Ir para

O que é o OpenTelemetry?

Como desenvolvedor, operador de TI, engenheiro de DevOps ou SRE (engenharia de confiabilidade do site, na sigla em inglês), você é responsável pelo desempenho e pela integridade dos aplicativos que você cria ou opera. As informações que você usará para determinar se um aplicativo está íntegro e com desempenho conforme projetado são chamadas de dados de telemetria. Os provedores de tecnologia criaram agentes para coletar dados de telemetria. No entanto, esses agentes podem vinculá-los a esses provedores. O OpenTelemetry cria um padrão aberto único para dados de telemetria e a tecnologia para coletar e exportar dados de aplicativos nativos da nuvem para que possam ser monitorados e analisados.

Saiba como o OpenTelemetry funciona com o pacote de operações do Google Cloud para monitorar e analisar aplicativos e infraestrutura nativos da nuvem em execução no Google Cloud.

Visão geral do OpenTelemetry

O OpenTelemetry fornece um padrão de código aberto único e um conjunto de tecnologias para capturar e exportar métricas, traces e registros (no futuro) dos seus aplicativos e infraestrutura nativos da nuvem.

Aplicativos modernos nativos da nuvem são distribuídos, o que dificulta a captura e a exportação dos dados de telemetria. O conjunto único de padrões e ferramentas tecnológicas do OpenTelemetry facilita a captura e exportação de dados para fornecedores de tecnologia participantes ou projetos de código aberto.

Para que o OpenTelemetry é usado?

O OpenTelemetry pode ser usado para resolver problemas comuns encontrados em organizações que executam aplicativos nativos da nuvem em sistemas distribuídos.

Monitorar a integridade dos aplicativos de microsserviços

Capture métricas e traces de aplicativos em sistemas distribuídos. Esses dados ajudam a entender se os aplicativos estão sendo executados conforme projetado.

Atribuir o uso de recursos a diferentes grupos de usuários

O OpenTelemetry ajuda você a capturar solicitações entre microsserviços para rastrear o uso de recursos dos sistemas compartilhados pelo grupo em que se originou.

Criar solicitações priorizadas entre recursos compartilhados

Crie solicitações em camadas nos seus aplicativos, garantindo que, quando as solicitações concorrentes atingirem os recursos compartilhados, elas poderão ser priorizadas corretamente. 

Traces, métricas e registros capturados (em breve) podem ser enviados para o conjunto de operações do Google Cloud, como: Google Cloud Monitoring e Cloud Trace, ferramentas de código aberto como o Prometheus ou back-ends como Splunk, New Relic, Dynatrace, Lightstep, Datadog e muitas outras. É possível exportar simultaneamente quantos destinos você quiser.

Além disso, os clientes do Google Cloud, incluindo as bibliotecas de cliente do Cloud Spanner, são integrados nativamente ao OpenTelemetry para proporcionar aos clientes uma experiência de gerenciamento ideal.