Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.
Guia de início rápido: conectar-se ao Cloud SQL para MySQL pelo Cloud Shell

Conectar-se ao Cloud SQL para MySQL pelo Cloud Shell

Esta página mostra como criar e se conectar a uma instância do MySQL e realizar operações básicas de SQL usando o Console do Google Cloud e um cliente. Os recursos criados neste guia de início rápido normalmente custam menos de um dólar, supondo que você conclua as etapas, incluindo a limpeza, em tempo hábil.

Antes de começar

  1. Faça login na sua conta do Google Cloud. Se você começou a usar o Google Cloud agora, crie uma conta para avaliar o desempenho de nossos produtos em situações reais. Clientes novos também recebem US$ 300 em créditos para executar, testar e implantar cargas de trabalho.
  2. No console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  3. Verifique se o faturamento está ativado para seu projeto na nuvem. Saiba como verificar se o faturamento está ativado em um projeto.

  4. No console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  5. Verifique se o faturamento está ativado para seu projeto na nuvem. Saiba como verificar se o faturamento está ativado em um projeto.

  6. Ative as APIs do Google Cloud necessárias.

    Console

    No console do Google Cloud, acesse a página APIs.

    Acesse APIs

    Ative a API Cloud SQL Admin.

    gcloud

    Clique no botão a seguir para abrir o Cloud Shell, que fornece acesso de linha de comando aos recursos do Google Cloud diretamente no navegador. O Cloud Shell pode ser usado para executar os comandos gcloud apresentados neste guia de início rápido.

    Abra o Cloud Shell

    Execute o comando gcloud services enable da seguinte maneira usando o Cloud Shell para ativar as APIs necessárias para este guia de início rápido:

    gcloud services enable sqladmin.googleapis.com

    Esse comando ativa as seguintes APIs:

    • API Cloud SQL Admin

Configurar o Cloud SQL

Criar uma instância do Cloud SQL

Neste guia de início rápido, você usa o console do Google Cloud. Para usar a Google Cloud CLI, o cURL ou o PowerShell, consulte Criar instâncias.

  1. No console do Google Cloud, acesse a página Instâncias do Cloud SQL.

    Acesse "Instâncias do Cloud SQL"

  2. Clique em Criar instância.
  3. Clique em Escolher MySQL.
  4. Insira myinstance para o ID da instância.
  5. Digite a senha do usuário root.
  6. Clique em Criar.

    Você retornará à lista de instâncias. É possível clicar na nova instância imediatamente para ver os detalhes, mas ela não estará disponível para outras operações até que seja inicializada.

Conecte-se à instância

Neste guia de início rápido, vamos usar o cliente mysql no Cloud Shell para a conexão com a instância.

  1. No Console do Google Cloud, clique no ícone do Cloud Shell (Ícone do Cloud Shell.) no canto superior direito.

    Quando o Cloud Shell concluir a inicialização, será exibida uma mensagem como esta:

    Welcome to Cloud Shell! Type "help" to get started.
    Your Cloud Platform project in this session is set to sample-project.
    Use "gcloud config set project [PROJECT_ID]" to change to a different project.
    username@sample-project:~ (sample-project)$
    
  2. No prompt do Cloud Shell, conecte-se à instância do Cloud SQL. Use o comando gcloud sql connect da seguinte maneira. Substitua o nome da instância se o nome dela for diferente.

    gcloud sql connect myinstance --user=root
    
  3. Clique em Autorizar na caixa de mensagem para autorizar o Cloud Shell a fazer chamadas de API.

    Uma mensagem indica que o IP está sendo permitido para conexões de entrada. Depois disso, você precisará inserir sua senha.

  4. Insira a senha raiz.

    Será exibida a solicitação mysql.

Criar um banco de dados e fazer upload de dados

  1. Crie um banco de dados SQL na sua instância do Cloud SQL:
    CREATE DATABASE guestbook;
    
  2. Insira dados de exemplo no banco de dados do livro de visitas:
    USE guestbook;
    CREATE TABLE entries (guestName VARCHAR(255), content VARCHAR(255),
        entryID INT NOT NULL AUTO_INCREMENT, PRIMARY KEY(entryID));
        INSERT INTO entries (guestName, content) values ("first guest", "I got here!");
        INSERT INTO entries (guestName, content) values ("second guest", "Me too!");
    
  3. Recuperar os dados:
    SELECT * FROM entries;
    
    O resultado é:
    +--------------+-------------------+---------+
    | guestName    | content           | entryID |
    +--------------+-------------------+---------+
    | first guest  | I got here!       |       1 |
    | second guest | Me too!           |       2 |
    +--------------+-------------------+---------+
    2 rows in set (0.00 sec)
    mysql>
    

Limpar

Para evitar cobranças na sua conta do Google Cloud pelos recursos usados nesta página, siga estas etapas.

  1. No console do Google Cloud, acesse a página Instâncias do Cloud SQL.

    Acesse "Instâncias do Cloud SQL"

  2. Selecione a instância do myinstance para abrir a página Detalhes da instância.
  3. Na barra de ícones na parte superior da página, clique em Excluir.
  4. Na janela Excluir instância, digite o nome da instância e clique em Excluir.

Etapas de limpeza opcionais

Se você não estiver usando as APIs que foram ativadas como parte deste guia de início rápido, é possível desativá-las.

  • APIs que foram ativadas neste guia de início rápido:
    • API Cloud SQL Admin
  1. No console do Google Cloud, acesse a página APIs.

    Acesse APIs

  2. Selecione a API Cloud SQL Admin e clique no botão Desativar API.

A seguir