Como testar conexões

Antes de usar as conexões de Interconexão dedicada, o Google precisa verificar se suas conexões com a rede de borda do Google estão funcionando. Para fazer isso, ele enviará a você uma configuração de endereço IP que precisa ser aplicada no seu roteador local.

Essa configuração varia dependendo se você solicitar um circuito (um circuito de 10 Gbps ou um circuito de 100 Gbps) ou mais de um circuito (vários circuitos de 10 Gbps ou vários circuitos de 100 Gbps).

As seções a seguir descrevem dois procedimentos de teste diferentes. O primeiro é para uma conexão de circuito único, e o segundo é para uma de vários circuitos.

Para definições de termos usados nesta página, consulte Termos-chave do Cloud Interconnect.

Para ajudar a resolver problemas comuns que você pode encontrar ao usar a interconexão dedicada, consulte Solução de problemas.

Teste de uma conexão de circuito único (um circuito de 10 Gbps ou 100 Gbps)

  1. O Google verifica o sinal na porta do dispositivo de borda para seu roteador local a cada 24 horas. A recepção do sinal de luz indica que sua conexão foi instalada. Após fazer isso, o Google envia um e-mail com um endereço IP que ele usa para dar um ping no seu roteador local com o objetivo de verificar o circuito.
  2. Configure a interface do roteador local com o endereço IP de link local correto e defina o LACP nessa interface. Mesmo que haja apenas um circuito na conexão do Cloud Interconnect, você ainda precisará usar o LACP.

    O exemplo a seguir mostra uma configuração de endereço IP semelhante à que o Google envia para o teste. Substitua esses valores pelos números fornecidos para sua rede pelo Google.

    Endereço IP de link local do Google Endereço IP de link local do seu roteador Tamanho da sub-rede
    169.254.0.1 169.254.0.2 /30
  3. O endereço IP de teste que você recebeu deve ser usado na interface do seu roteador local que se conecta ao Google. Para testar, você precisa configurar essa interface no modo de acesso sem inclusão de tag VLAN. Para configurar uma amostra, consulte Como configurar roteadores no local para testes.

  4. O Google testa sua conexão ao dar um ping no endereço IP de link local com o LACP ativado. Ele faz o teste uma vez, 30 minutos depois de detectar o sinal e, após isso, a cada 24 horas.

    • Após um teste bem-sucedido, o Google enviará um e-mail informando que sua conexão está pronta para uso.
    • Se um teste de conexão falhar, o Google fará outro automaticamente uma vez por dia durante uma semana.

Para corrigir problemas, consulte a orientação de pacotes de link único no guia de solução de problemas.

Teste de uma conexão de vários circuitos (vários circuitos de 10 Gbps ou 100 Gbps)

Quando você solicita uma conexão do Interconnect que tem vários circuitos, o Google realiza dois testes de ping separados. O primeiro verifica cada circuito sem o LACP, e o segundo testa a conexão agrupada final com o LACP ativado.

Teste de ping 1

  1. O Google verifica o sinal na porta do dispositivo de borda para seu roteador local a cada 24 horas. A recepção do sinal indica que suas conexões foram instaladas. Após isso, o Google envia um e-mail com instruções do primeiro teste.
  2. Configure as interfaces do roteador local com os endereços IP públicos do e-mail. Não ative o LACP por enquanto.

    O exemplo a seguir mostra uma configuração de endereço IP semelhante à que o Google envia para um teste, quando você solicitar com dois circuitos. Substitua esses valores pelos números fornecidos para sua rede pelo Google.

    Nome da demarcação do Google Endereço IP do Google Endereço IP do seu roteador Tamanho da sub-rede
    Google demarc 1 192.0.2.1 192.0.2.2 /30
    Google demarc 2 198.51.100.1 198.51.100.2 /30
  3. O endereço IP de teste que você recebeu deve ser usado nas interfaces adequadas do seu roteador local que se conecta ao Google. Para testar, você precisa configurar essas interfaces no modo de acesso sem inclusão de tag VLAN.

  4. O Google testa sua conexão ao dar um ping no endereço IP com o LACP desativado. Ele faz o teste uma vez, 30 minutos depois de detectar o sinal e, após isso, a cada 24 horas.

    • Se o teste for bem-sucedido, prossiga para a seção "Teste de ping 2".
    • Se um teste de conexão falhar, o Google fará outro automaticamente uma vez por dia durante uma semana.

Teste de ping 2

  1. Após um teste bem-sucedido com endereços IP públicos, o Google enviará um endereço IP de link local para ser usado em um segundo teste de ping.
  2. No seu roteador local, configure todos os circuitos em um pacote com o LACP ativado e defina o endereço IP na interface agrupada.

    O exemplo a seguir mostra uma configuração de endereço IP semelhante à que o Google envia para o teste. Substitua esses valores pelos números fornecidos para sua rede pelo Google.

    Endereço IP de link local do Google Endereço IP de link local do seu roteador Tamanho da sub-rede
    169.254.0.1 169.254.0.2 /30
  3. Aplique o endereço IP de teste que você recebeu à interface agrupada do roteador local que se conecta ao Google. Para testar, você precisa configurar essa interface no modo de acesso sem inclusão de tag VLAN. Para configurar uma amostra, consulte Como configurar roteadores no local para testes.

  4. O Google testa cada conexão uma vez a cada 24 horas. Após um teste bem-sucedido, ele informa você que sua conexão está pronta para uso.

Para corrigir problemas, consulte a orientação para pacotes de vários links no guia de solução de problemas.

Como usar sua interconexão

Depois que todos os testes forem concluídos, sua conexão estará pronta para ser usada, e o Google começará a emitir cobranças. Para ver o status dela, consulte Como visualizar detalhes da interconexão.

Nessa etapa, remova os endereços IP de teste da interface ou interfaces no seu roteador local. Para reconfigurar seu roteador para produção, consulte Como configurar roteadores locais para produção.

Sua conexão agora pode transferir tráfego, mas não está associada a nenhuma rede de nuvem privada virtual (VPC) do Google.