Locais da instância

Ao criar uma instância do Cloud SQL, você escolhe uma região para armazenar a instância e os respectivos dados. Para reduzir a latência e aumentar a disponibilidade, escolha a mesma região para dados e instâncias do Compute Engine, aplicativos do App Engine e outros serviços.

Locais regionais

Os locais regionais são locais geográficos específicos dentro de um local multirregional. Você pode criar uma instância do Cloud SQL nas seguintes regiões:

Nome da região Descrição da região
América do Norte
northamerica-northeast1 Montreal
us-central1 Iowa
us-east1 Carolina do Sul
us-east4 Virgínia do Norte
us-west1 Oregon
us-west2 Los Angeles
América do Sul
southamerica-east1 São Paulo
Europa
europe-north1 Finlândia
europe-west1 Bélgica
europe-west2 Londres
europe-west3 Frankfurt
europe-west4 Países Baixos
europe-west6 Zurique
Ásia
asia-east1 Taiwan
asia-east2 Hong Kong
asia-northeast1 Tóquio
asia-northeast2 Osaka
asia-south1 Mumbai
asia-southeast1 Cingapura
Austrália
australia-southeast1 Sydney

Zonas

As zonas são sublocais dentro de uma região. Por exemplo, uma zona chamada us-central1-a indica uma zona dentro da região us-central1. As zonas dentro da mesma região são independentes umas das outras.

Você pode definir que a zona mantenha a instância do Cloud SQL perto dos outros serviços do Google Cloud Platform. Para instâncias altamente disponíveis (instâncias regionais), você pode escolher uma zona principal, mas não a secundária.

Para saber mais sobre as zonas, consulte Geografia e regiões.

A seguir

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Cloud SQL para PostgreSQL