Guia de início rápido do Cloud SQL para SQL Server

Nesta página, mostramos como criar e se conectar a uma instância do SQL Server e executar operações básicas de SQL usando o Console do Google Cloud e um cliente. Os recursos criados neste guia de início rápido normalmente custam menos do que um dólar, supondo que você conclua as etapas, incluindo a limpeza, em tempo hábil.

Antes de começar

  1. Faça login na sua conta do Google.

    Se você ainda não tiver uma, inscreva-se.

  2. No Console do Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Cloud.

    Acessar a página do seletor de projetos

  3. Verifique se a cobrança está ativada para o seu projeto do Google Cloud. Saiba como confirmar se a cobrança está ativada para o seu projeto.

Criar uma instância

Neste procedimento, você usa o Console do Cloud. Para usar gcloud ou cURL, consulte Como criar instâncias.

  1. Acesse a página "Instâncias" do Cloud SQL no Console do Google Cloud.

    Acessar a página "Instâncias" do Cloud SQL

  2. Selecione o projeto e clique em Continuar.

  3. Clique em Criar instância.

  4. Clique em Escolher SQL Server.

  5. Insira myinstance para o ID da instância.

  6. Digite uma senha para o usuário sqlserver.

  7. Use os valores padrão dos outros campos.

  8. Clique em Criar.

    Você retorna à lista de instâncias. É possível clicar na nova instância imediatamente para ver os detalhes, mas ela não estará disponível até que seja inicializada.

Conectar-se à instância usando o SQL Server Management Studio

  1. Instale o SDK do Cloud. O SDK do Cloud fornece a ferramenta gcloud para interagir com o Cloud SQL e outros serviços do Google Cloud. A ferramenta gcloud usa a API Admin para acessar o Cloud SQL. Portanto, você precisa ativar a API Admin antes de usar a ferramenta gcloud para acessar o Cloud SQL.
  2. Em um prompt de comando bash shell ou no Windows PowerShell, execute o seguinte comando para inicializar a ferramenta gcloud:
    gcloud init
    
  3. Execute o seguinte comando para autenticar a ferramenta gcloud:
    gcloud auth login
    
  4. Faça o download e instale o Google Cloud SQL Proxy (consulte Como instalar o Cloud SQL Proxy). Observe o local do Cloud SQL Proxy porque você executará o proxy na próxima etapa.
  5. Execute o Cloud SQL Proxy usando um prompt de comando do shell bash (ou usando o Windows PowerShell). Especificamente, execute o seguinte comando, substituindo Instance-connection-name pelo valor correspondente da guia Visão geral do Console do Cloud (para sua instância):
    ./cloud_sql_proxy -instances=[Instance-connection-name]=tcp:1433
    

Para mais informações sobre como instalar e usar o proxy, consulte Sobre o Cloud SQL Proxy.

Conforme descrito na próxima seção, agora é possível se conectar à instância do SQL Server usando o SSMS e o endereço IP do host local.

Conectar-se usando o Pesquisador de Objetos do SSMS

  1. No SSMS, selecione Conectar-se Pesquisador de Objetos no menu Arquivo.

    Como selecionar o Pesquisador de Objetos

  2. Digite os seguintes valores na caixa de diálogo Conexão:

    1. Em "Tipo de servidor", digite Mecanismo do banco de dados.
    2. Em "Nome do servidor", insira 127.0.0.1 como o endereço IP da instância do SQL Server.
    3. Para Autenticação, digite Autenticação do SQL Server.
    4. Em "Login", digite sqlserver.
    5. Para Senha, digite a senha usada quando a instância foi criada.
  3. Clique no botão Conectar.

Criar um banco de dados e fazer upload de dados

  1. Na janela do Pesquisador de objetos do SSMS, clique com o botão direito do mouse no nó Bancos de dados abaixo da instância e selecione Novo banco de dados.

    Como selecionar novo banco de dados

  2. Insira testdb para o Nome do banco de dados e clique no botão OK.

    Digitar o nome do banco de dados do testdb na caixa de diálogo

  3. No banco de dados testdb recém-criado, clique com o botão direito do mouse no nó Tabelas e selecione Nova > Tabela.

    Selecionar nova tabela

  4. Digite os seguintes valores na caixa de diálogo Criar tabela:

    1. Na janela Propriedades, em Identidade > Nome, digite livro de visitas.
    2. No primeiro Nome da coluna, digite entryID, defina "Tipo de dados" como int e desmarque a caixa de seleção Permitir valores nulos.
      1. Na janela Propriedades da coluna, expanda o item Especificação da identidade e defina (É identidade) como Sim.
    3. No segundo Nome da coluna, insira guestname e defina o tipo de dados como varchar(255).
    4. No terceiro Nome da coluna, insira content e defina o tipo de dados como varchar(255).

    Inserir valores para uma tabela

  5. Clique no menu Arquivo e selecione Salvar livro de visitas.

    Salvar a tabela do livro de visitas

  6. Clique com o botão direito do mouse na tabela testdb em Bancos de dados e selecione Nova consulta.

    Para testdb, selecione

  7. Digite as duas instruções INSERT a seguir na janela de texto Consulta SQL e clique no botão Executar.

    INSERT INTO guestbook (guestName, content) values ('first guest', 'I got here!');
    
    INSERT INTO guestbook (guestName, content) values ('second guest', 'Me too!');
    

    Como exemplo: Inserir duas instruções Insert

  8. Expanda o item Tabelas no item Banco de dados > testdb na janela Pesquisador de objetos. Clique com o botão direito do mouse na tabela dbo.guestbook e escolha Selecionar as 1.000 linhas principais.

    Selecionar as linhas principais

Os dois registros inseridos são exibidos como Resultados, junto à instrução SELECT SQL usada para consultar os registros.

Ver os resultados da sua consulta

Limpar

Para evitar cobranças na sua conta do Google Cloud pelos recursos usados neste guia de início rápido, siga estas etapas:

  1. Acesse a página "Instâncias" do Cloud SQL no Console do Google Cloud.
    Acessar a página "Instâncias" do Cloud SQL
  2. Selecione a instância do myinstance para abrir a página Detalhes da instância.
  3. Na barra de ícones na parte superior da página, clique em Excluir.
  4. Na janela Excluir instância, digite myinstance e clique em Excluir para excluir a instância.

    Após a exclusão da instância, o respectivo nome não poderá ser usado por aproximadamente sete dias.

A seguir

Com base nas suas necessidades, é possível saber mais sobre como criar instâncias do Cloud SQL.

Também é possível aprender a criar usuários do SQL Server e bancos de dados para sua instância do Cloud SQL.

Consulte também as informações de preços do Cloud SQL.

Neste guia de início rápido, você se conectou à instância usando o Cloud Shell. Na maioria dos casos de uso, o método de conexão depende da configuração de rede e considera:

  • se a instância do Cloud SQL tem um endereço IP público ou privado;
  • se você está se conectando de dentro do Google Cloud (do mesmo projeto ou de um projeto diferente);
  • se você está se conectando de fora do Google Cloud.

Saiba mais sobre estas situações:

Além disso, é possível aprender a se conectar a uma instância do Cloud SQL usando outros aplicativos do Google Cloud, como: