Como mapear domínios personalizados

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

É possível usar um domínio personalizado em vez do endereço padrão fornecido pelo Cloud Run para um serviço implantado.

Há algumas maneiras de configurar um domínio personalizado para um serviço do Cloud Run:

É possível mapear vários domínios personalizados para o mesmo serviço do Cloud Run.

Antes de começar

Compre um domínio novo, a menos que você já tenha um e queira usá-lo. É possível usar qualquer registrador de domínios.

Se você quiser registrar um domínio com o Cloud Domains, consulte Como registrar um domínio com o Cloud Domains no console do Cloud Run.

Mapear um domínio personalizado utilizando um balanceador de carga HTTP(S) externo global

Com essa opção, você vai adicionar um balanceador de carga HTTP(S) externo na frente do serviço do Cloud Run e configurar um domínio personalizado no nível do balanceador de carga.

Uma vantagem de usar um balanceador de carga HTTP(S) externo global é que ele oferece muito controle sobre a configuração do domínio personalizado. Por exemplo, é possível usar seu próprio certificado TLS ou encaminhar caminhos de URL específicos para o serviço do Cloud Run. Ele também permite que você configure o Cloud CDN para armazenamento em cache e o Google Cloud Armor para maior segurança.

Também é possível mapear vários serviços para um nome de host ou caminho dinâmico no padrão de URL de domínio personalizado para um único balanceador de carga, por exemplo, <service>.example.com, usando máscaras de URL.

Siga Configurar um balanceador de carga HTTP(S) externo global com o Cloud Run para mapear um domínio personalizado usando um balanceador de carga HTTP(S) externo global.

Mapear um domínio personalizado usando o Firebase Hosting

Com essa opção, você vai configurar o Firebase Hosting na frente do serviço do Cloud Run e conectar um domínio de configuração ao Firebase Hosting.

O uso do Firebase Hosting tem um preço baixo e, opcionalmente, permite que você hospede e exiba conteúdo estático junto com o conteúdo dinâmico exibido pelo serviço do Cloud Run.

Para mapear um domínio personalizado usando o Firebase Hosting:

  1. Adicione o Firebase ao projeto do Google Cloud.
  2. Instalar a CLI do Firebase
  3. Em uma pasta diferente do código-fonte do serviço, crie um arquivo firebase.json com o seguinte conteúdo:

      {
        "hosting": {
          "rewrites": [{
            "source": "**",
            "run": {
              "serviceId": "SERVICE_NAME",
              "region": "REGION"
            }
          }]
        }
      }
    

    Substitua SERVICE_NAME e REGION pelo nome e região do serviço do Cloud Run.

  4. Implante a configuração do Firebase Hosting:

    firebase deploy --only hosting --project PROJECT_ID
  5. Conecte um domínio personalizado ao Firebase Hosting

Leia mais sobre o Firebase Hosting e o Cloud Run.

Mapear um domínio personalizado usando o mapeamento de domínio do Cloud Run (disponibilidade limitada)

Limitações de mapeamento de domínio do Cloud Run

Os mapeamentos de domínio do Cloud Run estão disponíveis nas seguintes regiões:

  • asia-east1
  • asia-northeast1
  • asia-southeast1
  • europe-north1
  • europe-west1
  • europe-west4
  • us-central1
  • us-east1
  • us-east4
  • us-west1

Para mapear domínios personalizados em outras regiões, use uma das outras opções.

Ao usar mapeamentos de domínio do Cloud Run, você mapeia um domínio personalizado para o serviço e atualiza seus registros DNS. É possível mapear um domínio, como example.com, ou um subdomínio, como subdomain.example.com. Você só pode mapear um domínio para /, não para um caminho de URL específico, como /users.

Não é possível usar certificados curinga com esse recurso. Se você precisar oferecer compatibilidade com caracteres curinga, use o balanceador de carga externo.

As seguintes considerações se aplicam:

  • Um certificado gerenciado para conexões HTTPS é emitido e renovado automaticamente quando você mapeia um serviço para um domínio personalizado.
  • O provisionamento do certificado SSL geralmente leva cerca de 15 minutos, mas pode levar até 24 horas.
  • Não é possível carregar e usar seus próprios certificados.

Mapear um domínio personalizado para um serviço

Use o Console do Google Cloud ou a CLI gcloud se quiser mapear um domínio personalizado para um serviço.

Console

  1. Abra a página de mapeamentos de domínio no Console do Google Cloud:
    página de mapeamentos de domínio

    Se a sua janela de exibição for muito pequena, o botão Mapeamento de domínios personalizados não será exibido, e você precisará clicar no ícone de três pontos verticais no canto direito da página.

  2. Na página Mapeamentos de domínio, clique em Adicionar mapeamento.

  3. Na lista suspensa no formulário Adicionar mapeamento, selecione o serviço para o qual você está mapeando o domínio personalizado:

    Adicionar mapeamentos de domínio

  4. Insira o nome do domínio.

  5. Clique em Continuar.

  6. Você precisa verificar a propriedade de um domínio antes de poder usá-lo, a menos que tenha comprado seu domínio do Google. Se você quiser mapear subdomain.example.com ou subdomain1.subdomain2.example.com, verifique a propriedade de example.com. Para mais informações sobre como verificar a propriedade do domínio, consulte a Ajuda da Central do webmaster.

  7. Atualize seus registros DNS no site de registro de domínios usando os registros DNS exibidos na última etapa. É possível exibir os registros a qualquer momento clicando em Registros DNS no menu de ação "…" para um mapeamento de domínio.

  8. Clique em Concluído.

Linha de comando

  1. Você precisa verificar a propriedade do domínio na primeira vez que usá-lo no projeto do Google Cloud, a menos que tenha comprado seu domínio personalizado do Google. É possível determinar se o domínio personalizado que você quer usar foi verificado usando o comando:

    gcloud domains list-user-verified

    Se sua propriedade do domínio precisar ser verificada, abra a página de verificação da Central do webmaster:

    gcloud domains verify BASE-DOMAIN

    em que BASE-DOMAIN é o domínio de base que você quer confirmar. Por exemplo, se quiser mapear subdomain.example.com, confirme a propriedade de example.com.

    Na Central do webmaster, conclua a verificação de propriedade do domínio. Para mais informações, consulte a Ajuda da Central do webmaster.

  2. Mapeie seu serviço para o domínio personalizado:

    gcloud beta run domain-mappings create --service SERVICE --domain DOMAIN
    • Substitua SERVICE pelo nome do serviço.
    • Substitua DOMAIN pelo seu domínio personalizado, por exemplo, example.com ou subdomain.example.com.

Adicionar seus registros de DNS ao registro de domínios

Depois de mapear seu serviço para um domínio personalizado no Cloud Run, é preciso atualizar seus registros DNS no registrador de domínios. Para facilitar, o Cloud Run gera e exibe os registros DNS que você precisa inserir. Adicione esses registros que apontam ao serviço Cloud Run no registrador de domínios para que o mapeamento entre em vigor.

Se você estiver usando o Cloud DNS como provedor de DNS, consulte Como adicionar um registro.

  1. Recupere as informações de registro DNS para seus mapeamentos de domínio usando:

    Console

    1. Acesse a página de mapeamentos de domínio do Cloud Run:
      Página de mapeamentos de domínio

    2. Clique no ícone de três pontos à direita do seu serviço e, em seguida, clique em REGISTROS DNS para exibir todos os registros:

    selecionar registros DNS

    Linha de comando

    gcloud beta run domain-mappings describe --domain [DOMAIN]

    Substitua [DOMAIN] pelo seu domínio personalizado, por exemplo, example.com ou subdomain.example.com.

    Você precisa de todos os registros retornados no cabeçalho resourceRecords.

  2. Faça login na conta do registro de domínios e abra a página de configuração de DNS.

  3. Localize a seção de registros de host da página de configuração do domínio e adicione cada um dos registros de recurso que você recebeu ao mapear o domínio para o serviço do Cloud Run.

  4. Quando você adiciona cada um dos registros de DNS acima à conta no provedor de DNS:

    • selecione o tipo retornado no registro de DNS na etapa anterior: A, ou AAAA ou CNAME;
    • use o nome www para mapear para www.example.com;
    • use o nome @ para mapear example.com.
  5. Salve as alterações na página de configuração do DNS da conta do domínio. Na maioria dos casos, leva apenas alguns minutos para que essas alterações entrem em vigor. No entanto, em alguns casos, pode levar várias horas, dependendo do registrador e do time to live (TTL) (em inglês) de qualquer registro DNS anterior para seu domínio. É possível usar uma ferramenta dig, como esta versão dig on-line, para confirmar se os registros de DNS foram atualizados.

  6. Teste navegando até o serviço no novo URL, por exemplo, https://www.example.com. Pode levar alguns minutos para que o certificado SSL gerenciado seja emitido.

Adicionar proprietários de domínio verificados a outros usuários ou contas de serviço

Quando um usuário verifica um domínio, esse domínio só é verificado para a conta desse usuário. Isso significa que somente ele pode adicionar mapeamentos que usam esse mesmo domínio. Assim, para permitir que outros usuários adicionem mapeamentos, é preciso adicioná-los como proprietários verificados.

Se você precisar adicionar proprietários verificados do seu domínio a outros usuários ou contas de serviço, poderá adicionar permissão por meio da página da Central do webmaster :

  1. Navegue até este endereço no seu navegador da Web:

    https://www.google.com/webmasters/verification/home

  2. Em Propriedades, clique no domínio para o qual você quer adicionar um usuário ou uma conta de serviço.

  3. Vá até a lista de Proprietários verificados, clique em Adicionar um proprietário e insira o e-mail da Conta do Google ou o ID da conta de serviço.

    Para ver uma lista das contas de serviço, abra a página "Contas de serviço" no Console do Google Cloud:

    Acessar a página "Contas de serviço"

Excluir um mapeamento de domínio do Cloud Run

Use o Console do Google Cloud ou a ferramenta de linha de comando gcloud para excluir um mapeamento de domínio.

Console

  1. Abra a página de mapeamentos de domínio no Console do Google Cloud:
    página de mapeamentos de domínio

  2. Na página Mapeamentos de domínio, selecione o mapeamento que você quer excluir e clique em Excluir.

Linha de comando

  1. Exclua o mapeamento de domínio:

    gcloud beta run domain-mappings delete --domain DOMAIN
    • Substitua DOMAIN pelo seu domínio personalizado, por exemplo, example.com ou subdomain.example.com.

Registrar um domínio com o Cloud Domains no console do Cloud Run

Para registrar um domínio com o Cloud Domains no console do Cloud Run, siga estas etapas:

  1. Acesse o Cloud Run
  2. Clique em Gerenciar domínios personalizados.
  3. Clique em Registrar domínio.
  4. Conclua o processo de registro seguindo as instruções em Como registrar um domínio.
  5. Mapeie seu domínio para o Cloud Run e adicione registros DNS ao seu registrador de domínios.