Como entender modelos reutilizáveis

Ao desenvolver um aplicativo, você provavelmente precisará de arquiteturas complexas. Para facilitar a replicação e a solução de problemas na implantação, recomendamos que você divida a configuração em modelos.

Um modelo é um arquivo separado que define um conjunto de recursos. É possível reutilizar modelos em diferentes implantações, o que gera consistência em implantações complexas.

É possível usar o Python ou o Jinja2 para criar modelos para o Deployment Manager. Recomendamos o uso de modelos Python porque ele fornece maior flexibilidade e mais recursos conforme você dimensiona seu aplicativo.

Modelos no Python

Para gravar modelos no Python, eles precisam atender a estes requisitos:

  • O modelo deve ser escrito em Python 3.x

  • É preciso que seja definido pelo modelo um método chamado GenerateConfig(context) ou generate_config(context). Se você usar os dois nomes de método no mesmo modelo, o método generate_config() terá precedência.

    O objeto context contém metadados sobre a implantação e seu ambiente, como o nome da implantação, o projeto atual e assim por diante. Você usará essas variáveis específicas da implantação nas etapas posteriores.

  • O método precisa retornar um dicionário de Python.

Como examinar modelos de amostra

No repositório de amostras, abra vm-template.py:

cd deploymentmanager-samples/examples/v2/step_by_step_guide/step5_create_a_template/python

nano vm-template.py  # use your preferred text editor

Este modelo define a primeira máquina virtual (VM) das amostras anteriores:

# Copyright 2016 Google Inc. All rights reserved.
#
# Licensed under the Apache License, Version 2.0 (the "License");
# you may not use this file except in compliance with the License.
# You may obtain a copy of the License at
#
#     http://www.apache.org/licenses/LICENSE-2.0
#
# Unless required by applicable law or agreed to in writing, software
# distributed under the License is distributed on an "AS IS" BASIS,
# WITHOUT WARRANTIES OR CONDITIONS OF ANY KIND, either express or implied.
# See the License for the specific language governing permissions and
# limitations under the License.

"""Creates the virtual machine."""

COMPUTE_URL_BASE = 'https://www.googleapis.com/compute/v1/'

def GenerateConfig(unused_context):
  """Creates the first virtual machine."""

  resources = [{
      'name': 'the-first-vm',
      'type': 'compute.v1.instance',
      'properties': {
          'zone': 'us-central1-f',
          'machineType': ''.join([COMPUTE_URL_BASE, 'projects/MY_PROJECT',
                                  '/zones/us-central1-f/',
                                  'machineTypes/f1-micro']),
          'disks': [{
              'deviceName': 'boot',
              'type': 'PERSISTENT',
              'boot': True,
              'autoDelete': True,
              'initializeParams': {
                  'sourceImage': ''.join([COMPUTE_URL_BASE, 'projects/',
                                          'debian-cloud/global/',
                                          'images/family/debian-9'])
              }
          }],
          'networkInterfaces': [{
              'network': '$(ref.a-new-network.selfLink)',
              'accessConfigs': [{
                  'name': 'External NAT',
                  'type': 'ONE_TO_ONE_NAT'
              }]
          }]
      }
  }]
  return {'resources': resources}

Abra o segundo modelo, vm-template-2.py, que define a segunda VM:

# Copyright 2016 Google Inc. All rights reserved.
#
# Licensed under the Apache License, Version 2.0 (the "License");
# you may not use this file except in compliance with the License.
# You may obtain a copy of the License at
#
#     http://www.apache.org/licenses/LICENSE-2.0
#
# Unless required by applicable law or agreed to in writing, software
# distributed under the License is distributed on an "AS IS" BASIS,
# WITHOUT WARRANTIES OR CONDITIONS OF ANY KIND, either express or implied.
# See the License for the specific language governing permissions and
# limitations under the License.

"""Creates the virtual machine."""

COMPUTE_URL_BASE = 'https://www.googleapis.com/compute/v1/'

def GenerateConfig(unused_context):
  """Creates the second virtual machine."""

  resources = [{
      'name': 'the-second-vm',
      'type': 'compute.v1.instance',
      'properties': {
          'zone': 'us-central1-f',
          'machineType': ''.join([COMPUTE_URL_BASE, 'projects/MY_PROJECT',
                                  '/zones/us-central1-f/',
                                  'machineTypes/g1-small']),
          'disks': [{
              'deviceName': 'boot',
              'type': 'PERSISTENT',
              'boot': True,
              'autoDelete': True,
              'initializeParams': {
                  'sourceImage': ''.join([COMPUTE_URL_BASE, 'projects/',
                                          'debian-cloud/global',
                                          '/images/family/debian-9'])
              }
          }],
          'networkInterfaces': [{
              'network': '$(ref.a-new-network.selfLink)',
              'accessConfigs': [{
                  'name': 'External NAT',
                  'type': 'ONE_TO_ONE_NAT'
              }]
          }]
      }
  }]
  return {'resources': resources}

Em ambos os modelos, substitua MY_PROJECT pelo ID do projeto.

Como importar modelos

Depois de criar modelos, você precisa importá-los para sua configuração. Abra o novo two-vms.yaml:

cd deploymentmanager-samples/examples/v2/step_by_step_guide/step5_create_a_template/python

nano two-vms.yaml  # use your preferred text editor

Este arquivo de configuração tem uma nova seção imports que chama os dois modelos de VM, vm-template.py e vm-template-2.py:

# Copyright 2016 Google Inc. All rights reserved.
#
# Licensed under the Apache License, Version 2.0 (the "License");
# you may not use this file except in compliance with the License.
# You may obtain a copy of the License at
#
#     http://www.apache.org/licenses/LICENSE-2.0
#
# Unless required by applicable law or agreed to in writing, software
# distributed under the License is distributed on an "AS IS" BASIS,
# WITHOUT WARRANTIES OR CONDITIONS OF ANY KIND, either express or implied.
# See the License for the specific language governing permissions and
# limitations under the License.

imports:
- path: vm-template.py
- path: vm-template-2.py

# In the resources section below, the properties of the resources are replaced
# with the names of the templates.
resources:
- name: vm-1
  type: vm-template.py
- name: vm-2
  type: vm-template-2.py
- name: a-new-network
  type: compute.v1.network
  properties:
    routingConfig:
      routingMode: REGIONAL
    autoCreateSubnetworks: true

Uma observação sobre nomes de recursos

Quando você usa um modelo, os nomes dos recursos são definidos usando o campo name fornecido no modelo, não o nome no arquivo de configuração.

Por exemplo, nesse caso, as instâncias de VM são criadas usando os nomes nos modelos the-first-vm e the-second-vm. Os valores vm-1 e vm-2, definidos na configuração, são usados para nomear uma instância do modelo, mas não são nomes de recurso.

Como salvar e implantar a configuração

Para implantar a configuração, execute este comando:

gcloud deployment-manager deployments create deployment-with-templates --config two-vms.yaml

Para ver a implantação, execute este comando:

gcloud deployment-manager deployments describe deployment-with-templates

Pensando no futuro: como usar vários modelos

Na próxima etapa, combine modelos para que sua configuração chame apenas um modelo para implantar todos os recursos.

Como excluir a implantação

Antes de continuar, recomendamos que você exclua a implantação para evitar cobranças. Você não precisa desta implantação para a próxima etapa. Execute o seguinte comando para excluir a implantação:

gcloud deployment-manager deployments delete deployment-with-templates