Usar o Painel de desempenho

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

As métricas do painel de desempenho são coletadas automaticamente para seu projeto e para as métricas gerais do Google Cloud nos seguintes tipos de tráfego:

  • Métricas de latência e perda de pacotes para cada par de zonas do Google Cloud.
  • Métricas de latência entre regiões em que há instâncias de VM e os locais da Internet se comunicando com as VMs.

Você não precisa configurar nada, mas é necessário ter um determinado número de VMs no projeto para conseguir bons resultados para a visualização de desempenho do projeto. Para mais informações, consulte Métricas.

Pode levar até 10 minutos para que os eventos que afetam as métricas do painel de desempenho sejam exibidos.

Para ver as métricas do projeto, clique em Ver o desempenho do projeto na parte superior da página do painel de desempenho. Para ver métricas globais, clique em Ver o desempenho de todo o Google Cloud.

Ver informações sobre a perda de pacotes específica de projeto

O gráfico de perda de pacotes mostra a perda de pacotes ao longo do tempo. O eixo vertical mostra a porcentagem de perda de pacotes e o eixo horizontal mostra quando as perdas ocorreram.

Console

  1. No Console do Google Cloud, acesse a página Perda de pacotes.

    Acessar "Perda de pacotes"

  2. No menu Locais, selecione as regiões cujos dados você quer visualizar. É possível selecionar até cinco regiões. Por padrão, se você não selecionar as regiões, as informações serão exibidas para todas as regiões.
  3. Escolha um intervalo de visualização usando os botões na parte superior do gráfico, de 1 hora a 6 semanas.
  4. No eixo horizontal, clique em um horário para mostrar um mapa de calor da perda média de pacotes entre pares de zonas naquele momento. Deslize o seletor de horário para mostrar a perda de pacotes em diferentes momentos.
  5. No mapa de calor, clique em um quadrado específico para ver um gráfico bidirecional de perda de pacotes entre essas duas zonas.

No caso de projetos de serviço da VPC compartilhada, projetos de serviço individuais podem não conseguir ver todas as informações. Por exemplo, suponha que um projeto de serviço tenha VMs em apenas uma zona, enquanto outro tem VMs somente em outra zona. Se os dois conjuntos de VMs estiverem trocando tráfego, cada projeto de serviço verá apenas a perda de pacotes para o tráfego destinado às respectivas VMs.

Da mesma forma, no caso de redes de nuvem privada virtual (VPC) em peering que residem em projetos diferentes, cada projeto vê a perda de pacotes apenas para o tráfego destinado às respectivas VMs.

Para saber como ver informações de mais de um projeto, consulte Desempenho da rede para vários projetos.

Ver informações sobre perda de pacotes na visualização de desempenho do Google Cloud

O gráfico de perda de pacotes mostra a perda de pacotes ao longo do tempo. O eixo vertical mostra a porcentagem de perda de pacotes, e o eixo horizontal mostra quando as perdas ocorreram nas regiões escolhidas.

Console

  1. No Console do Google Cloud, acesse a página Perda de pacotes.

    Acessar "Perda de pacotes"

  2. No menu Locais, selecione as regiões cujos dados você quer visualizar. É possível selecionar até cinco regiões. Por padrão, se você não selecionar as regiões, as informações serão exibidas para todas as regiões.
  3. Escolha um intervalo de visualização usando os botões na parte superior do gráfico, de 1 hora a 6 semanas.
  4. No eixo horizontal, clique em um horário para mostrar um mapa de calor da perda média de pacotes entre pares de zonas naquele momento. Deslize o seletor de horário para mostrar a perda de pacotes em diferentes momentos.
  5. No mapa de calor, clique em um quadrado específico para ver um gráfico bidirecional de perda de pacotes entre essas duas zonas.

Ver informações de latência específicas do projeto do Google Cloud entre os tipos de tráfego de zonas

O gráfico de latência mostra a latência mediana em todas as zonas do projeto ao longo do tempo. O eixo vertical mostra a latência mediana em milissegundos (ms) e o eixo horizontal mostra a alteração ao longo do tempo.

Console

  1. No Console do Google Cloud, acesse visualização de desempenho do projeto na página de Latência.

    Acessar "Latência"

  2. No menu Tipo de tráfego, selecione o tipo de tráfego Google Cloud entre zonas para ver os dados de latência entre as VMs.

    Para ver os dados de latência entre VMs e endpoints da Internet, consulte Visualizar informações de latência da Internet para o tipo de tráfego do Google Cloud.

  3. No menu Locais, selecione as regiões cujos dados você quer visualizar. É possível selecionar até cinco regiões. Por padrão, se você não selecionar as regiões, as informações serão exibidas para todas as regiões. Para ver mapas de zona específicos, você também pode selecionar os quadrados do par de regiões diretamente no mapa de calor.

  4. Escolha um intervalo de visualização usando os botões na parte superior do gráfico, de 1 hora a 6 semanas.

  5. No eixo horizontal, clique em um horário para mostrar um mapa de calor de latência mediana entre pares de zona naquele momento. Deslize o seletor de horário para mostrar a latência em momentos diferentes.

  6. Na visualização de latência entre as zonas do mapa de calor, clique em um quadrado específico. Em "Detalhes de latência" da página do projeto que aparece, é possível ver o gráfico de latência bidirecional entre essas duas zonas e uma tabela que mostra a latência entre as VMs e as zonas. A tabela de latência lista as VMs, os projetos e os detalhes de latência correspondentes.

  7. Para restringir os resultados das VMs e visualizar os detalhes de latência, crie uma consulta de filtro avançado usando uma propriedade.

  8. Para ver os detalhes de latência da VM na página de monitoramento, clique em Ver monitoramento.

O mapa de calor de latência mostra apenas pares de zonas com tráfego suficiente para fornecer informações de latência.

No caso de projetos de serviço com VPC compartilhada, os projetos de serviço individuais não veem as métricas de latência do projeto host.

Da mesma forma, no caso de redes VPC com peering que ficam em projetos diferentes, os projetos individuais não observam a latência do tráfego movendo-se entre as redes.

Para mais detalhes, consulte Latência.

Ver informações de latência na visualização de desempenho do Google Cloud para Google Cloud entre os tipos de tráfego de zonas

O gráfico de latência da visualização do desempenho global mostra a latência mediana em todas as VMs implantadas no Google Cloud. O eixo vertical mostra a latência mediana em milissegundos (ms) e o eixo horizontal mostra a alteração ao longo do tempo.

Console

  1. No Console do Google Cloud, acesse a página Latência da Visualização de desempenho do Google Cloud.

    Acessar "Latência"

  2. No menu Tipo de tráfego, selecione o tipo de tráfego Google Cloud entre zonas para ver os dados de latência entre as VMs.

    Para ver os dados de latência entre VMs e endpoints da Internet, consulte Visualizar informações de latência da Internet para o tipo de tráfego do Google Cloud.

  3. No menu Locais, selecione as regiões cujos dados você quer visualizar. É possível selecionar até cinco regiões. Por padrão, se você não selecionar as regiões, as informações serão exibidas para todas as regiões.

  4. Escolha um intervalo de visualização usando os botões na parte superior do gráfico, de 1 hora a 6 semanas.

  5. No eixo horizontal, clique em um horário para mostrar um mapa de calor de latência mediana entre pares de zona naquele momento. Deslize o seletor de horário para mostrar a latência em momentos diferentes.

  6. No mapa de calor, clique em um quadrado específico para ver um gráfico bidirecional de latência entre essas duas zonas.

Ver informações de latência específicas do projeto da Internet para o tipo de tráfego do Google Cloud

O gráfico de latência mostra a latência mediana entre as regiões do Google Cloud e os endpoints da Internet. O eixo vertical mostra a latência mediana em milissegundos (ms) e o eixo horizontal mostra a alteração ao longo do tempo.

Console

  1. No Console do Google Cloud, para visualizar dados de latência específicos do projeto entre o Google Cloud e a Internet, acesse a página Visualização de desempenho do projeto na página Latência.

    Ir para a latência do projeto

  2. No menu Tipo de tráfego, selecione Internet para Google Cloud para visualizar os dados de latência entre VMs e endpoints da Internet.

  3. No menu Locais, selecione as regiões cujos dados você quer visualizar. É possível selecionar até cinco regiões. Por padrão, se você não selecionar as regiões, as informações serão exibidas para cinco regiões com menor latência.

  4. No menu Nível da rede, selecione o nível Padrão ou Premium. Para mais informações sobre níveis, consulte Visão geral dos níveis de serviço de rede.

  5. Escolha um intervalo de visualização usando os botões na parte superior do gráfico, de 1 hora a 6 semanas.

  6. Para selecionar um país específico, use a propriedade País no campo "Filtro".

  7. Na tabela "Latência" exibida, clique em Visualizar gráfico para ver a latência entre as VMs nos locais selecionados e nos endpoints da Internet. Os detalhes da latência da página do seu projeto são exibidos.

  8. Refine ainda mais o gráfico usando as propriedades no campo Filtro.

    O gráfico de latência mostra os detalhes da latência do intervalo selecionado, além dos valores de latência agregados na legenda abaixo do gráfico.

Ver informações de latência na visualização de desempenho do Google Cloud para o tipo de tráfego da Internet para Google Cloud

O gráfico de latência mostra a latência mediana entre as regiões do Google Cloud e os endpoints da Internet. O eixo vertical mostra a latência mediana em milissegundos (ms) e o eixo horizontal mostra a alteração ao longo do tempo.

Console

  1. No Console do Google Cloud, acesse a página Latência de visualização do Google Cloud para visualizar os dados de latência entre todas as VMs no Google Cloud e na Internet.

    Acessar a latência do Google Cloud

  2. No menu Tipo de tráfego, selecione Internet para Google Cloud para visualizar os dados de latência entre VMs e endpoints da Internet.

  3. No menu Locais, selecione as regiões cujos dados você quer visualizar. É possível selecionar até cinco regiões. Por padrão, se você não selecionar as regiões, as informações serão exibidas para cinco regiões com menor latência.

  4. No menu Nível da rede, selecione o nível Padrão ou Premium. Para mais informações sobre níveis, consulte Visão geral dos níveis de serviço de rede.

  5. Escolha um intervalo de visualização usando os botões na parte superior do gráfico, de 1 hora a 6 semanas.

  6. Refine ainda mais o gráfico usando as propriedades no campo Filtro.

    O gráfico de latência mostra os detalhes da latência do intervalo selecionado, além dos valores de latência agregados na legenda abaixo do gráfico.

Alterar o escopo do projeto

Para usar um escopo de métricas atual e monitorar vários projetos do Google Cloud em uma única visualização, selecione o projeto de escopo usando o seletor de projetos do Console do Google Cloud ou o botão Alterar o escopo. Também é possível selecionar um único projeto de monitoramento usando essas opções.

A seguir