Funções de hash no SQL padrão

FARM_FINGERPRINT

FARM_FINGERPRINT(value)

Descrição

Calcula a impressão digital da entrada STRING ou BYTES usando a função Fingerprint64 da biblioteca de código aberto FarmHash. A saída dessa função para uma entrada em particular nunca muda.

Tipo de retorno

INT64

Exemplos

WITH example AS (
  SELECT 1 AS x, "foo" AS y, true AS z UNION ALL
  SELECT 2 AS x, "apple" AS y, false AS z UNION ALL
  SELECT 3 AS x, "" AS y, true AS z
)
SELECT
  *,
  FARM_FINGERPRINT(CONCAT(CAST(x AS STRING), y, CAST(z AS STRING)))
    AS row_fingerprint
FROM example;
+---+-------+-------+----------------------+
| x | y     | z     | row_fingerprint      |
+---+-------+-------+----------------------+
| 1 | foo   | true  | -1541654101129638711 |
| 2 | apple | false | 2794438866806483259  |
| 3 |       | true  | -4880158226897771312 |
+---+-------+-------+----------------------+

MD5

MD5(input)

Descrição

Calcula o hash da entrada usando o algoritmo MD5. A entrada pode ser STRING ou BYTES. A versão da string trata a entrada como uma matriz de bytes.

Essa função retorna 16 bytes.

Tipo de retorno

BYTES

Exemplo

SELECT MD5("Hello World") as md5;

+-------------------------------------------------+
| md5                                             |
+-------------------------------------------------+
| \xb1\n\x8d\xb1d\xe0uA\x05\xb7\xa9\x9b\xe7.?\xe5 |
+-------------------------------------------------+

SHA1

SHA1(input)

Descrição

Calcula o hash da entrada usando o algoritmo SHA-1. A entrada pode ser STRING ou BYTES. A versão da string trata a entrada como uma matriz de bytes.

Essa função retorna 20 bytes.

Tipo de retorno

BYTES

Exemplo

SELECT SHA1("Hello World") as sha1;

+-----------------------------------------------------------+
| sha1                                                      |
+-----------------------------------------------------------+
| \nMU\xa8\xd7x\xe5\x02/\xabp\x19w\xc5\xd8@\xbb\xc4\x86\xd0 |
+-----------------------------------------------------------+

SHA256

SHA256(input)

Descrição

Calcula o hash da entrada usando o algoritmo SHA-256. A entrada pode ser STRING ou BYTES. A versão da string trata a entrada como uma matriz de bytes.

Essa função retorna 32 bytes.

Tipo de retorno

BYTES

Exemplo

SELECT SHA256("Hello World") as sha256;

SHA512

SHA512(input)

Descrição

Calcula o hash da entrada usando o algoritmo SHA-512. A entrada pode ser STRING ou BYTES. A versão da string trata a entrada como uma matriz de bytes.

Essa função retorna 64 bytes.

Tipo de retorno

BYTES

Exemplo

SELECT SHA512("Hello World") as sha512;
Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Precisa de ajuda? Acesse nossa página de suporte.