Cloud Load Balancing

Balanceamento de carga escalonável e de alto desempenho no Google Cloud Platform.

Consulte a documentação do produto.

Balanceamento de carga e escalonamento automático no mundo todo

Escalone totalmente seus aplicativos no Compute Engine com o Cloud Load Balancing, sem a necessidade de pré-aquecimento. Distribua seus recursos de computação com balanceamento de carga em uma ou várias regiões, perto dos seus usuários, para atender às necessidades de alta disponibilidade. O Cloud Load Balancing pode colocar seus recursos em um único IP anycast e escaloná-los vertical ou horizontalmente com o escalonamento automático inteligente. O Cloud Load Balancing é oferecido em diversas opções e é integrado ao Cloud CDN para otimizar a entrega de aplicativos e o envio de conteúdo.

Balanceamento de carga global com um único IP anycast

Com o Cloud Load Balancing, um único IP anycast serve de front-end para todas as instâncias de back-end em várias regiões do mundo. Ele oferece balanceamento de carga entre regiões com failover automático multirregional, que redireciona o tráfego em frações de modo suave caso a integridade dos back-ends seja comprometida. Ao contrário das soluções de balanceamento de carga global baseadas em DNS, o Cloud Load Balancing reage instantaneamente a alterações de usuários, tráfego, rede, integridade do back-end e outras condições relacionadas.

Balanceamento de carga definido por software

O Cloud Load Balancing é um serviço totalmente gerenciado, distribuído e definido por software para todo o seu tráfego. Como não se trata de uma solução baseada em dispositivos ou instâncias, você não ficará preso a uma infraestrutura física de balanceamento de carga nem enfrentará os desafios de alta disponibilidade, escalonamento e gerenciamento próprios desses tipos de solução. É possível aplicar o Cloud Load Balancing a todo o tráfego: HTTP(S), TCP/SSL e UDP. Também é possível encerrar o tráfego SSL com balanceamento de carga HTTPS e proxy SSL.

Mais de um milhão de consultas por segundo

O Cloud Load Balancing foi criado na mesma infraestrutura de serviços de front-end usada pelo Google. Ele aceita mais de um milhão de consultas por segundo, com níveis consistentes de alto desempenho e baixa latência. O tráfego para o Cloud Load Balancing é recebido de mais 80 locais de balanceamento de carga globais diferentes. Isso maximiza a distância percorrida no backbone da rede particular rápida do Google.

Escalonamento automático sem interrupções

O Cloud Load Balancing pode ser escalonado com base no aumento do tráfego e do número de usuários para facilitar o gerenciamento de grandes picos instantâneos e inesperados, encaminhando o tráfego para outras regiões do mundo que podem lidar com ele. O escalonamento automático não exige pré-aquecimento. Você pode ir do zero à potência máxima em segundos.

Balanceamento de carga interno

O balanceamento de carga interno permite criar serviços internos escalonáveis e altamente disponíveis para suas instâncias internas de clientes, sem que seus balanceadores de carga fiquem expostos na Internet. O balanceamento de carga interno do GCP foi arquitetado com o uso do Andromeda (em inglês), a plataforma de virtualização de rede definida por software do Google. Além disso, esse recurso também é compatível com clientes em VPN.

Suporte para protocolos modernos

O Cloud Load Balancing inclui suporte para os protocolos de entrega de aplicativos mais recentes. Além de aceitar HTTP/2 com gRPC ao se conectar a back-ends, é a primeira das principais nuvens públicas a oferecer suporte a QUIC para que nossos balanceadores de carga HTTPS forneçam uma configuração de sessão mais rápida, o que proporciona aos clientes uma experiência de aplicativo mais responsiva.

Recursos

Balanceamento de carga HTTP(S)

O balanceamento de carga HTTP(S) pode equilibrar o tráfego HTTP e HTTPS entre várias instâncias de back-end, em diversas regiões. Todo o seu app é disponibilizado por meio de um endereço IP global único, resultando em uma configuração de DNS simplificada. O balanceamento de carga HTTP(S) é escalonável, tolerante a falhas, não exige pré-aquecimento e permite balancear cargas com base no conteúdo. Para tráfego HTTPS, ele oferece terminação SSL e balanceamento de carga.

Cloud Logging

O Cloud Logging registra todas as solicitações de balanceamento de carga enviadas ao seu balanceador. Esses registros podem ser usados para depurar e analisar o tráfego dos seus usuários. É possível ver os registros de solicitação e exportá-los para o Cloud Storage, o BigQuery ou o Cloud Pub/Sub para fins de análise.

Balanceamento de carga TCP/SSL

O balanceamento de carga TCP pode distribuir o tráfego TCP por um pool de instâncias em uma região do Compute Engine. Ele é escalonável e não exige pré-aquecimento, e as verificações de integridade garantem que só as instâncias íntegras recebam tráfego. O proxy SSL oferece terminação SSL para seu tráfego não HTTPS com balanceamento de carga.

Escalonamento automático sem interrupções

O escalonamento automático ajuda seus aplicativos a processar aumentos de tráfego de maneira prática, além de reduzir o custo quando há menor necessidade de recursos. Basta definir a política de escalonamento automático, e o escalonador realiza o procedimento com base na carga avaliada. Não é necessário pré-aquecimento, ou seja, vá do zero à potência máxima em segundos.

Descarregamento de SSL

O descarregamento de SSL permite gerenciar de maneira centralizada certificados SSL e descriptografia. É possível ativar a criptografia entre a camada de balanceamento de carga e os back-ends para garantir o mais alto nível de segurança, com alguma sobrecarga adicional para o processamento em back-ends.

Verificações de integridade de alta fidelidade

As verificações de integridade garantem que a carga das conexões novas seja distribuída somente para back-ends íntegros que estejam prontos para recebê-la. Com verificações de integridade de alta fidelidade, as sondagens simulam o tráfego real para os back-ends.

Compatibilidade com recursos avançados

O Cloud Load Balancing também inclui recursos de suporte avançados, como balanceamento de carga global por IPv6, WebSockets, cabeçalhos de solicitação definidos pelo usuário e encaminhamento de protocolo para VIPs particulares.

Afinidade

A afinidade do Cloud Load Balancing permite direcionar e fixar o tráfego de usuários em instâncias de back-end específicas.

Integração com o Cloud CDN

Basta marcar uma única caixa de seleção para ativar o balanceamento de carga HTTP(S) no Cloud CDN e otimizar a entrega de aplicativos aos usuários.

Balanceamento de carga UDP

O balanceamento de carga UDP pode distribuir o tráfego UDP por um pool de instâncias em uma região do Compute Engine. Ele é escalonável e não exige pré-aquecimento, e as verificações de integridade garantem que só as instâncias íntegras recebam tráfego.

O balanceamento de carga do Google Cloud Platform simplifica nossa implantação e oferece o escalonamento e a alta disponibilidade de que precisamos. Podemos processar facilmente 150 mil solicitações por segundo, sem a necessidade de pré-aquecimento ou preparação. Isso fez uma diferença enorme em relação ao tempo que precisávamos dispor na configuração de um hardware próprio para o balanceamento de carga.

Arnaud Granal, CTO da Adcash

Recursos

Preços

Os preços de todas as opções do Cloud Load Balancing seguem as mesmas taxas por volume de processamento de dados e hora de serviço. Saiba mais.

Próximas etapas

Ganhe US$ 300 em créditos para aprender e criar no Google Cloud por até 12 meses.

Faça uma avaliação gratuita
Precisa de ajuda para começar?
Trabalhe com um parceiro confiável
Continue navegando