Como instalar o agente de operações em uma única VM

O agente de operações coleta registros e métricas em instâncias do Compute Engine, enviando registros para o Cloud Logging e métricas para o Cloud Monitoring.

Antes de começar

Para instalar o agente, verifique se você tem os seguintes itens:

Como instalar o agente em uma única VM

Para instalar o agente, use as instruções a seguir.

Como instalar a versão mais recente do agente de operações

Para instalar a versão mais recente do agente, conclua as etapas a seguir.

Linux

  1. Abra uma conexão de terminal com a instância de VM usando SSH ou uma ferramenta semelhante e verifique se você tem acesso a sudo.

  2. Altere para um diretório em que você tenha acesso de gravação, como seu diretório principal.

  3. Execute:

    curl -sSO https://dl.google.com/cloudagents/add-google-cloud-ops-agent-repo.sh
    sudo bash add-google-cloud-ops-agent-repo.sh --also-install
    

Windows

  1. Conecte-se à sua instância usando o RDP ou uma ferramenta semelhante e faça login no Windows.

  2. Abra um terminal do PowerShell com privilégios de administrador. Para isso, clique com o botão direito do mouse no ícone do PowerShell e selecione Executar como administrador.

  3. Execute os seguintes comandos do PowerShell:

    (New-Object Net.WebClient).DownloadFile("https://dl.google.com/cloudagents/add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1", "${env:UserProfile}\add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1")
    Invoke-Expression "${env:UserProfile}\add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1 -AlsoInstall"
    

Como instalar uma versão específica do agente

Para instalar uma versão específica do agente, conclua as etapas a seguir.

Linux

  1. Abra uma conexão de terminal com a instância de VM usando SSH ou uma ferramenta semelhante e verifique se você tem acesso a sudo.

  2. Altere para um diretório em que você tenha acesso de gravação, como seu diretório principal.

  3. Faça o download do script de instalação do agente:

    curl -sSO https://dl.google.com/cloudagents/add-google-cloud-ops-agent-repo.sh
    

    Ao executar o script add-google-cloud-ops-agent-repo.sh, também é possível definir as seguintes sinalizações:

    • --verbose: ativa o registro detalhado durante a execução do script.
    • --also-install: instala o agente após adicionar o repositório de pacotes.
    • --version: define a versão do agente a ser instalada pelo script.
    • --uninstall: desinstala o agente.
    • --remove-repo: remove o repositório do pacote do agente correspondente depois de instalar ou desinstalar o agente.
    • --dry-run: aciona apenas uma simulação da execução do script e imprime os comandos que ele precisa executar.
    • --uninstall-standalone-logging-agent: desinstala o agente do Logging legado (StackdriverLogging).
    • --uninstall-standalone-monitoring-agent: desinstala o agente legado do Monitoring (StackdriverMonitoring).

    Consulte os comentários do script para mais informações e exemplos de uso.

  4. Adicione o repositório de pacotes do agente e instale-o:

    1. Para listar as versões disponíveis do agente para selecionar qual versão instalar, consulte Como listar todas as versões do agente.

    2. Para ambientes de produção, talvez você queira fixar em uma versão principal para evitar instalar versões principais que podem incluir mudanças incompatíveis com versões anteriores. Para fixar em uma versão principal, execute:

      sudo bash add-google-cloud-ops-agent-repo.sh --also-install \
        --version=MAJOR_VERSION.*.*
      

      Por exemplo, para fixar no 1.x.x do agente, execute:

      sudo bash add-google-cloud-ops-agent-repo.sh --also-install \
        --version=1.*.*
      
    3. Para instalar uma versão específica do agente, execute:

      sudo bash add-google-cloud-ops-agent-repo.sh --also-install \
        --version=MAJOR_VERSION.MINOR_VERSION.PATCH_VERSION
      

Exclua o script de instalação depois que ele for executado com sucesso.

  • Para verificar se o agente está funcionando conforme o esperado, execute:

    sudo systemctl status google-cloud-ops-agent"*"
    

    O status do agente deve ser OK.

Se você tiver problemas com a instalação, consulte a página Solução de problemas.

Windows

  1. Conecte-se à sua instância usando o RDP ou uma ferramenta semelhante e faça login no Windows.

  2. Abra um terminal do PowerShell com privilégios de administrador. Para isso, clique com o botão direito do mouse no ícone do PowerShell e selecione Executar como administrador.

  3. Faça o download do script de instalação do agente:

    (New-Object Net.WebClient).DownloadFile("https://dl.google.com/cloudagents/add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1", "${env:UserProfile}\add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1")
    

    Ao executar o script add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1, também é possível definir as seguintes sinalizações:

    • -Verbose: ativa o registro detalhado durante a execução do script.
    • -AlsoInstall: instala o agente após adicionar o repositório de pacotes.
    • -Version: define a versão do agente a ser instalada pelo script.
    • -Uninstall: desinstala o agente.
    • -RemoveRepo: remove o repositório do pacote do agente correspondente depois de instalar ou desinstalar o agente.
    • -WhatIf: aciona apenas uma simulação da execução do script e imprime os comandos que ele precisa executar.
    • -UninstallStandaloneLoggingAgent: desinstala o agente do Logging legado (StackdriverLogging).
    • -UninstallStandaloneMonitoringAgent: desinstala o agente legado do Monitoring (StackdriverMonitoring).

    Consulte os comentários do script para mais informações e exemplos de uso.

  4. Adicione o repositório de pacotes do agente e instale-o:

    1. Para listar as versões disponíveis do agente para selecionar qual versão instalar, consulte Como listar todas as versões do agente.

    2. Para ambientes de produção, talvez você queira fixar em uma versão principal para evitar instalar versões principais que podem incluir mudanças incompatíveis com versões anteriores. Para fixar em uma versão principal, execute:

      Invoke-Expression "${env:UserProfile}\add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1 -AlsoInstall -Version MAJOR_VERSION.*.*"
      

      Por exemplo, para fixar no 1.xx do agente, execute:

      Invoke-Expression "${env:UserProfile}\add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1 -AlsoInstall -Version 1.*.*"
      
    3. Para instalar uma versão específica do agente, execute:

      Invoke-Expression "${env:UserProfile}\add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1 -AlsoInstall -Version version-number"
      

      Exemplo:

      Invoke-Expression "${env:UserProfile}\add-google-cloud-ops-agent-repo.ps1 -AlsoInstall -Version 1.0.1"
      

Exclua o script de instalação depois que ele for executado com sucesso.

  • Para verificar se o agente está funcionando conforme o esperado, execute:

    Get-Service google-cloud-ops-agent
    

    O status do agente precisa ser Running.

Se você tiver problemas com a instalação, consulte a página Solução de problemas.

Tarefas opcionais

Veja nesta seção como executar tarefas comuns de manutenção.

Como configurar um proxy HTTP

Se você usa um proxy HTTP para representar solicitações de proxy para as APIs Logging e Monitoring, faça o seguinte:

Linux

  1. Edite o seguinte arquivo de configuração (crie o arquivo, se ele ainda não existir):

     /etc/systemd/system.conf
    
  2. Adicione o seguinte ao arquivo:

     DefaultEnvironment="HTTP_PROXY=http://proxy-ip:proxy-port" "HTTPS_PROXY=http://proxy-ip:proxy-port" "NO_PROXY=http://metadata.google.internal"  # Skip proxy for the local Metadata Server.
    
  3. Atualize as variáveis de ambiente:

     sudo systemctl daemon-reload
    
  4. Reinicie o agente executando o comando a seguir na instância de VM:

     sudo systemctl restart google-cloud-ops-agent.target
    

Windows

  1. Se você usar um proxy HTTP, gere o comando a seguir em um prompt de comando de administrador. Isso define as variáveis de ambiente HTTP_PROXY e HTTPS_PROXY para que o agente possa enviar dados ao Monitoring usando HTTPS de saída:

    setx HTTP_PROXY http://proxy-ip:proxy-port /m
    setx HTTPS_PROXY http://proxy-ip:proxy-port /m
    setx no_proxy metadata.google.internal /m
    

Como determinar a versão do agente

Para determinar a versão do agente do Monitoring no sistema, execute os seguintes comandos na instância de VM:

CENTOS/RHEL

Execute o seguinte comando nos sistemas Linux Red Hat ou CentOS:

rpm --query --queryformat '%{NAME} %{VERSION} %{RELEASE} %{ARCH}\n' \
     google-cloud-ops-agent

DEBIAN/UBUNTU

Execute este comando no Debian ou no Ubuntu:

dpkg-query --show --showformat \
    '${Package} ${Version} ${Architecture} ${Status}\n' \
     google-cloud-ops-agent

SLES/SUSE

Execute o comando a seguir no SUSE:

rpm --query --queryformat '%{NAME} %{VERSION} %{RELEASE} %{ARCH}\n' \
     google-cloud-ops-agent

Windows

Execute o comando a seguir no Windows:

googet installed google-cloud-ops-agent

Como reiniciar o agente

Você precisa reiniciar o agente do Monitoring para selecionar as alterações nos arquivos de configuração. Para reiniciar o agente, use as instruções a seguir.

LINUX

Execute o seguinte comando na instância:

 sudo service google-cloud-ops-agent restart

Windows

  1. Conecte-se à sua instância usando o RDP ou uma ferramenta semelhante e faça login no Windows.

  2. Abra um terminal do PowerShell com privilégios de administrador. Para isso, clique com o botão direito do mouse no ícone do PowerShell e selecione Executar como administrador.

  3. Execute o seguinte comando do PowerShell:

Restart-Service google-cloud-ops-agent -Force

Como atualizar o agente

Para atualizar o agente do Monitoring para a versão mais recente, siga estas instruções:

Linux

Para fazer upgrade do agente para a versão mais recente, execute o comando abaixo:

sudo bash add-google-cloud-ops-agent-repo.sh --also-install

Para fazer upgrade do agente para a versão pontual mais recente de uma versão principal específica, execute o comando abaixo:

sudo bash add-google-cloud-ops-agent-repo.sh --also-install \
  --version=MAJOR_VERSION.*.*

Windows

Para fazer upgrade para a versão mais recente do agente:

  1. Conecte-se à sua instância usando o RDP ou uma ferramenta semelhante e faça login no Windows.

  2. Abra um terminal do PowerShell com privilégios de administrador. Para isso, clique com o botão direito do mouse no ícone do PowerShell e selecione Executar como administrador.

    Copy-Item -Path "C:\Program Files\Google\Cloud Operations\Ops Agent\config\config.yaml" -Destination "C:\Program Files\Google\Cloud Operations\Ops Agent\config\config.bak"
    
  3. Execute os seguintes comandos do PowerShell para remover o agente instalado e executar o comando de instalação:

    googet -noconfirm remove google-cloud-ops-agent
    googet -noconfirm install google-cloud-ops-agent
    

Como listar todas as versões do agente

Para listar as versões disponíveis do agente, execute o seguinte comando:

CENTOS/RHEL

Liste as versões disponíveis do agente:

sudo yum list --showduplicates google-cloud-ops-agent

DEBIAN/UBUNTU

Liste as versões disponíveis do agente:

sudo apt-cache madison google-cloud-ops-agent

SLES/SUSE

Liste as versões disponíveis do agente:

sudo zypper search -s google-cloud-ops-agent

WINDOWS

Liste as versões disponíveis do agente:

googet available google-cloud-ops-agent

Como desinstalar o agente

Para remover o agente do Monitoring e os respectivos arquivos de configuração, use as instruções a seguir.

Depois de desinstalar o agente, o Console do Google Cloud pode levar até uma hora para informar essa alteração.

Linux

Execute este comando:

sudo bash add-google-cloud-ops-agent-repo.sh --uninstall

Windows

Para desinstalar o agente de operações, siga estas etapas:

  1. Conecte-se à sua instância usando o RDP ou uma ferramenta semelhante e faça login no Windows.

  2. Abra um terminal do PowerShell com privilégios de administrador. Para isso, clique com o botão direito do mouse no ícone do PowerShell e selecione Executar como administrador.

  3. Execute o seguinte comando do PowerShell:

    googet -noconfirm remove google-cloud-ops-agent
    

VMs sem acesso ao pacote remoto

A instalação do agente do Monitoring requer acesso a repositórios de pacotes remotos, tanto para o pacote do agente quanto para as dependências (no Linux).

Se você estiver usando o VPC-SC ou uma rede privada, a configuração da rede também poderá afetar a instalação de dependências do agente a partir de repositórios upstream. Os próprios pacotes de agente podem ser acessados usando o Acesso privado do Google.

Se a política de segurança da VM host negar o acesso aos repositórios de pacotes remotos, recomendamos criar uma imagem de VM personalizada com o agente pré-instalado e desativar o gerenciamento de pacotes nessa imagem.

A seguir