Visão geral de armazenamento

Há várias opções de armazenamento para aplicativos em execução no Google Kubernetes Engine. As escolhas variam em termos de flexibilidade e facilidade de uso. O Google Cloud Platform (GCP) oferece várias soluções de armazenamento especializadas para diferentes necessidades. Além disso, o Kubernetes fornece abstrações de armazenamento que você pode usar para oferecer armazenamento ao cluster.

Opções gerenciadas

As opções de armazenamento mais simples são os produtos de armazenamento gerenciados do Google Cloud Platform.

Se você precisar de um banco de dados, use o Google Cloud SQL, o Cloud Datastore ou o Cloud Spanner. Use o Google Cloud Storage para armazenamento de objetos. Armazene suas imagens particulares de contêiner do Docker no Container Registry.

Use o Cloud Filestore se seu aplicativo exigir um armazenamento conectado à rede (NAS, na sigla em inglês) que seja gerenciado. Para ter um armazenamento de arquivos compatível com POSIX, use um servidor de arquivos no Compute Engine. Se o aplicativo exigir armazenamento em blocos, use discos permanentes. É possível provisionar os discos permanentes manualmente ou permitir que o Kubernetes forneça os discos dinamicamente para você. Consulte “PersistentVolumes” abaixo.

Consulte o guia Como escolher uma opção de armazenamento para uma lista completa e uma comparação das soluções de armazenamento disponíveis no GCP.

Abstrações de armazenamento do Kubernetes

As abstrações de armazenamento do Kubernetes fornecem armazenamento baseado em sistema de arquivos e em blocos para seus pods. Elas não são usadas com bancos de dados gerenciados ou com o Cloud Storage.

Volumes
Os volumes são armazenamentos acessíveis aos contêineres em um pod. Alguns tipos de volumes são respaldados por armazenamento temporário e são úteis para armazenar informações de configuração e como espaço temporário para aplicativos. Outros tipos de volumes são respaldados por armazenamento durável.
PersistentVolumes
Volumes permanentes são recursos de cluster que os pods podem usar para armazenamento durável. O PersistentVolumesClaims pode ser usado para provisionar dinamicamente volumes permanentes respaldados por discos permanentes do Compute Engine para uso em seu cluster. Também é possível usar PersistentVolumeClaims para provisionar outros tipos de armazenamento de apoio como o NFS.
Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Kubernetes Engine