Termos de Serviço da Google Maps Platform

Última atualização: 2 de maio de 2019 | Versão anterior

Se você assinou uma versão offline deste Contrato para o uso dos Serviços da Google Maps Platform na mesma Conta de Google Maps Platform, os termos abaixo não se aplicam a você e os seus termos offlines governam o seu uso dos Serviços da Google Maps Platform.

Contrato de Licenciamento da Google Maps Platform

O presente Contrato de Licenciamento da Google Maps Platform ("Contrato”) é celebrado entre o Google Cloud Brasil Computação e Serviços de Dados Ltda., com sede na Av. Brigadeiro Faria Lima, 3729, 4º e 5º andares, Itaim Bibi, São Paulo, Brasil (“Google”) e a pessoa jurídica que concorda com seus termos ora estipulados (“Cliente”). Este Contrato é aplicável apenas para Clientes com endereço de faturamento no Brasil. Se o Cliente tiver um endereço de faturamento em qualquer outro país, por favor veja os termos relevantes na página de suporte aplicável.

O presente Contrato entra em vigor quando o Cliente clicar para aceitar o Contrato (a “Data de Vigência”). Se você está aceitando em nome de um Cliente, você declara e garante que: (i) tem plena autorização legal para vincular o Cliente ao presente Contrato; (ii) leu e entendeu o presente Contrato, e (iii) concorda com os termos deste Contrato em nome do Cliente. Se você não tem autorização legal para vincular o Cliente, por favor, não clique no botão “Aceitar”. O presente Contrato rege o acesso e o uso do Serviço pelo Cliente.

Se você quiser receber uma versão off-line deste Contrato, entre em contato com o Google para mais informações.

1. Fornecimento dos Serviços.

1.1 Uso dos Serviços em Aplicativos do Cliente. O Google fornecerá os Serviços ao Cliente de acordo com o SLA aplicável, e o Cliente poderá usar os Serviços Principais do Google Maps nos Aplicativos do Cliente de acordo com a Seção 3 (Licença).

1.2 Admin Console; Projetos; Chaves de API. O Cliente administrará os Serviços por meio do Admin Console on-line. Para acessá-los, o Cliente precisa criar Projetos e usar as chaves de API de acordo com a Documentação.

1.3 Contas. O Cliente precisa ter uma Conta. Ele é responsável (a) pelas informações fornecidas em relação à Conta; (b) por manter a confidencialidade e segurança dela e das senhas associadas; e (c) por qualquer uso da Conta.

1.4 Domínios e Aplicativos do Cliente. O Cliente precisa listar no Admin Console todos os domínios e aplicativos autorizados que usam os Serviços e garantir que apenas domínios e aplicativos autorizados usem os Serviços.

1.5 Novos recursos e Serviços. O Google pode: (a) disponibilizar novos recursos ou funcionalidades por meio dos Serviços e (b) incluir novos serviços na definição de “Serviços” adicionando-os ao URL definido. O uso de novos recursos ou funcionalidades pelo Cliente depende da concordância dele com termos adicionais aplicáveis.

1.6 Alterações.

1.6.1 Nos Serviços. O Google pode fazer alterações nos Serviços, sujeito à Seção 9 (Política de Suspensão de Uso), inclusive adicionar, atualizar ou descontinuar os Serviços ou qualquer parte ou recurso deles. O Google notificará o Cliente sobre alterações materiais no Serviço.

1.6.2. No Contrato. O Google poderá fazer alterações no presente Contrato (e em documentos a ele relacionados), incluindo-se no preço, periodicamente. A não ser que seja de outra forma informado pelo Google, as alterações materiais no Contrato entrarão em vigor 30 dias após terem sido comunicadas, exceto se as alterações se referirem a uma nova funcionalidade, situação na qual elas entrarão em vigor imediatamente. Em caso de alterações materiais em qualquer dos SLAs, o Google irá enviar uma notificação com no mínimo 90 dias de antecedência, por uma das seguintes formas: (i) um e-mail para o contato primário do Cliente; ou (ii) uma notificação por meio do Admin Console. Se o Cliente não concordar com o Contrato alterado, ele pode deixar de utilizar os Serviços. O Google colocará um aviso sobre qualquer alteração feita neste Contrato na URL dos Termos.

2. Condições de Pagamento.

2.1 Cota Gratuita. Alguns Serviços são fornecidos ao Cliente gratuitamente até o Limite das Taxas, conforme aplicável.

2.2 Cobrança On-line. No final do Período de Lançamento das Taxas, o Google emitirá uma fatura eletrônica para o Cliente para todos os débitos acumulados acima do Limite da Taxa com base (i) na utilização dos Serviços pelo Cliente durante o prévio Período de Lançamento da Taxa (incluindo-se, se houver, a Taxa do SST relevante estipulada na definição de Taxas abaixo); (ii) eventuais Compras Compromissadas escolhidas; e/ou (iii) quaisquer Compras de Pacotes escolhidas. Na utilização acima do Limite da Taxa, o Cliente será responsável por todas as Taxas até o valor estipulado na Conta e pagará todas as Taxas na moeda estabelecida na fatura. Se o Cliente decidir pagar com cartão de crédito, débito, ou outra forma de pagamento não faturada, o Google cobrará (e o Cliente pagará) todas as Taxas imediatamente no fim do Período de Lançamento das Taxas. Se o Cliente decidir pagar por meio de fatura (e o Google concordar), todas as Taxas têm o vencimento conforme estipulado na fatura. A obrigação do Cliente de pagar todas as Taxas não está sujeita a cancelamento. A medição do Google da utilização dos Serviços pelo Cliente é definitiva. o Google não tem nenhuma obrigação de fornecer faturas múltiplas. Os pagamentos realizados por meio de transferência eletrônica devem obrigatoriamente incluir os dados bancários fornecidos pelo Google.

2.3 Tributos. As Taxas incluem todos os tributos e serão calculadas considerando que os Serviços são fornecidos a partir da cidade de São Paulo - SP. Mudanças nos tributos e pagamentos de quaisquer outros valores devidos por lei serão imediatamente refletidos nas Taxas e deverão ser cumpridos pelo Cliente de acordo com a legislação aplicável (incluindo mas não se limitando aos requisitos para retenções tributárias na fonte). Para fins de esclarecimento, se Cliente for obrigado por lei a reter Tributos na fonte dos seus pagamentos ao Google, o Cliente deve obrigatoriamente fornecer ao Google um recibo fiscal oficial ou outra documentação adequada para comprovar a retenção.

2.4 Contestação de Faturas e Reembolsos. Quaisquer contestações de faturas devem obrigatoriamente ser apresentadas antes da data de pagamento. Se as partes definirem que determinadas imprecisões da cobrança são atribuíveis ao Google, esta não emitirá uma fatura com correção, mas, ao invés disso, emitirá um memorando de crédito especificando o valor incorreto na fatura em questão. Se a fatura contestada ainda não foi paga, o Google aplicará o valor no memorando de crédito à fatura contestada e o Cliente será responsável pelo pagamento do saldo líquido resultante devido naquela fatura. Até o limite mais amplo previsto em lei, o Cliente renuncia a todas as reivindicações relacionadas às Taxas a não ser se forem reivindicadas no prazo de sessenta dias após a cobrança (isto não atinge os direitos do Cliente com o emissor do seu cartão de crédito). Os reembolsos (se houver) serão feitos a critério do Google e serão apenas na forma de crédito pelos Serviços. Nenhum termo no presente Contrato obriga o Google a conceder crédito a qualquer parte.

2.5 Pagamentos em atraso; Interrupção. Pagamentos vencidos poderão ser acrescidos de juros à taxa de 1,5% por cento ao mês (ou à taxa mais alta permitida em lei, se for menor) desde a data de vencimento até a data de quitação. O Cliente será responsável por todas as despesas razoáveis (incluindo-se honorários advocatícios) contraídas pelo Google na cobrança de valores em atraso. Se o Cliente atrasar o pagamento dos Serviços, o Google poderá Suspender os Serviços ou rescindir o Contrato por inadimplemento de acordo com a Seção 11.2.

2.6 Sem necessidade de Número de Ordem de Compra. Para maior clareza, o Cliente é obrigado a pagar todas as Taxas aplicáveis sem qualquer exigência de que o Google forneça um número de ordem de compra na fatura do Google (ou de qualquer outra forma).

3. Licença.

3.1 Concessão de licença. Sujeito aos termos deste Contrato, durante a Vigência, o Google concede ao Cliente uma licença não exclusiva, intransferível e não-sublicenciável para usar os Serviços nos Aplicativos do Cliente, que pode ser: (a) com base em taxas ou não; (b) pública/externa ou privada/interna; (c) entre empresas ou business-to-consumer; ou (d) de rastreamento de ativos.

3.2 Requisitos e Restrições de Licença. Definimos a seguir as condições da licença concedida na Seção 3.1. Nesta seção 3.2, a frase “O Cliente não” significa “O Cliente não permitirá e não permitirá que um terceiro”.

3.2.2 Restrições Gerais. A menos que o Google concorde especificamente por escrito, o Cliente não realizará as seguintes ações: (a) copiar, modificar, criar uma obra derivada, fazer engenharia reversa, descompilar, traduzir, desmontar ou tentar extrair o código-fonte de outra forma (a não ser quando tal restrição é expressamente vedada pela legislação aplicável); (b) sublicenciar, transferir ou distribuir Serviços; (c) vender, revender ou disponibilizar os Serviços para terceiros como uma oferta comercial; (d) acessar ou usar os Serviços: (i) para Atividades de Alto Risco; (ii) de modo a evitar a incidência de Taxas; (iii) para atividades sujeitas aos Regulamentos sobre Tráfego Internacional de Armas (ITAR, na sigla em inglês) mantidos pelo Departamento de Estado dos EUA; (iv) em nome ou em benefício de qualquer entidade ou pessoa que esteja legalmente proibida de usar os Serviços; ou (v) para transmitir, armazenar ou processar Informações protegidas de saúde (como definido na HIPAA e sujeito a ela).

3.2.3 Requisitos para o uso dos Serviços.

(a) Termos de Serviço e Política de Privacidade. Os Termos de Serviço do Aplicativo do Cliente (A) notificarão os usuários que o Aplicativo do Cliente inclui recursos e Conteúdo do Google Maps; e (B) indicarão que o uso deles está sujeito às versões em vigor: (1) dos Termos de Serviço adicionais do Google Maps/Google Earth em https://maps.google.com/help/terms_maps.html; e da (2) Política de Privacidade do Google em https://policies.google.com/privacy?hl=pt-BR.

(i) Se o Aplicativo do Cliente permitir que os usuários incluam os Serviços Principais do Google Maps nos Produtos Derivados, o Cliente exigirá contratualmente que os Termos de Serviço de todos os Produtos Derivados atendam aos mesmos requisitos de avisos e fluxos descendentes aplicáveis ao Aplicativo do Cliente na Seção 3.2.3 (a) (Termos de Serviço e Política de Privacidade).

(ii) Se os usuários do Aplicativo do Cliente (e dos produtos derivados, se houver) não obedecerem aos termos aplicáveis dos Termos de Serviço adicionais do Google Maps/Google Earth, o Cliente tomará as medidas apropriadas, incluindo a suspensão ou a proibição da utilização dos recursos e Conteúdo do Google Maps por esses usuários no Aplicativo do Cliente ou nos Produtos Derivados.

(b) Atribuição. O Cliente exibirá todas as atribuições que (i) o Google fornecer por meio dos Serviços (incluindo branding, logotipos e notificações de direitos autorais e marca registrada); ou (ii) forem especificadas nos Termos de Serviço Específicos do Google Maps. O Cliente não poderá modificar, ocultar ou excluir essa atribuição.

(c) Revisão de Aplicativos do Cliente. Se solicitado pelo Google, o Cliente enviará os Aplicativos e Projetos dele ao Google para análise de modo a garantir a conformidade com o Contrato (incluindo as Políticas de Uso Aceitável).

3.2.4 Restrições ao uso indevido dos Serviços.

(a)  Proibição de cópia. O Cliente não poderá extrair, exportar ou copiar Conteúdo do Google Maps para uso fora dos Serviços. Por exemplo, o Cliente não realizará as seguintes ações: (i) fazer pré-busca, indexar, armazenar, compartilhar novamente ou hospedar novamente Conteúdo do Google Maps fora dos Serviços; (ii) fazer o download em massa de blocos do Google Maps, imagens do Street View, geocódigos, rotas, resultados da matriz de distância, informações de vias, informações de lugares, valores de elevação e detalhes de fusos horários; (iii) copiar e salvar nomes, endereços ou avaliações de usuários sobre empresas; ou (iv) usar o Conteúdo do Google Maps com serviços de conversão de texto em voz.

(b) Proibição de armazenamento em cache. O Cliente não armazenará em cache Conteúdo do Google Maps, exceto conforme expressamente permitido de acordo com os Termos de Serviço Específicos do Google Maps.

(c) Proibição de criação de conteúdo a partir do Google Maps. O Cliente não criará conteúdo com base no conteúdo do Google Maps. Por exemplo, o Cliente não realizará as seguintes ações: (i) traçar ou digitalizar estradas, contornos de edifícios, locais de utilidade pública ou linhas elétricas do tipo de mapa básico de satélite da API Maps JavaScript; (ii) criar modelos de construções em 3D a partir de imagens em 45° da API Maps JavaScript; (iii) criar modelos de terreno com base em valores de elevação da API Elevation; (iv) usar valores de latitude/longitude da API Places para análise de ponto em polígono; (v) construir um índice de locais com árvores em uma cidade a partir de imagens do Street View; ou (vi) converter tempos de viagem com base em texto em resultados de voz sintetizados.

(d) Proibição de reprodução de produtos ou recursos do Google. O Cliente não poderá usar os Serviços para criar um produto ou serviço que tenha recursos substancialmente semelhantes ou que reproduza os recursos de outro produto ou serviço do Google. O produto ou serviço do Cliente precisa ter um valor e recursos substanciais e independentes dos produtos ou serviços do Google. Por exemplo, o Cliente não poderá: (i) redistribuir os Serviços Principais do Google Maps ou transmiti-los como se fossem dele próprio; (ii) criar um produto que substitua os Serviços Principais do Google Maps, o Google Maps e os aplicativos do Google Maps para dispositivos móveis ou recursos deles; (iii) usar os Serviços Principais do Google Maps em listas ou serviços de diretório ou criar ou ampliar um produto de publicidade; (iv) combinar dados das APIs Directions e Geolocation e do SDK do Google Maps para Android com o objetivo de criar um recurso de navegação em tempo real substancialmente semelhante àquele fornecido pelo aplicativo do Google Maps para dispositivos móveis Android.

(e) Proibição de uso com mapas que não sejam do Google. O Cliente não poderá usar os Serviços Principais do Google Maps em um Aplicativo do Cliente que contenha um mapa que não seja do Google. Por exemplo, o Cliente não (i) exibirá listas do Places em um mapa que não seja do Google nem (ii) exibirá no Aplicativo dele imagens do Street View e mapas de outros provedores que não sejam o Google.

(f) Proibição de Contravenção Relacionada a Taxas. O Cliente não burlará as Taxas aplicáveis. Por exemplo, o Cliente não criará várias contas de faturamento ou Projetos para evitar incorrer em Taxas; não impedirá que o Google calcule com precisão os níveis de uso do Serviço; não abusará de cotas de Serviço gratuitas nem oferecerá acesso aos Serviços sob um modelo de compartilhamento de tempo ou serviços.

(g) Proibição de uso em Territórios Vetados. O Cliente não distribuirá nem comercializará em um Território Vetado nenhum Aplicativo do Cliente que utilize os Serviços Principais do Google Maps.

(h) Proibição de uso em sistemas integrados a veículos. O Cliente não usará os Serviços Principais do Google Maps em conexão com nenhum Aplicativo do Cliente ou dispositivo integrado a um veículo. Por exemplo, o Cliente não criará um Aplicativo que (i) seja incorporado a um sistema de infoentretenimento automotivo integrado ao painel; e (ii) permita que os Usuários Finais solicitem rotas de carro a partir da API Directions.

(i) Proibição de modificação na integridade dos resultados de pesquisa. O Cliente não modificará nenhum dos resultados de pesquisa do Serviço.

3.2.5 Comparativo de mercado. O Cliente não poderá divulgar publicamente ou por meio de terceiros os resultados de testes comparativos ou de compatibilidade, benchmarking ou avaliação (cada um individualmente denominado “Teste”) dos Serviços, exceto se a divulgação incluir todas as informações necessárias para o Google ou um terceiro replicar o Teste. Se o Cliente conduzir, ou instruir um terceiro a conduzir, um Teste dos Serviços e divulgar publicamente os resultados de tal Teste, então o Google (ou um terceiro indicado pelo Google) poderá conduzir Testes de quaisquer produtos ou serviços disponíveis publicamente pelo Cliente e divulgar publicamente o resultado de tais Testes (cuja divulgação irá incluir todas as informações necessárias para o Cliente ou um terceiro replicar o Teste).

4. Obrigações do Cliente. 

4.1 Conformidade. O Cliente: (a) garantirá que o uso que ele e os Usuários Finais fazem dos Serviços esteja em conformidade com o Contrato; e (b) envidará esforços comercialmente razoáveis para evitar, notificar o Google e encerrar qualquer uso ou acesso não autorizado às Contas do Cliente ou aos Serviços.

4.2 Documentação. O Google poderá fornecer Documentação para utilização dos Serviços pelo Cliente. A Documentação poderá especificar restrições (por exemplo,restrições de atribuição ou HTML) sobre como os Serviços poderão ser utilizados e o Cliente cumprirá quaisquer restrições especificadas.

4.3 Política de Direito Autoral. O Google fornece informações para auxiliar os detentores de direitos autorais na gestão on-line de sua propriedade intelectual, mas o Google não pode determinar se algo está sendo utilizado legalmente ou não sem informações dos proprietários. O Google cumpre as notificações de supostas violações de direito autoral e encerra as contas de infratores reincidentes de acordo com a legislação sobre direito autoral aplicável, incluindo-se particularmente o processo estipulado na Lei sobre Direitos Autorais do Milênio Digital dos Estados Unidos (U.S. Digital Millennium Copyright Act). Se o Cliente achar que alguém está violando direitos autorais do Cliente ou dos Usuários Finais do Cliente e quiser notificar o Google, o Cliente pode encontrar informações sobre como enviar notificações e sobre a política de resposta a notificações em http://www.google.com/dmca.html

4.4 Uso, Proteção e Privacidade de Dados.

4.4.1 Uso e Retenção de Dados. Para fornecer os Serviços por meio dos Aplicativos do Cliente, o Google precisa receber e coletar dados dos Usuários Finais e do Cliente, incluindo termos de pesquisa, endereços IP e coordenadas de latitude/longitude. O Cliente reconhece e concorda que o Google e seus Afiliados podem usar e reter esses dados para fornecer e melhorar os produtos e serviços, sujeito à Política de Privacidade em https://www.google.com/policies/privacy/.

4.4.2 Termos Europeus de proteção de dados. O Google e o Cliente concordam com os Termos de proteção de dados entre controladores do Google Maps em https://cloud.google.com/maps-platform/terms/maps-controller-terms.

4.4.3 Requisitos do Usuário Final.

(a) Privacidade do Usuário Final. O uso dos Serviços pelo Cliente no Aplicativo dele obedecerá à legislação de privacidade aplicável, incluindo aquelas relacionadas aos Serviços que armazenam e acessam cookies nos dispositivos dos Usuários Finais. Se o Cliente tiver Usuários Finais no Espaço Econômico Europeu, o Cliente precisará obedecer à Política de Consentimento do Usuário Final da UE em https://www.google.com/about/company/user-consent-policy.html.

(b) Dados Pessoais do Usuário Final. Por meio do funcionamento normal dos Serviços Principais do Google Maps, os Usuários Finais fornecem informações de identificação pessoal e Dados Pessoais diretamente ao Google, sujeito à Política de Privacidade do Google em https://policies.google.com/privacy?hl=pt-BR No entanto, o Cliente reconhece e concorda que não fornecerá essas categorias de dados ao Google.

(c) Requisitos de Privacidade de Local do Usuário Final. Para proteger a privacidade da localização dos Usuários Finais, o Cliente garante que os Aplicativos dele: (i) notificarão os Usuários Finais com antecedência sobre (1) os tipos de dados que pretende coletar dos Usuários Finais ou dos dispositivos deles, e (2) a combinação e o uso da localização dos Usuários Finais com os dados de qualquer outro provedor; e (ii) não obterão nem armazenarão em cache a localização dos Usuários Finais, exceto com o consentimento expresso, prévio ou revogável dos Usuários Finais.

5. Suspensão. 

5.1 Por Violações de Restrições de Licença. O Google poderá suspender os Serviços sem aviso prévio se o Cliente violar a Seção 3.2 (Requisitos e Restrições de licença).

5.2 Por violações da Política de Uso Aceitável (PUA) ou Problemas de Segurança Emergenciais. O Google também poderá suspender os Serviços, conforme descrito nas Subseções 5.2.1 (Violações da Política de Uso Aceitável) e 5.2.2 (Problemas de Segurança Emergenciais). Qualquer suspensão conforme essas Seções terá o menor alcance e duração necessários para: (a) impedir ou encerrar o uso indevido, (b) impedir ou resolver o Problema de Segurança Emergencial, ou (c) obedecer à legislação aplicável.

5.2.1  Violações da PUA. Se o Google tornar-se ciente de que a utilização dos Serviços pelo Cliente ou um Usuário Final do Cliente violar a PUA, Google notificará o Cliente acerca do violação e exigir que o Cliente cesse a violação. Se o Cliente deixar de cessar a violação dentro de 24h após a notificação feita pelo Google, então o Google poderá Suspender total ou parcialmente o uso dos serviços pelo Cliente até que a violação seja sanada.

5.2.2 Problemas de Segurança Emergenciais. O Google poderá suspender imediatamente o uso dos Serviços por parte do Cliente se (a) houver um Problema de Segurança Emergencial; ou (b) o Google precisar suspender o uso imediatamente para obedecer à legislação aplicável. Exceto se proibido pela lei aplicável, o Google notificará o Cliente sobre o motivo da suspensão assim que possível, mediante solicitação.

5.3 Por Suposta violação dos Direitos de Propriedade Intelectual de Terceiros. Se houver uma alegação de que o Aplicativo do Cliente infringe os Direitos de Propriedade Intelectual de um terceiro, o Google poderá exigir que o Cliente suspenda a distribuição ou a venda do Aplicativo mediante um aviso por escrito com antecedência de 30 dias até que essa alegação seja totalmente resolvida. Em qualquer caso, esta Seção 5.3 não reduz as obrigações do Cliente dispostas na Seção 15 (Indenização).

6. Direitos de Propriedade Intelectual; Feedback.

6.1 Direitos de Propriedade Intelectual. Exceto conforme expressamente estipulado no presente Contrato, este Contrato não concede a nenhuma das partes quaisquer direitos, implícitos ou de outra forma, ao conteúdo da outra parte nem a qualquer propriedade intelectual da outra. Entre as Partes, o Cliente é o detentor de todos os Direitos de Propriedade Intelectual sobre o Aplicativo, e o Google é detentora de todos os Direitos de Propriedade Intelectual sobre os Serviços e Softwares.

6.2 Feedback do Cliente. Se o Cliente fornecer Feedback ao Google sobre os Serviços, então o Google poderá utilizar essas informações sem obrigação perante o Cliente e o Cliente neste ato transfere de maneira irrevogável para o Google todos os direitos, título e interesse sobre aquele Feedback.

7. Avisos legais de terceiros e termos de licença.

Alguns componentes dos Serviços, incluindo software de código aberto, estão sujeitos a direitos autorais de terceiros e outros Direitos de Propriedade Intelectual, conforme especificado: (a) nos avisos legais do Google Maps/Google Earth em https://www.google.com/help/legalnotices_maps.html; e (b) nos termos de licença de terceiros separados e disponíveis publicamente, que o Google fornecerá ao Cliente mediante solicitação.

8. Serviços de Suporte Técnico.

8.1 Do Google. O Google prestará ao Cliente os Serviços de Suporte Técnico relacionados ao Google Maps de acordo com as Diretrizes de Serviços de Suporte Técnico do Google Maps.

8.2 Do Cliente. O Cliente é responsável pelo suporte técnico relacionado aos Aplicativos e Projetos dele.

9. Política de Suspensão de Uso.  

9.1 O Google notificará o Cliente pelo menos 12 meses antes de suspender o uso de quaisquer Serviços ou alterações incompatíveis com os Serviços, a menos que determine razoavelmente que: (a) não tem permissão para fazê-lo de acordo com a legislação ou o contrato, inclusive se houver uma mudança na legislação ou no contrato em questão, ou (b) se continuar prestando os Serviços, poderá gerar um (i) risco de segurança ou um (ii) ônus econômico ou técnico substancial.

9.2 A Seção 9.1 aplica-se aos Serviços listados em https://cloud.google.com/maps-platform/terms/maps-deprecation/. Se o Google suspender o uso de quaisquer Serviços que não estejam listados no URL acima, ele envidará esforços comercialmente razoáveis para minimizar os impactos adversos dessas descontinuações.

10. Informações Confidenciais.

10.1 Obrigações. Sujeito à Seção 10.2 (Divulgação Obrigatória), o destinatário usará as Informações Confidenciais da outra parte somente para exercer direitos e cumprir obrigações nos termos do Contrato. O destinatário tomará todo o cuidado razoável para impedir a divulgação das Informações Confidenciais da outra parte a partes que não sejam funcionários, Afiliados, agentes ou consultores profissionais do destinatário (“Delegados”) que precisam conhecê-las e têm obrigação legal de mantê-las confidenciais. O destinatário garantirá que os Delegados também estejam sujeitos às mesmas obrigações de uso e não divulgação.

10.2 Divulgação Obrigatória. Não obstante qualquer disposição em contrário neste Contrato, a parte receptora poderá também divulgar Informações Confidenciais na medida em que exigido pela Ação Judicial aplicável; desde que a parte receptora utilize esforços comercialmente razoáveis para: (a) notificar pronta e previamente a outra parte sobre essa divulgação; e (b) atender às solicitações razoáveis da outra parte em relação a seus esforços para questionar a divulgação. Não obstante o parágrafo acima, as alíneas (a) e (b) acima não serão aplicáveis se a parte receptora determinar que o cumprimento de (a) e (b) poderia: (i) resultar numa violação da Ação Judicial; (ii) obstruir uma investigação governamental; e/ou (iii) levar à morte ou a uma grave lesão física de um indivíduo. Dentre as partes, o Cliente é responsável por atender a todas as solicitações de terceiros em relação a sua própria utilização dos Serviços e a utilização destes pelos Usuários Finais do Cliente.

11. Prazo e Rescisão.

11.1 Prazo do Contrato. O “Prazo” do presente Contrato se iniciará na Data de Vigência e continuará até que o Contrato seja rescindido conforme estipulado na Seção 11 do presente Contrato.

11.2 Rescisão por Descumprimento Contratual. Cada uma das partes poderá rescindir este Contrato por descumprimento se: (a) a outra parte estiver em descumprimento material do Contrato e deixar de sanar o descumprimento no prazo de trinta dias após recebimento de notificação por escrito; ou (b) a outra parte encerrar suas atividades comerciais ou tornar-se sujeita a procedimentos de insolvência e os processos não forem arquivados no prazo de noventa dias. Além disso, o Google poderá rescindir qualquer um, todos eles, ou qualquer parte dos Serviços ou Projetos, se o Cliente se enquadrar nas condições da Seção 11.2(a) e/ou (b).

11.3 Rescisão por inatividade. O Google reserva o direito de encerrar a prestação dos Serviços a um Projeto com 30 dias de antecedência se, durante mais de 180 dias, tal Projeto (a) não tiver feito nenhuma solicitação aos Serviços a partir dos Aplicativos do Cliente; ou (b) tal Projeto não tiver incorrido em Taxas em relação a esses Serviços.

11.4 Rescisão por conveniência. O Cliente poderá interromper o uso dos Serviços a qualquer momento. Sujeito a quaisquer compromissos financeiros expressamente assumidos por este Contrato, o Cliente poderá rescindir este Contrato para a conveniência dele a qualquer momento, mediante aviso prévio por escrito. Assim, após a rescisão, o Cliente precisará cessar o uso dos Serviços aplicáveis. O Google poderá rescindir este Contrato para conveniência própria a qualquer momento, sem responsabilidade junto ao Cliente.

11.5 Efeitos da Rescisão

11.5.1 Se o Contrato for rescindido: (a) os direitos concedidos por uma parte à outra cessarão imediatamente; (b) todas as Taxas devidas pelo Cliente ao Google serão devidas após o recebimento da fatura eletrônica final; e (c) o Cliente excluirá o Software e qualquer conteúdo dos Serviços até o início da vigência da rescisão.

11.5.2 As seguintes disposições subsistirão o vencimento ou rescisão do Contrato: Seção 2 (Condições de Pagamento), Seção 3.2 (Requisitos e Restrições de Licença), Seção 4.4 (Uso, Proteção e Privacidade de Dados), Seção 6 (Direitos de Propriedade intelectual; Feedback), Seção 10 (Informações Confidenciais), Seção 11.5 (Efeitos da Rescisão), Seção 14 (Exoneração de Responsabilidade), Seção 15 (Indenização), Seção 16 (Limitação de Responsabilidade), Seção 19 (Disposições Gerais) e Seção 20 (Definições).

12. Publicidade.

O Cliente está autorizado a declarar publicamente que é cliente dos Serviços, desde que de forma consistente com as Diretrizes sobre Marcas. Se o Cliente quiser exibir os Elementos da Marca Google em relação ao seu uso dos Serviços, o Cliente deve obrigatoriamente obter permissão por escrito do Google por meio do processo especificado nas Diretrizes sobre Marcas. O Google poderá incluir o nome ou os Elementos da Marca do Cliente numa lista dos clientes do Google, on-line ou em materiais promocionais. o Google também poderá mencionar o Cliente como um cliente dos Serviços. Nenhuma das partes necessita aprovação se estiver repetindo uma declaração pública que for substancialmente similar a uma declaração pública previamente aprovada. Qualquer utilização dos Elementos da Marca de uma parte reverterá em benefício da parte que detém os Direitos de Propriedade Intelectual daqueles Elementos da Marca. Uma parte poderá revogar o direito da outra parte de utilizar seus Elementos da Marca nos termos desta Seção mediante aviso por escrito à outra parte e um período razoável para cessar a utilização.

13. Representações e Garantias.

Cada parte representa e garante que: (a) tem plenos poderes e autoridade para celebrar o Contrato; e (b) obedecerá às Leis de Controle de Exportação e às Leis Antissuborno aplicáveis à prestação, recebimento ou uso dos Serviços, conforme aplicável.

14. Exoneração de Responsabilidade.

 EXCETO CONFORME EXPRESSAMENTE PREVISTO NESTE CONTRATO E NA MÁXIMA EXTENSÃO PERMITIDA PELA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL, O GOOGLE: (A) NÃO OFERECE NENHUMA OUTRA GARANTIA EXPRESSA, IMPLÍCITA, ESTATUTÁRIA OU OUTRA, INCLUINDO DE COMERCIABILIDADE, ADEQUAÇÃO PARA UM DETERMINADO USO, NÃO VIOLAÇÃO, QUE O FUNCIONAMENTO DOS SOFTWARES OU DOS SERVIÇOS ESTARÁ LIVRE DE ERROS OU SERÁ ININTERRUPTO; (B) NÃO FAZ NENHUMA REPRESENTAÇÃO SOBRE O CONTEÚDO OU AS INFORMAÇÕES ACESSÍVEIS POR MEIO DOS SERVIÇOS E (C) DEVERÁ APENAS EXERCER AS MEDIDAS JUDICIAIS RELATIVAS À FALHA NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DEFINIDAS NO SLA. OS SERVIÇOS PRINCIPAIS DO GOOGLE MAPS SÃO FORNECIDOS SOMENTE PARA FINS DE PLANEJAMENTO. É POSSÍVEL QUE AS INFORMAÇÕES DOS SERVIÇOS PRINCIPAIS DO GOOGLE MAPS SEJAM DIFERENTES DAS CONDIÇÕES REAIS E NÃO SEJAM ADEQUADAS PARA O APLICATIVO DO CLIENTE. O CLIENTE PRECISA UTILIZAR JULGAMENTO INDEPENDENTE AO USAR OS SERVIÇOS PARA GARANTIR QUE O APLICATIVO DO CLIENTE SEJA SEGURO PARA OS USUÁRIOS FINAIS E OUTROS TERCEIROS.

15. Indenização.

15.1 Pelo Cliente. Salvo se vedado pela legislação aplicável, o Cliente defenderá o Google e os Afiliados dele e os indenizará quanto às Responsabilidades Indenizadas em qualquer Processo Formal de Terceiro decorrente: (a) de qualquer Material Indenizado do Cliente; ou (b) do uso dos Serviços, pelo Cliente ou por um Usuário Final, de modo que viole a Política de Uso Aceitável ou o Contrato.

15.2 Pelo Google. O Google isentará o Cliente e os Afiliados dele que participam deste Contrato (“Partes Indenizadas do Cliente”) e os indenizará quanto às Responsabilidades Indenizadas em qualquer Processo Formal de Terceiros decorrente de uma alegação de que o uso dos Materiais Indenizados do Google pelas Partes Indenizadas do Cliente viola os Direitos de Propriedade Intelectual de terceiros.

15.3 Exclusões. Esta Seção 15 não se aplicará se a alegação subjacente decorrer (a) da violação do Contrato pela parte indenizada ou (b) de uma combinação da tecnologia ou das Características da Marca da parte indenizadora com materiais não fornecidos por essa parte, a menos que a combinação seja exigida pelo Contrato.

15.4 Condições. As Seções 15.1 e 15.2 serão aplicadas somente se:

(a)A parte indenizada tiver notificado imediatamente a parte indenizadora por escrito sobre quaisquer Alegações que precedam o Processo Formal de Terceiros e cooperar de maneira razoável com a parte indenizadora para solucionar as Alegações e o Processo Formal de Terceiros. Se uma violação desta Seção 15.4 (a) prejudicar a defesa de um Processo Formal de Terceiros, as obrigações da parte indenizadora de acordo com a Seção 15.1 ou 15.2 (conforme aplicável) serão reduzidas proporcionalmente ao prejuízo.

(b)A parte indenizada tiver o controle absoluto da porção indenizada de acordo com o Processo Formal de Terceiros à parte indenizadora, sujeita ao seguinte: (i) a parte indenizada poderá indicar o próprio consultor jurídico, que não deterá o controle, às próprias custas e (ii) qualquer acordo que exigir uma admissão de responsabilidade, um pagamento em dinheiro ou a adoção de uma medida (bem como a não adoção de uma medida) pela parte indenizada exigirá um consentimento prévio por escrito da parte indenizada, que não será indevidamente negado, condicionado ou adiado.

15.5 Provimentos Judiciais.

(a) Se o Google acreditar adequadamente que os Serviços poderão violar os Direitos de Propriedade Intelectual de um terceiro, então o Google poderá, a seu único critério e a suas expensas: (a) tentar conseguir o direito para que o Cliente continue a utilizar os Serviços; (b) modificar os Serviços para torná-los não infringentes sem reduzir de forma material suas funcionalidades; ou (c) substituir os Serviços por uma alternativa funcionalmente equivalente que não seja infringente.

(b) Se o Google não acreditar que os provimentos judiciais da Seção 15.5(a) sejam comercialmente razoáveis, então o Google poderá Suspender ou rescindir a utilização, pelo Cliente, dos Serviços atingidos.

15.6 Únicos Direitos e Obrigações. Sem prejuízo dos direitos de rescisão de qualquer das partes, esta Seção 15 estipula os únicos direitos e obrigações nos termos do presente Contrato por quaisquer Alegações sobre Direitos de Propriedade Intelectual de terceiros e Processos Judiciais de Terceiros.

16. Limitação de responsabilidade.

16.1 Limitação de Responsabilidade Indireta. NA MÁXIMA EXTENSÃO PERMITIDA PELA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL, AS PARTES E OS LICENCIANTES DO GOOGLE NÃO SERÃO RESPONSABILIZADOS NOS TERMOS DESTE CONTRATO POR PERDA DE RECEITAS OU LUCROS, SEJAM ELES DIRETOS OU INDIRETOS, ECONOMIAS E MAIS VALIA, OU DANOS ESPECIAIS, INCIDENTAIS, EMERGENTES, EXEMPLARES OU PUNITIVOS, AINDA QUE TENHAM ESTADO CIENTES OU DEVESSEM ESTAR CIENTES DA POSSIBILIDADE DE TAIS DANOS E MESMO QUE OS DANOS DIRETOS NÃO FAÇAM JUS À MEDIDA JUDICIAL.

16.2 Limitação do Valor da Responsabilidade. ATÉ O MÁXIMO LIMITE PREVISTO PELA LEI APLICÁVEL, NENHUMA DAS PARTES, NEM OS FORNECEDORES DO GOOGLE, SERÃO RESPONSABILIZADOS NOS TERMOS DO PRESENTE CONTRATO POR VALOR ACIMA DAQUELE PAGO PELO CLIENTE AO GOOGLE NOS TERMOS DESTE CONTRATO DURANTE OS DOZE MESES ANTERIORES AO EVENTO GERADOR DA RESPONSABILIDADE.

16.3 Exceções às limitações. Essas limitações de responsabilidade não se aplicam a violações de obrigações de confidencialidade, violações dos Direitos de Propriedade Intelectual de uma parte pela outra parte ou obrigações de pagamento do Cliente.

17. Publicidade.

O Cliente, a critério exclusivo dele, pode configurar o Serviço para exibir ou não publicidade gráfica veiculada pelo Google.

18. Usuários da Agência Federal dos Estados Unidos.

Os Serviços foram desenvolvidos unicamente por meio de recursos privados e são softwares comerciais para computadores e documentação relacionada dentro do significado dos Regulamentos Federais aplicáveis para aquisição militar e civil e seus eventuais suplementos.

19. Disposições Gerais.

19.1 Notificações. Todas as notificações devem obrigatoriamente ser feitas por escrito e endereçadas aos cuidados do Departamento Jurídico da outra parte e ao principal ponto de contato. O endereço de e-mail para o envio das notificações ao departamento jurídico do Google é juridicobrasil@google.com. A notificação será considerada entregue no recebimento, conforme confirmado mediante recibo automático ou manuscrito ou por registro eletrônico (conforme o caso).

19.2 Cessão. Nenhuma das partes poderá ceder qualquer parte deste Contrato sem o consentimento por escrito da outra parte, exceto para uma Coligada se: (a) a cessionária concordou por escrito a estar vinculada pelos termos deste Contrato; (b) a parte cedente permanecer responsável pelas obrigações nos termos do presente Contrato se a cessionária as descumprir; e (c) a parte cedente notificou a outra parte sobre a cessão. Qualquer outra tentativa de cessão será nula.

19.3 Mudança de Controle. Se uma das partes passar por uma mudança de controle (por exemplo, mediante compra ou venda de ações, incorporação, ou outra forma de transação societária): (a) a parte que sofrer a mudança de controle fornecerá um aviso por escrito à outra parte no prazo de trinta dias após a mudança de controle, e (b) a outra parte poderá imediatamente rescindir este Contrato a qualquer tempo entre a mudança de controle e os trinta dias seguintes ao seu recebimento daquele aviso por escrito.

19.4 Força Maior. Nenhuma das partes será responsável por descumprimento ou atraso no cumprimento na medida em que for causado por circunstâncias que estavam além do controle adequado da parte.

19.5 Subcontratação. O Google poderá subcontratar obrigações nos termos do Contrato, mas permanecerá responsável perante o Cliente por qualquer obrigação subcontratada.

19.6 Sem Representação. Este Contrato não cria uma representação, parceria, nem uma joint venture entre as partes.

19.7 Sem Renúncia. Não será considerada uma renúncia por qualquer das partes a eventuais direitos nos termos do presente Contrato se eles não forem exercidos (ou ocorrer demora em exercê-los).

19.8 Independência das Seções. Se qualquer termo (ou parte de um termo) deste Contrato for inválido, ilegal ou inexigível, o restante do Contrato continuará em vigor.

19.9 Sem Terceiros Beneficiários. Este Contrato não concede quaisquer benefícios a nenhum terceiro a não ser que esteja expressamente assim estipulado neste instrumento.

19.10 Medidas Equitativas. Nada neste Contrato limitará o direito de cada uma das partes de pleitear Medidas Equitativas.

19.11 Lei de Regência; Arbitragem.

a. Este contrato será regido pela lei da República Federativa do Brasil

b. Quaisquer litígios decorrentes ou relacionados a este contrato ou aos produtos ou serviços do Google (incluindo quaisquer questões sobre a interpretação ou execução do contrato) (“Litígios”) serão definitivamente resolvidos por arbitragem, de acordo com o regulamento de arbitragem do centro de arbitragem e mediação da Câmara de Comércio Brasil-Canadá (“Regras").

c. O tribunal arbitral será constituído de três árbitros a serem nomeados de acordo com as Regras. A arbitragem será conduzida em português, na cidade de São Paulo, Brasil, local onde será proferida a sentença arbitral.

d. O tribunal arbitral não poderá decidir por equidade

e. Observadas as disposições de confidencialidade previstas na subseção (g), qualquer parte poderá requerer medidas destinadas a proteger seus direitos ou propriedade perante o foro da comarca de São Paulo, ou em qualquer outro juízo competente. O requerimento de tal medida não será considerado uma violação a esta cláusula de lei de regência e arbitragem e não afetará os poderes reservados ao tribunal arbitral, incluindo o poder de rever a decisão judicial

f. A sentença arbitral será definitiva e vinculante para as partes, podendo ser executada perante qualquer juízo competente, incluindo qualquer juízo com jurisdição sobre quaisquer das partes ou quaisquer de seus bens.

g. Todo o procedimento arbitral conduzido de acordo com esta cláusula será considerado informação confidencial, incluindo (i) sua existência, (ii) quaisquer informações divulgadas no curso, e (iii) quaisquer comunicações orais e documentos relativos ao procedimento arbitral. As partes poderão divulgar as informações descritas nesta subseção (g) para um juízo competente conforme seja necessário para executar qualquer sentença proferida pelo tribunal arbitral ou requerer qualquer medida nos termos da subseção (e). Contudo, as partes devem solicitar que o procedimento judicial corra em segredo de justiça.

h. A sentença arbitral disporá sobre a obrigação da parte perdedora de reembolsar o valor pago antecipadamente pela outra parte a título de honorários de árbitros, de peritos e de custas administrativas do centro de arbitragem.

i. Cada parte arcará com os honorários de seus próprios advogados e assistentes técnicos, bem como despesas, independentemente da decisão final do tribunal arbitral acerca do litígio.

19.12 Alterações. Exceto conforme declarado na Seção 1.6.2 (Alterações; No Contrato), as alterações precisam ser feitas por escrito e assinadas por ambas as partes, e declarar expressamente que está sendo alterado neste Contrato.

19.13 Integralidade do Contrato.O presente contrato estipula todos os termos pactuados entre as partes e prevalece sobre todos os outros contratos entre as partes relativamente ao seu assunto. Ao celebrar este Contrato nenhuma das partes se baseou em qualquer afirmação, declaração ou garantia (tenham ou não sido feitas de maneira negligente ou de boa fé), e nenhuma das partes terá qualquer direito ou provimento judicial com base em qualquer afirmação, declaração ou garantia (tenham ou não sido feitas de maneira negligente ou de boa fé) exceto naquelas explicitamente estipuladas neste Contrato. Os termos localizados num URL mencionado no presente Contrato e a Documentação são incorporados ao Contrato mediante menção. Após a Data de Vigência, o Google poderá fornecer uma URL atualizada no lugar de qualquer URL deste Contrato.

19.14Termos Conflitantes.Se houver um conflito entre os documentos que integram este Contrato, os documentos serão considerados na seguinte ordem: o Contrato, e os termos localizados em qualquer URL.

19.14Traduções Conflitantes.Se este Contrato for traduzido para qualquer outro idioma e houver uma discrepância entre o texto em inglês e o texto traduzido, a versão em inglês prevalecerá.

20. Pedidos do Revendedor.

Esta Seção será aplicável se o Cliente comprar os Serviços de um Revendedor nos termos de um Contrato de Revenda, incluindo o Formulário de Pedido do Revendedor.

20.1 Pedidos. Se o Cliente pedir os Serviços do Revendedor: (a) as taxas pelos Serviços serão definidas entre o Cliente e o Revendedor, e os pagamentos serão feitos diretamente ao Revendedor nos termos do Contrato de Revenda; (b) a Seção 2 deste Contrato (Condições de Pagamento) não será aplicável aos Serviços; (c) o Cliente receberá os créditos de SLA aplicáveis do Revendedor, se devidos nos termos do SLA; e (d) o Google não será obrigado a fornecer créditos de SLA a um Cliente que comprar os Serviços do Revendedor.

20.2 Termos Conflitantes. Se o Cliente pedir os Serviços Principais do Google Maps de um Revendedor e houver algum conflito, a ordem de prevalência dos documentos será a seguinte: o Contrato, os termos em qualquer URL (incluindo os URLs de Termos), o Formulário de Pedido do Revendedor. Por exemplo, se houver um conflito entre os Termos de Serviço Específicos do Google Maps e o Formulário de Pedido do Revendedor, os Termos de Serviço Específicos do Google Maps regerão o caso.

20.3 Revendedor como Administrador. A critério do Cliente, o Revendedor poderá acessar os Projetos, as Contas ou os Serviços do Cliente em nome dele. Entre o Google e o Cliente, o Cliente é o único responsável por: (a) qualquer acesso do Revendedor às Contas, aos Projetos ou aos Serviços do Cliente; e (b) definir no Contrato de Revenda quaisquer direitos ou obrigações entre o Revendedor e o Cliente em relação às Contas, aos Projetos ou aos Serviços.

20.4 Verificação do Revendedor do Aplicativo do Cliente. Antes de fornecer os Serviços, o Revendedor também poderá verificar se o Cliente é proprietário ou controlador dos Aplicativos. Se ele determinar que o Cliente não é proprietário nem controlador dos Aplicativos, o Google não terá obrigação de fornecer os Serviços.

21. Definições.

Conta” significa a Conta do Google do Cliente.

Admin Console” significa o(s) console(s) on-line e/ou ferramenta(s) fornecidos pelo Google ao Cliente para administrar os Serviços.

Afiliado” representa qualquer entidade que, direta ou indiretamente, controla uma parte, é controlada por ela ou está sob controle comum com outra parte.

Alegação” significa uma alegação de terceiros não afiliados. “Alegação” significa uma alegação de um terceiro que não seja uma coligada.

Leis Antissuborno” means all applicable commercial and public anti-bribery laws, (for example, the U.S. Foreign Corrupt Practices Act of 1977 and the UK Bribery Act 2010), which prohibit corrupt offers of anything of value, either directly or indirectly, to anyone, including government officials, to obtain or keep business or to secure any other improper commercial advantage. “Government officials” include any government employee; candidate for public office; and employee of government-owned or government-controlled companies, public international organizations, and political parties.

Política de Uso Aceitável” ou “PUA” significa a Política de Uso Aceitável em vigor no momento para os Serviços e disponível em: https://cloud.google.com/maps-platform/terms/aup/.

Características da Marca” significa os nomes e marcas comerciais, marcas de serviço, logotipos, nomes de domínio e outras características distintivas da marca de cada parte, respectivamente, conforme asseguradas por ela.

Informações Confidenciais” significa informações que uma parte ou um Afiliado divulga para outra parte de acordo com este Contrato e que são definidas como confidenciais ou que normalmente seriam consideradas confidenciais nessas circunstâncias. Isso não abrange as informações desenvolvidas de modo independente pelo destinatário, fornecidas legalmente ao destinatário por um terceiro sem obrigações de confidencialidade ou que se tornem públicas sem que o destinatário tenha culpa.

Controle” significa o controle de mais de 50% dos direitos de voto ou de participação acionária de uma parte.

Aplicativo do Cliente” significa qualquer domínio ou aplicativo da Web, incluindo todo o código-fonte e recursos, de propriedade ou controlado pelo Cliente ou que o Cliente esteja autorizado a usar.

Usuário Final do Cliente” ou “Usuário Final” significa um indivíduo ou entidade que tem permissão do Cliente para utilizar os Serviços ou os Aplicativos.

Materiais Indenizados do Cliente” significa os Aplicativos e as Características da Marca do Cliente.

Documentação” significa a documentação do Google e as atualizações dela no formato disponibilizado pelo Google para uso com os Serviços em https://developers.google.com/maps/documentation.

Produtos Derivados” são sites, aplicativos ou outros produtos dos usuários do Cliente. Por exemplo, se o Aplicativo do Cliente é uma plataforma que ajuda os usuários a criar seus próprios sites, então os sites desses usuários são considerados “Produtos Derivados”.

Problema de Segurança Emergencial” representa: (a) o uso dos Serviços pelo Cliente ou pelos Usuários Finais dele em violação à Política de Uso Aceitável, o que poderia interromper: (i) os Serviços; (ii) o uso dos Serviços por outros clientes ou os usuários finais deles; ou (iii) a Rede ou os servidores do Google usados para fornecer os Serviços; ou (b) o acesso não autorizado de terceiros aos Serviços.

Europa” ou “europeu” significa o Espaço Econômico Europeu ou a Suíça.

Leis de Controle de Exportação” significa todos os regulamentos e toda a legislação de controle de exportação e reexportação aplicáveis, incluindo quaisquer regulamentações relacionadas a munições ou defesa; por exemplo, as Regulamentações sobre o Comércio Internacional de Armas mantidas pelo Departamento de Estado dos EUA.

Período de Competência da Taxa” significa um mês civil ou outro período especificado pelo Google no Admin Console.

Limite de Taxa” significa o limite atualizado definido no Admin Console, conforme aplicável para determinados Serviços.

Feedback” significa o feedback ou sugestões, fornecidos o Google pelo Cliente, sobre os Serviços.

Taxas” significa o produto da quantidade de Serviços usados ou solicitados pelo Cliente multiplicado pelos Preços, mais os Tributos aplicáveis.

Limite de Taxa” significa o limite atualizado definido no Admin Console, conforme aplicável para determinados Serviços.

Materiais Indenizados do Google” significa a tecnologia do Google usada para fornecer os Serviços, excluindo qualquer software de código aberto, e as Características da Marca do Google.

Conteúdo do Google Maps” significa qualquer conteúdo fornecido por meio dos Serviços, criado pelo Google ou por terceiros, incluindo dados de mapas e terrenos, imagens e dados de trânsito e de lugares, inclusive fichas de empresas.

Atividades de Alto Risco” significa atividades em que o uso ou a falha dos Serviços pode levar à morte, lesões corporais ou danos ambientais, incluindo (a) serviços de resposta a emergências; (b) controle autônomo e semi-autônomo de veículos ou drones; c) navegação de navios; (d) aviação; (e) controle de tráfego aéreo; (f) operação de instalações nucleares.

HIPAA” significa a Lei de Responsabilidade e Portabilidade de Seguro de Saúde de 1996 (Health Insurance Portability and Accountability Act of 1996) e suas alterações periódicas, e quaisquer regulamentações promulgadas de acordo com seus termos.

Responsabilidades Indenizadas” diz respeito a (i) valores de acordos aprovados pela parte indenizadora; e (ii) danos e custos decorrentes de uma sentença judicial proferida contra a parte indenizada e os Afiliados dela por um tribunal competente.

incluindo” significa “incluindo, sem limitação”.

Direitos de Propriedade Intelectual” significa os direitos mundiais atuais e futuros nos termos da legislação de proteção de patentes, de direitos autorais, de segredos comerciais, de marca registrada, de direitos morais e outros direitos semelhantes.

Ordem judicial” significa uma solicitação de divulgação de dados feita mediante lei, regulamento governamental, mandado, intimação, apreensão, pedido de órgão regulatório ou agência governamental, ou outra autoridade legal, procedimento legal ou processo válido semelhante.

Termos de Serviço Específicos do Google Maps” significa os termos em https://cloud.google.com/maps-platform/terms/maps-service-terms/ específicos de um ou mais Serviços e em vigor no momento.

Serviços de Suporte Técnico do Google Maps” significa o serviço de suporte técnico fornecido pelo Google ao Cliente de acordo com as Diretrizes de Serviços de Suporte Técnico do Google Maps em vigor no momento.

Diretrizes de Serviços de Suporte Técnico do Google Maps” significa as Diretrizes de Serviços de Suporte Técnico em https://cloud.google.com/maps-platform/terms/tssg/ em vigor no momento.

Preço” significa os preços aplicáveis em https://cloud.google.com/maps-platform/pricing/sheet/ em vigor no momento.

Território Vetado” significa os países descritos em https://cloud.google.com/maps-platform/terms/maps-prohibited-territories/.

Projeto” significa um conjunto de recursos dos Serviços Principais do Google Maps selecionado pelo Cliente para um Aplicativo específico dele.

Revendedor” significa, se aplicável, o revendedor autorizado que vende ou fornece os Serviços ao Cliente.

Contrato de Revenda” significa, se aplicável, um contrato separado e independente entre o Cliente e o Revendedor em relação aos Serviços.

Formulário de Pedido do Revendedor” significa um formulário de pedido assinado pelo Revendedor e pelo Cliente, sujeito ao Contrato do Revendedor.

Serviços” e “Serviços Principais do Google Maps” significam os serviços descritos em https://cloud.google.com/maps-platform/terms/maps-services/. Os Serviços incluem o Conteúdo do Google Maps e o Software.

SLA” ou “Contrato de Nível de Serviço” significa cada contrato de nível de serviço em https://cloud.google.com/maps-platform/terms/sla/ em vigor no momento.

Software” significa quaisquer ferramentas que podem ser transferidas por download, kits de desenvolvimento de softwares ou outroS softwares de computadores de propriedade exclusiva fornecidos pelo Google em relação aos Serviços que poderão ser transferidos por download pelo Cliente, e eventuais atualizações que o Google venha a realizar nesses Softwares periodicamente.

Tributos” significa quaisquer impostos, tarifas alfandegárias ou taxas, que não o imposto de renda do Google, associados à compra dos Serviços, incluindo quaisquer multas ou juros relacionados.

Vigência” tem o significado definido na Seção 1.6 deste Contrato.

URL dos Termos” significa o URL descrito aqui: https://cloud.google.com/maps-platform/terms/.

Processo Formal de Terceiros” significa qualquer processo legal formal apresentado por um terceiro não afiliado perante um juízo ou tribunal federal, inclusive qualquer processo de apelação.

Diretrizes de Marca Registrada” significa (a) os Termos e Condições Relacionados à Marca do Google localizados em https://www.google.com/permissions/trademark/brand-terms.html; e (b) a seção “Uso de Marcas Registradas” da página de permissões “Como usar o Google Maps, o Google Earth e o Street View” na política em https://www.google.com/permissions/geoguidelines.html#geotrademark.

URLs de Termos” significa o seguinte, que, em caso de conflito, seguirá a ordem abaixo:

(a) Termos de Serviço Específicos do Google Maps

(b) SLA

(c) Política de Uso Aceitável

(d) Diretrizes de Serviços de Suporte Técnico do Google Maps

(e) Avisos Legais do Google Maps/Google Earth em https://www.google.com/help/legalnotices_maps.html e

(f) Termos de Serviço adicionais do Google Maps/Google Earth em https://maps.google.com/help/terms_maps.html

 

Versão anterior

  • Nenhum