Guia de início rápido

Nesta página, você verá como configurar uma zona gerenciada do Cloud DNS e um registro de recurso para seu nome de domínio. Ela contém um exemplo simples de como criar uma zona gerenciada e configurar os registros de endereço (A) e nome canônico (CNAME) do domínio.

Requisitos

Neste guia de início rápido, consideramos que você tem:

  • um nome de domínio de um registrador de nomes de domínio. Você pode registrar um nome de domínio por meio do Google Domains ou outro registro de domínios da sua escolha;
  • um endereço IP para apontar o registro A da zona. Ele pode ser um servidor que já esteja em execução com um endereço IP que pode ser apontado. Por exemplo, siga este tutorial para inicializar um servidor da Web em uma VM do Compute Engine.

Antes de começar

  1. Faça login na sua Conta do Google.

    Se você ainda não tiver uma, inscreva-se.

  2. Selecione ou crie um projeto do GCP.

    Acessar a página Gerenciar recursos

  3. Verifique se o faturamento foi ativado para o projeto.

    Saiba como ativar o faturamento

  4. Ativar DNS API.

    Ativar a a API

Criar uma zona pública gerenciada

Uma zona gerenciada é um contêiner para registros DNS com o mesmo sufixo de nome DNS. Uma zona gerenciada tem um conjunto de servidores de nomes que aceitam e respondem a consultas. Crie uma nova zona pública gerenciada:

  1. Acesse a página "Criar uma zona DNS" no Console do GCP.

    Acessar a página Criar uma zona DNS

  2. Para o Tipo de zona, escolha "Público".

  3. Digite my-new-zone no Nome da zona.

  4. Digite um prefixo de Nome DNS para a zona com um nome de domínio da sua propriedade. Por exemplo: example.com.

  5. Em DNSSEC, mantenha a configuração Off selecionada.

    Captura de tela da página "Criar uma zona DNS" no console do GCP.

  6. Clique em Criar.

É exibida a página Detalhes da zona. Observe que os registros NS e SOA padrão foram criados para você.

Captura de tela da página "Detalhes da zona".

Criar uma zona particular gerenciada

Uma zona gerenciada é um contêiner para registros DNS com o mesmo sufixo de nome DNS. Uma zona particular gerenciada é um contêiner de registros DNS que é visível apenas em uma ou mais redes VPC especificadas.

Crie uma nova zona particular gerenciada:

  1. Acesse a página "Criar uma zona DNS" no Console do GCP.

    Acessar a página Criar uma zona DNS

  2. Para o tipo de zona, escolha "Particular".

  3. Digite my-new-zone no Nome da zona.

  4. Digite um prefixo de Nome DNS para a zona com um nome de domínio da sua propriedade. Por exemplo: example.com.

  5. Opcionalmente, adicione uma Descrição.

  6. Selecione as redes em que a zona particular ficará visível.

  7. Clique em Criar.

Na página de listagem da zona, clique no nome da zona para acessar a página de registros

Criar um novo registro

Crie um novo registro para apontar o domínio para um endereço IP externo.

  • Se o endereço IP estiver no formato #.#.#.#, você tem um endereço IPv4 e precisa criar um registro A.

  • Se o endereço IP estiver no formato #:#:#:#:#:#:#:#, você tem um endereço IPv6 e precisa criar um registro AAAA.

  1. Acesse a página "Criar uma zona DNS" no Console do GCP.

    Acessar a página "Criar uma zona DNS"

  2. Clique na zona em que você quer adicionar um conjunto de registros.

  3. Clique em Adicionar conjunto de registros.

  4. Para criar um registro A, selecione A no menu Tipo de registro de recurso. Para criar um registro AAAA, selecione AAAA.

  5. Na seção Endereço IPv4 ou Endereço IPv6, digite o endereço IP que você quer usar com este domínio.

    Captura de tela da página "Criar conjunto de registros" em que há um tipo de registro A com um endereço IP.

  6. Clique em Criar.

Criar um registro CNAME

Em seguida, crie um registro CNAME para o subdomínio www:

  1. Clique em Adicionar conjunto de registros.
  2. Em Nome de DNS, digite www.
  3. Em Tipo de registro de recurso, selecione CNAME.
  4. Em Nome canônico, digite o nome de domínio seguido de um ponto. Por exemplo: example.com..

    Captura de tela da página "Criar um conjunto de registros" que mostra um tipo de registro CNAME com um nome canônico.

  5. Clique em Criar.

Dependendo dos valores de vida útil (TTL, na sigla em inglês) da sua zona, as atualizações de registro levarão algum tempo para serem propagadas. Para verificar se os registros DNS funcionam, acesse o nome de domínio e confirme se o domínio resolve seu endereço IP.

Atualize seus servidores de nomes de domínio

Por fim, você precisa atualizar os servidores de nomes do seu domínio para usar o Cloud DNS e publicar seus registros recém-criados na Internet.

Mesmo que o nome de domínio esteja registrado no Google Domains, você ainda precisará atualizar os servidores de nomes. Esses servidores usados pelo Google são visualmente semelhantes, mas não são iguais aos usados pelo Cloud DNS na zona gerenciada.

Pronto, você configurou os registros DNS com o Cloud DNS.

Limpar

Para evitar cobranças na sua conta do GCP pelo uso de recursos neste guia de início rápido:

  1. Acesse a página Zonas no Cloud DNS no Console do GCP.

    Acessar a página "Zonas" do Cloud DNS

  2. Na página Zonas do Cloud DNS, clique no nome da zona (my-new-zone) para ser direcionado à página Detalhes da zona.

  3. Selecione os registros A e CNAME que você criou.

  4. Clique em Excluir conjuntos de registros.

    Captura de tela da página "Detalhes da zona".

  5. Acesse a página Zonas no Cloud DNS no console do GCP.

    Acessar a página "Zonas" do Cloud DNS

  6. Clique no ícone de lixeira ao lado do nome da zona (my-new-zone) para excluí-la.

    Captura de tela da página de zonas do Cloud DNS com destaque para um ícone de lixeira à direita de uma entrada de zona.

Próximas etapas

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Cloud DNS