Como configurar o Cloud Monitoring

O Cloud Monitoring ajuda você a ganhar visibilidade do desempenho, da disponibilidade e da integridade de seus aplicativos e infraestrutura. É possível usar o Cloud Monitoring e outras partes do pacote de operações do Google Cloud para monitorar, solucionar problemas e operar serviços em grande escala. Para encaminhar métricas para o Cloud Monitoring, defina coletores, fontes e destinos no BindPlane, uma solução fornecida pelo parceiro do Monitoring, Blue Medora.

Para mais detalhes sobre essa integração, consulte Sobre a Blue Medora.

Você define a configuração do encaminhamento de métricas separadamente para cada nuvem privada. Depois de ativar o encaminhamento de métricas, você poderá vê-las no explorador de métricas do Cloud Monitoring. Os tipos de recursos e métricas do VMware Engine começam com external.googleapis.com/bluemedora/generic_node.

Antes de começar

Nas etapas deste documento, presumimos que você fará o seguinte:

Como ativar o encaminhamento de métricas

O processo de ativação do encaminhamento de métricas consiste nas seguintes etapas:

  1. Como instalar o coletor do BindPlane
  2. Como configurar a origem do BindPlane
  3. Como configurar os destinos do BindPlane

Instalar o coletor do BindPlane

Conecte-se à VM e instale o coletor do BindPlane usando um script fornecido pela interface do BindPlane:

  1. Faça login na interface do BindPlane.
  2. Acesse Métricas > Coletor.
  3. Clique em Adicionar coletor.
  4. Na seção Escolher plataforma, selecione o SO que corresponde à VM do coletor que você criou.
  5. Copie o script gerado que ativa o coletor.
  6. Conecte-se à VM do coletor e execute o script na linha de comando da VM.

    Quando o script for executado com êxito, ele retornará uma mensagem semelhante a esta:

    A linha de comando retorna uma mensagem de configuração de instalação durante a instalação do coletor do BindPlane.

  7. Quando solicitado, aceite as configurações padrão do coletor e aprove outras configurações conforme necessário.

Configurar a origem do BindPlane

Depois de instalar o coletor, configure-o para coletar métricas da nuvem privada:

  1. Na interface do BindPlane, acesse Métricas > Origens.
  2. Clique em Adicionar origem.
  3. Em Tipo de origem, selecione VMware vCenter.
  4. Na página exibida, selecione o coletor que você configurou anteriormente.
  5. Insira um nome de exibição para sua origem do vCenter. Por exemplo, é possível dar a ele o nome da nuvem privada que você pretende monitorar.
  6. No campo Host, especifique o appliance do vCenter Server usando informações da guia Rede de gerenciamento do vSphere da nuvem privada no VMware Engine:
    • Ao fornecer um endereço IP, selecione Não verificar na lista suspensa Configuração SSL.
    • Ao fornecer um FQDN, configure a VM do coletor para usar o servidor DNS da nuvem privada como servidor DNS.
  7. No campo Credenciais, insira as credenciais de login do vCenter para sua nuvem privada. Use uma conta do vCenter no grupo de usuários Cloud-Owner-Group pré-criado.
  8. Clique em Testar conexão para verificar a conexão entre o coletor e a nuvem privada.
  9. Clique em Adicionar para concluir o processo.

Configurar o destino do BindPlane

Para ativar o encaminhamento de dados do BindPlane para o Cloud Monitoring, especifique uma conta de serviço do seu projeto do Google Cloud no BindPlane.

Se você não tiver criado uma conta de serviço para a integração do BindPlane, faça o seguinte para criar uma:

  1. No Console do Google Cloud, acesse IAM e administrador > Contas de serviço.

    Acessar a página "Contas de serviço"

  2. Clique em Criar conta de serviço.

  3. Insira um nome, um ID e uma descrição para a conta do serviço. Recomendamos que você anote a conta usada na integração do BindPlane.

  4. Clique em Criar.

  5. Em Papel, selecione Administrador do Monitoring.

  6. Clique em Continuar.

  7. Clique em Concluído.

Recupere a chave da conta de serviço para poder usá-la ao configurar seu destino do BindPlane:

  1. No Console do Google Cloud, acesse IAM e administrador > Contas de serviço.

    Acessar a página "Contas de serviço"

  2. Encontre sua conta de serviço na lista.

  3. Na coluna Ações, clique no menu de ações da conta de serviço e selecione Gerenciar chaves.

  4. Clique em Adicionar chave e selecione Criar nova chave.

  5. Selecione o tipo de chave JSON e clique em Criar.

  6. Abra o arquivo JSON gerado e copie todo o conteúdo dele.

Conclua a configuração do destino do BindPlane usando a conta de serviço e a chave:

  1. Na interface do BindPlane, acesse Métricas > Destinos.
  2. Clique em Adicionar novo destino.
  3. Em Tipo, selecione Google Cloud Monitoring.
  4. Digite um nome de exibição para o destino que você quer enviar dados do BindPlane. Esse nome é usado ao se referir ao projeto do Cloud no BindPlane.
  5. No campo Credenciais do aplicativo, cole a chave JSON que você gerou na conta de serviço.
  6. Clique em Testar conexão para verificar a conexão entre o BindPlane e seu projeto do Cloud.
  7. Clique em Adicionar para concluir a configuração do destino.

Painéis do Cloud Monitoring

Depois de ativar o encaminhamento de métricas, instale painéis predefinidos para o VMware Engine. Esses painéis fornecem informações agregadas em todas as fontes do BindPlane especificadas:

  • Painel de visão geral: visualização de alto nível que lista os principais recursos, como data centers, clusters e VMs.
  • Painel de contenção: utilização de recursos para armazenamento, CPU, memória e rede para ajudar você a localizar as principais VMs e hosts por demanda de recursos.

As definições desses painéis estão armazenadas no GitHub. Para ver as etapas de instalação ou visualização dos seus painéis, consulte Instalar painéis de amostra.

Alertas do Cloud Monitoring

Use as métricas da integração do BindPlane para acionar alertas e notificações com base em limites personalizados e incidentes. Por exemplo, é possível fazer com que o Cloud Monitoring envie uma notificação por SMS quando alguém criar uma nova VM na nuvem privada.

Para saber mais detalhes, consulte Introdução aos alertas.