Esta página foi traduzida pela API Cloud Translation.
Switch to English

Colocação em zona automática do Dataproc

Ao criar um cluster do Dataproc, você pode usar um único endpoint “global” ou endpoints regionais com base nas zonas do Compute Engine. Se escolher uma região, você poderá selecionar uma zona dentro dessa região ou omitir a zona para que o recurso Zona automática do Dataproc selecione uma zona para você na região escolhida. Quando uma zona é selecionada, todos os nós desse cluster são implantados nela. O recurso Zona automática não está disponível quando você escolhe o endpoint global ou cria um cluster usando o Console do Cloud.

Como usar a colocação em zona automática

Comando gcloud

Para criar um cluster do Dataproc que use a colocação em zona automática, use o comando gcloud dataproc clusters create. Defina a sinalização --region para uma região não global e omita a sinalização --zone (ou deixe a sinalização em branco: --zone= ou zone="").

gcloud dataproc clusters create cluster-name \
    --region=region \
    --zone="" \
    other args ...

API REST

Para criar um cluster do Dataproc que use a colocação em zona automática, crie uma solicitação de API clusters.create JSON, deixando o campo gceClusterConfig.zoneUri vazio. No endpoint REST, https://dataproc.googleapis.com/v1/projects/projectId/regions/region/clusters, insira uma região não global. A Zona automática do Dataproc escolherá uma zona para o cluster dentro da região especificada.

Usar nomes de recursos curtos com colocação em zona automática: ao especificar um URI de recurso, como machineTypeUri ou acceleratorTypeUri, em uma solicitação de criação de cluster da API REST da colocação na zona automática, use um nome de recurso curto sem uma especificação de zona, por exemplo, "n1-standard- 2 "ou" nvidia-tesla-k80".

Console

A colocação em zona automática não pode ser selecionada ao criar um cluster usando o Console do Cloud.