Kubernetes Engine

  2. Clique em Criar cluster.

  3. Escolha Cluster padrão ou um modelo apropriado para sua carga de trabalho.

  4. Configure o cluster como quiser.

  5. Clique em Edição avançada do pool de nós padrão. No menu suspenso Tipo de disco de inicialização, selecione Disco permanente padrão ou Disco permanente SSD.

  6. Clique em Salvar para fechar a sobreposição Edição avançada.

  7. Clique em Criar. O pool de nós padrão do cluster usa o tipo de disco de inicialização especificado.

Para criar um pool de nós com um disco de inicialização personalizado:

  1. Acesse o menu do Google Kubernetes Engine no console do GCP.

    Acessar o menu do Google Kubernetes Engine

  2. Selecione o cluster pretendido.

  3. No menu Pools de nós, clique em Adicionar pool de nós.

  4. Configure seu pool de nós como quiser.

  5. No menu suspenso Tipo de disco de inicialização, selecione Disco permanente padrão ou Disco permanente SSD.

  6. Clique em Criar.

Próximas etapas

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Kubernetes Engine