Como editar instâncias

Esta página descreve como editar uma instância existente do Cloud SQL.

Depois de criada, as configurações da instância podem ser editadas a qualquer momento. Para informações sobre configurações de instância e como a alteração de configurações pode afetá-la, consulte Configurações da instância.

Como editar uma instância

Console

  1. Acesse a página Instâncias do Cloud SQL no Console do Google Cloud.

    Acessar a página "Instâncias do Cloud SQL"

  2. Selecione uma instância para editar clicando no respectivo nome.
  3. Clique em Editar.
  4. Em Opções de configuração, atualize as configurações da instância:
    Configuração Observações
    Versão do banco de dados A versão do banco de dados não pode ser editada depois que a instância é criada.
    Versão do banco de dados Console: PostgreSQL 13, PostgreSQL 12 (padrão), PostgreSQL 11, PostgreSQL 10 ou PostgreSQL 9.6.
    API: POSTGRES_13, POSTGRES_12, POSTGRES_11, POSTGRES_10, POSTGRES_9_6
    Conectividade
    IP particular Adiciona um endereço IP particular à instância. Para ativar a conexão com a instância, é necessário ter configurações extras. .
    IP público Adiciona um endereço IP público à instância. Para ativar a conexão com a instância, é necessário fazer configurações adicionais.
    Tipo de máquina e armazenamento
    Núcleos Número de vCPUs da instância. Saiba mais
    Memória A quantidade de memória da instância, em GB. Saiba mais
    Tipo de armazenamento Determina se a instância usa armazenamento SSD ou HDD. Saiba mais.
    Capacidade de armazenamento A quantidade de armazenamento provisionada para a instância. Saiba mais.
    Aumento automático de armazenamento Determina se o Cloud SQL fornece automaticamente mais armazenamento para a instância quando há pouco espaço livre. Saiba mais.
    Alta disponibilidade Marque a caixa de seleção Alta disponibilidade (regional) se precisar que a instância seja configurada para alta disponibilidade. Saiba mais.
    Backups automáticos A janela do horário que você quer que os backups comecem. Saiba mais.
    Recuperação pontual Ativa a recuperação pontual e a geração de registros em tempo de gravação. Saiba mais.
    Adicionar sinalizações do banco de dados
    Sinalizações do banco de dados É possível usar sinalizações do banco de dados para controlar configurações e parâmetros na instância. Saiba mais.
    Cronograma de manutenção
    Janela de manutenção Determina uma janela de uma hora em que o Cloud SQL pode executar a manutenção disruptiva na instância. Se você não definir a janela, uma manutenção disruptiva poderá ser feita a qualquer momento. Saiba mais.
    Dia/hora da manutenção Horário de sua preferência para as atualizações de instâncias, em relação a outras instâncias no mesmo projeto. Saiba mais.

    Saiba mais sobre configurações de instância.

  5. Clique em Salvar para aplicar as alterações.

gcloud

O comando a seguir modifica o horário de início do backup.

gcloud sql instances patch [INSTANCE_NAME] --backup-start-time 16:00

Se o patch modificar um valor que requer reinicialização, você verá uma solicitação para prosseguir com a mudança ou cancelar.

REST v1beta4

O comando a seguir modifica o horário de início do backup.

Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça as substituições a seguir:

  • project-id: o ID do projeto
  • instance-id: o ID da instância

Método HTTP e URL:

PATCH https://www.googleapis.com/sql/v1beta4/projects/project-id/instances/instance-id

Corpo JSON da solicitação:

{
  "settings": {
    "backupConfiguration": {
      "startTime": "16:00",
      "enabled": true,
      "binaryLogEnabled": true
    }
  }
}

Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

Você receberá uma resposta JSON semelhante a esta:

{
  "kind": "sql#operation",
  "targetLink": "https://www.googleapis.com/sql/v1beta4/projects/project-id/instances/instance-id",
  "status": "PENDING",
  "user": "user@example.com",
  "insertTime": "2020-01-16T02:32:12.281Z",
  "operationType": "UPDATE",
  "name": "operation-id",
  "targetId": "instance-id",
  "selfLink": "https://www.googleapis.com/sql/v1beta4/projects/project-id/operations/operation-id",
  "targetProject": "project-id"
}

Se o patch modificar um valor que requer reinicialização, você verá uma solicitação para prosseguir com a mudança ou cancelar.

Para ver como a solicitação da API REST subjacente (em inglês) é criada nesta tarefa, consulte APIs Explorer na página "instances:patch" (em inglês).