IIS

A integração de Serviços de Informações da Internet coleta telemetria dos servidores web do IIS. As métricas fornecem informações de conexão e dados sobre bytes transferidos. A integração também coleta informações de registros de acesso.

Para mais informações sobre o IIS, consulte a documentação dos serviços de informações da Internet (em inglês).

Antes de começar

O agente de operações versão 2.15.0 apresenta compatibilidade com um novo conjunto de métricas IIS usando o prefixo workload.googleapis.com/. Configure o agente para coletar essas métricas, conforme descrito em configuração de exemplo.

O agente de operações sempre foi compatível com um conjunto limitado de métricas do IIS. Essas métricas usam o prefixo agent.googleapis.com/iis/. Nenhuma outra configuração é necessária para coletar essas métricas nas VMs do Windows.

Este documento refere-se às métricas com prefixo agent como métricas v1 e às métricas com prefixo workload como métricas v2. Para ver as tabelas dessas métricas, consulte O que é monitorado.

A partir do agente de operações versão 2.15.0, é possível configurar o agente para coletar métricas v1, métricas v2 ou ambas.

Prerequisites

Para coletar a telemetria do IIS, instale o agente de operações:

  • Para as métricas v1, instale a versão 1.0.0 ou posterior.
  • Para as métricas v2, instale a versão 2.15.0 ou posterior.
  • Para registros, instale a versão 2.14.0 ou posterior.

Essa integração é compatível com IIS versões 8.5 e 10.0.

Configurar o agente de operações para IIS

Seguindo o guia para configurar o Agente de operações, adicione os elementos necessários para coletar a telemetria das instâncias do IIS e reinicie o agente.

Exemplo de configuração

O comando a seguir cria a configuração para coletar e ingerir a telemetria para o IIS e reinicia o agente de operações.

# This config gets merged with the built-in Ops Agent config, which already
# includes the v1 receiver in the default pipeline.
# Because the v2 receiver here uses a unique ID, it does not overwrite
# the default receiver and so both receivers will be active simultaneously
# during the test.

Add-Content 'C:\Program Files\Google\Cloud Operations\Ops Agent\config\config.yaml' "
metrics:
  receivers:
    iis_v2:
      type: iis
      receiver_version: 2
  service:
    pipelines:
      iispipeline:
        receivers:
          - iis_v2
logging:
  receivers:
    iis_access:
      type: iis_access
  service:
    pipelines:
      iis:
        receivers:
        - iis_access
"

Stop-Service google-cloud-ops-agent -Force
Start-Service google-cloud-ops-agent* 

Esse receptor é compatível apenas com o formato de geração de registros padrão do W3C.

Configurar a coleta de registros

Para ingerir registros de acesso do IIS, crie receptores para os registros e um pipeline para os novos receptores.

iis_accessPara configurar um receptor para os registros , especifique os seguintes campos:

Campo Padrão Descrição
exclude_paths [] Uma lista de padrões de caminho do sistema de arquivos a serem excluídos do conjunto correspondente a include_paths.
include_paths ['C:\inetpub\logs\LogFiles\W3SVC1\u_ex*'] Uma lista de caminhos do sistema de arquivos a serem lidos acompanhando cada arquivo. Um caractere curinga (*) pode ser usado nos caminhos. por exemplo, C:\inetpub\logs\LogFiles\W3SVC1\u_ex*.
type O valor precisa ser iis_access.
wildcard_refresh_interval 60s O intervalo em que os caminhos de arquivos curinga no include_paths são atualizados. Especificado como intervalo de tempo da parsable time.ParseDuration, por exemplo, 30s ou 2m. Essa propriedade pode ser útil com capacidades de registro altas em que os arquivos de registro são alternados mais rapidamente do que o intervalo padrão.

O que é registrado

O logName é derivado dos IDs do receptor especificados na configuração. Os campos detalhados dentro de LogEntry são os seguintes.

Os registros iis_access contêm os seguintes campos no LogEntry:

Campo Tipo Descrição
httpRequest.referer string Conteúdo do cabeçalho Referer
httpRequest.remoteIp string O IP do cliente que fez a solicitação
httpRequest.requestMethod string Método HTTP
httpRequest.requestUrl string URL da solicitação (normalmente apenas a parte do caminho do URL)
httpRequest.serverIp string O IP e a porta do servidor solicitados
httpRequest.status number Código de status HTTP
httpRequest.userAgent string Conteúdo do cabeçalho User-Agent
jsonPayload.sc_substatus number O código de erro do substatus
jsonPayload.sc_win32_status number Código de status do Windows
jsonPayload.time_taken number Período em que a ação levou, em milissegundos
jsonPayload.user string Nome de usuário autenticado da solicitação
timestamp string (Timestamp) Hora em que a solicitação foi recebida

Configurar a coleta de métricas v1

O agente de operações em uma VM do Microsoft Windows coleta automaticamente as métricas do IIS v1. Não é preciso fazer nenhuma configuração adicional. Para mais informações sobre como coletar apenas métricas v2, consulte Configurar a coleta de métricas v2.

Depois que você configura uma nova instância do IIS, o IIS pode não informar nenhuma métrica imediatamente. No Console do Gerenciador de servidores instalado no Windows Server, talvez você veja o status On-line – Contadores de desempenho não iniciados na coluna "Capacidade de gerenciamento".

Uma maneira de permitir que o IIS gere métricas é clicar com o botão direito do mouse no servidor IIS no console do Gerenciador de servidor e selecionar Iniciar contadores de desempenho. O servidor deverá começar a enviar métricas para o agente de operações.

Configurar a coleta de métricas v2

Para ingerir métricas v2 do IIS, crie receptores para as métricas que o IIS produz e, em seguida, crie um pipeline para os novos receptores.

Para configurar um receptor para suas métricas do iis, especifique os campos a seguir:

Campo Padrão Descrição
collection_interval 60 s Um valor de time.Duration, como 30s ou 5m.
receiver_version Versão das métricas coletadas; usar 2 para coletar métricas v2.
type Este valor precisa ser iis.

Por padrão, as métricas da v1 são coletadas automaticamente. É possível aumentar as métricas da v1 coletando mais métricas v2 ou modificá-las para coletar apenas as métricas da v2.

  • Para coletar somente métricas da v2, faça o seguinte:

    • Nomeie seu receptor iis.
    • Defina o campo type como iis
    • Defina o campo receiver_version como 2
    • Use esse receptor no pipeline default_pipeline. Essa configuração substitui a configuração integrada do receptor iis.
  • Para coletar as métricas v1 e v2, faça o seguinte:

    • Dê ao receptor um nome diferente de iis, como iis_v2.
    • Defina o campo type como iis
    • Defina receiver_version como 2.
    • Use esse receptor no novo pipeline. Essa configuração adiciona um receptor v2 em vez de substituir o destinatário integrado. O script em configuração de exemplo usa essa abordagem.

O que é monitorado?

A partir da versão 2.15.0, o agente de operações pode coletar dois conjuntos diferentes de métricas:

  • As métricas da v1: agent.googleapis.com/iis/.
  • As métricas da v2: workload.googleapis.com/.
Métricas da V1

A tabela a seguir fornece a lista de métricas da v1 que o agente de operações coleta da instância do IIS.

As strings "tipo de métrica" nesta tabela precisam ser prefixadas com agent.googleapis.com/iis/. Esse prefixo foi omitido das entradas na tabela.

Tipo de métrica Etapa do lançamento
Nome de exibição
Classe, Tipo, Unidade
Recursos monitorados
Descrição
Rótulos
current_connections GA
Conexões abertas do IIS
GAUGEDOUBLE1
aws_ec2_instance, gce_instance
Conexões abertas no IIS no momento. Amostras coletadas a cada 60 segundos.
network/transferred_bytes_count GA
Bytes transferidos do IIS
CUMULATIVEINT64By
aws_ec2_instance, gce_instance
Bytes de rede transferidos pelo IIS. Amostras coletadas a cada 60 segundos.
direction: Direção (enviada, recebida)
new_connection_count GA
Conexões do IIS
CUMULATIVEINT641
aws_ec2_instance, gce_instance
Conexões abertas no IIS. Amostras coletadas a cada 60 segundos.
request_count GA
Solicitações IIS
CUMULATIVEINT641
aws_ec2_instance, gce_instance
Solicitações feitas ao IIS. Amostras coletadas a cada 60 segundos.
http_method: método HTTP (post, put, get, delete, option, trace, head)

Tabela gerada em 16-06-2022 19:56:21 UTC.

Métricas da V2

A tabela a seguir fornece a lista de métricas da v2 que o agente de operações coleta da instância do IIS.

Tipo de métrica 
Tipo, tipo
Recursos monitorados
Rótulos
workload.googleapis.com/iis.request.count
CUMULATIVEINT64
gce_instance
request
workload.googleapis.com/iis.request.rejected
CUMULATIVEINT64
gce_instance
 
workload.googleapis.com/iis.request.queue.count
GAUGEINT64
gce_instance
 
workload.googleapis.com/iis.request.queue.age.max
GAUGEINT64
gce_instance
 
workload.googleapis.com/iis.network.file.count
CUMULATIVEINT64
gce_instance
direction
workload.googleapis.com/iis.network.blocked
CUMULATIVEINT64
gce_instance
 
workload.googleapis.com/iis.network.io
CUMULATIVEINT64
gce_instance
direction
workload.googleapis.com/iis.connection.attempt.count
CUMULATIVEINT64
gce_instance
 
workload.googleapis.com/iis.connection.active
GAUGEINT64
gce_instance
 
workload.googleapis.com/iis.connection.anonymous
CUMULATIVEINT64
gce_instance
 
workload.googleapis.com/iis.thread.active
GAUGEINT64
gce_instance
 
workload.googleapis.com/iis.uptime
GAUGEINT64
gce_instance
 

Amostra de painel

Para visualizar as métricas do IIS, é necessário ter um gráfico ou painel configurado. O Cloud Monitoring fornece uma biblioteca de painéis de amostra para integrações, que contêm gráficos pré-configurados. Para informações sobre a instalação desses painéis, consulte Como instalar painéis de amostra.

Verificar a configuração

Nesta seção, descrevemos como verificar se você configurou corretamente o receptor do IIS. Pode levar um ou dois minutos para que o agente de operações comece a coletar telemetria.

Para verificar se os registros foram ingeridos, acesse o Explorador de registros e execute a seguinte consulta para ver os registros do IIS:

resource.type="gce_instance"
logName=("projects/PROJECT_ID/logs/iis_access")

Para verificar se as métricas foram ingeridas, acesse o Explorador de métricas e execute uma das seguintes consultas na guia MQL:

  • Para métricas da v1:

    fetch gce_instance
    | metric 'agent.googleapis.com/iis/request_count'
    | every 1m
    
  • Para métricas da v2:

    fetch gce_instance
    | metric 'workload.googleapis.com/iis.request.count'
    | every 1m
    

A seguir

Para ver um tutorial sobre como usar o Ansible para instalar o agente de operações, configurar um aplicativo de terceiros e instalar um painel de amostra, consulte o vídeo Instalação do agente de operações para resolver problemas de aplicativos de terceiros.