Módulo google.appengine.api.logservice.logservice

Resumo

LogService API.

Com este módulo, os aplicativos podem esvaziar registros, fornecer mensagens de status e acessar programaticamente os respectivos registros de solicitação e requerimento.

Conteúdo

class google.appengine.api.logservice.logservice.AppLog(time=None, level=None, message=None, source_location=None)Fonte

Bases: object

Linha de registro do aplicativo emitida durante o processamento de uma solicitação.

level

Nível ou gravidade do registro, como um inteiro.

message

Mensagem de registro fornecida pelo aplicativo, como uma string.

source_location

source_location da fonte da instrução de registro ou None, se não compatível.

time

Entrada do registro de horário que foi feita, em segundos, desde a época do Unix, como um flutuante.

exception google.appengine.api.logservice.logservice.ErrorFonte

Bases: exceptions.Exception

Classe de erro base deste módulo.

exception google.appengine.api.logservice.logservice.InvalidArgumentErrorFonte

Bases: google.appengine.api.logservice.logservice.Error

O argumento da função tem valor inválido.

google.appengine.api.logservice.logservice.LogsBuffer(stream=None, stderr=False)Fonte
class google.appengine.api.logservice.logservice.RequestLog(request_log=None)Fonte

Bases: object

Informações completas de registro sobre uma única solicitação a um aplicativo.

api_mcycles

Número de ciclos de máquina gastos em chamadas de API durante o processamento de solicitação.

Obsoleto. Esse valor não é mais significativo.

Retorna

Número de ciclos de máquina da API usados como longos ou None, se não disponível.

app_engine_release

Versão da infraestrutura do App Engine que veiculou essa solicitação.

Retorna

Uma string contendo a versão do App Engine que veiculou a essa solicitação ou None, se não disponível.

app_id

ID do aplicativo que processou essa solicitação como uma string.

app_logs

Registros emitidos pelo aplicativo durante a veiculação dessa solicitação.

Retorna

Uma lista de objetos AppLog que representam as linhas de registro dessa solicitação ou uma lista vazia, se nenhuma foi emitida ou a consulta não as solicitou.

combined

Entrada de registro combinada pelo Apache para a solicitação.

As informações neste campo podem ser construídas a partir do restante desta mensagem, no entanto, este campo é incluído por conveniência.

Retorna

Uma string contendo uma linha de registro no estilo Apache no formato documentado em http://httpd.apache.org/docs/1.3/logs.html.

cost

O custo estimado dessa solicitação, em dólares fracionários.

Retorna

Um flutuante que representa um custo estimado em dólar fracionário dessa solicitação ou None, se não disponível.

end_time

Horário em que a solicitação foi tida como concluída.

Retorna

Um flutuante que representa o tempo de conclusão da solicitação, em segundos, desde a época do Unix.

finished

Especifica se esse registro representa ou não uma solicitação concluída, como um booleano.

host

O host da Internet e o número da porta do recurso que está sendo solicitado.

Retorna

Uma string que representa o host e a porta que recebe a solicitação ou None, se não disponível.

http_version

Versão HTTP da solicitação, como uma string.

instance_key

Identificador quase sempre exclusivo da instância que processou a solicitação.

Retorna

Uma codificação de string de uma chave de instância, se disponível, ou None.

ip

O endereço IP de origem da solicitação, como uma string.

latency

Tempo necessário para processar a solicitação em segundos, como um flutuante.

mcycles

Número de ciclos de máquina usados para processar a solicitação, como um inteiro.

method

Método de solicitação (GET, PUT, POST etc), como uma string.

module_id

Código do módulo que processou essa solicitação como uma string.

nickname

Apelido do usuário que fez a solicitação, se conhecido e conectado.

Retorna

Uma representação de string do apelido do usuário conectado ou None.

offset

Desvio binário que indica a posição atual no fluxo de resultado.

Pode ser submetido a futuras solicitações de leitura de registro para continuar imediatamente após essa solicitação.

Retorna

Uma string de bytes que representa um desvio no fluxo de resultados ativo.

pending_time

Tempo que essa solicitação passou na fila de solicitações pendentes.

Retorna

Um flutuante que representa o tempo, em segundos, em que essa solicitação esteve pendente.

referrer

URL do referenciador da solicitação como uma string ou None.

replica_index

Réplica do módulo que processou a solicitação como um inteiro ou None.

request_id

Identificador global exclusivo de uma solicitação, com base no horário de início da solicitação.

Códigos de solicitações que começaram mais tarde serão comparados como strings binárias maiores do que os de solicitações iniciadas mais cedo.

Retorna

Uma string de bytes que contém um identificador exclusivo dessa solicitação.

resource

Caminho do recurso no servidor solicitado pelo cliente.

Por exemplo, http://nowhere.com/app teria a string de recursos "/app".

Retorna

Uma string contendo o componente de caminho do URL da solicitação.

response_size

Tamanho, em bytes, enviado de volta ao cliente por solicitação, como um longo.

start_time

Horário em que se soube que o processamento da solicitação foi iniciado.

Retorna

Um flutuante representando o horário em que foi iniciado o processamento dessa solicitação, em segundos, desde a época do Unix.

status

Status de resposta da solicitação, como um inteiro.

task_name

Nome da tarefa da solicitação, se gerado por meio da Task Queue API.

Retorna

Uma string contendo o nome da tarefa da solicitação, se relevante, ou None.

task_queue_name

Nome da fila da solicitação, se gerado por meio da Task Queue API.

Retorna

Uma string contendo o nome da fila da solicitação, se relevante, ou None.

url_map_entry

Arquivo ou classe no mapeamento de URL usado para solicitação.

Útil para rastrear o código-fonte responsável pelo gerenciamento da solicitação, especialmente para gerenciadores com vários mapeamentos.

Retorna

Uma string contendo um nome de arquivo ou classe.

user_agent

Agente de usuário usado para fazer a solicitação como uma string ou None.

version_id

Versão do aplicativo que processou essa solicitação, como uma string.

was_loading_request

Retorna se essa solicitação foi uma solicitação de carregamento para uma instância.

Retorna

Um booleano indicando se essa solicitação foi uma solicitação de carregamento.

exception google.appengine.api.logservice.logservice.TimeoutError(msg, offset, last_end_time)Fonte

Bases: google.appengine.api.logservice.logservice.Error

O tempo limite solicitado para a chamada fetch() expirou durante a iteração dos resultados.

last_end_time

Horário de término da última solicitação examinada antes do tempo limite ou None.

Retorna

Um flutuante representando o tempo de conclusão, em segundos, desde a época Unix da última solicitação examinada.

offset

Desvio binário que indica a posição atual no fluxo de resultado.

Pode ser submetido a futuras solicitações de leitura de registro para continuar a iteração de registros a partir do local exato em que esse iterador parou.

Retorna

Uma string de bytes que representa um desvio no fluxo de registros ou None.

google.appengine.api.logservice.logservice.autoflush()Fonte

Se as condições AUTOFLUSH tiverem sido atendidas, executa uma chamada à Flush API.

google.appengine.api.logservice.logservice.cleanup_message(message)Fonte
google.appengine.api.logservice.logservice.clear()Fonte

Limpa o buffer de registros e redefine o estado de limpeza automática.

google.appengine.api.logservice.logservice.fetch(*args, **kwds)Fonte

Retorna um iterador que gera a solicitação de um aplicativo e os registros de aplicativo.

Os registros serão retornados pelo iterador em ordem cronológica inversa pelo horário de término solicitado ou pelo último horário de limpeza no caso de solicitações ainda em andamento (se solicitado). Os itens gerados são objetos RequestLog, com conteúdo acessível por meio de chamadas de método.

Todos os parâmetros são opcionais.

Parâmetros
  • start_time: primeira conclusão da solicitação ou o horário da última atualização em que os resultados serão buscados, em segundos, desde a época do Unix.

  • end_time: conclusão mais recente da solicitação ou o horário da última atualização em que os resultados serão buscados, em segundos, desde a época do Unix.

  • offset: uma string de bytes representando um desvio no fluxo de registros, extraído de um RequestLog emitido anteriormente. Esse iterador começará imediatamente após o registro de origem do desvio.

  • minimum_log_level: um nível de registro do aplicativo que serve como um filtro nas solicitações retornadas. As solicitações sem registro de aplicativo no nível especificado ou acima dele serão omitidas. Funciona mesmo quando include_app_logs não é True. Em ordem crescente, os níveis de registro disponíveis são: logservice.LOG_LEVEL_DEBUG, logservice.LOG_LEVEL_INFO, logservice.LOG_LEVEL_WARNING, logservice.LOG_LEVEL_ERROR e logservice.LOG_LEVEL_CRITICAL.

  • include_incomplete: especifica se serão incluídas ou não as solicitações que foram iniciadas, mas ainda não concluídas, como um booleano. O padrão é False.

  • include_app_logs: especifica se serão incluídos ou não registros de nível de aplicativo nos resultados, como um booleano. O padrão é False.

  • module_versions: uma lista de tuplas no formato (módulo, versão) que indica que os registros referentes à combinação módulo/versão fornecida devem ser buscados. Tuplas duplicadas serão ignoradas. Este kwarg não pode ser usado em conjunto com o kwarg "version_ids".

  • version_ids: uma lista de códigos de versão com os registros devem ser consultados. O padrão é apenas o código da versão atual do aplicativo. Este kwarg não pode ser usado em conjunto com o kwarg "module_versions".

  • request_ids: se não for None, indica que, em vez de uma varredura baseada em tempo, é preciso retornar os registros das solicitações especificadas. Códigos de solicitação inválidos farão com que toda a solicitação seja rejeitada, enquanto todas as solicitações desconhecidas serão ignoradas. Essa opção não pode ser combinada com nenhuma opção de filtragem, como start_time, end_time, offset ou minimum_log_level. version_ids é ignorado. Códigos que não correspondem a um registro de solicitação serão ignorados. Os registros serão retornados na ordem solicitada.

  • **kwargs: consulte os valores possíveis em _FETCH_KWARGS.

Retorna

Um objeto iterável contendo os registros que o usuário consultou.

Gera

InvalidArgumentError: gerado quando algum dos parâmetros de entrada não é do tipo correto.

google.appengine.api.logservice.logservice.flush()Fonte

Limpa as linhas de registro atualmente armazenadas em buffer.

google.appengine.api.logservice.logservice.flush_time()Fonte

Retorna o último horário em que o buffer de registros foi limpo.

google.appengine.api.logservice.logservice.log_buffer_age()Fonte

Retorna o número de segundos desde que o buffer de registros foi limpo.

google.appengine.api.logservice.logservice.log_buffer_bytes()Fonte

Retorna o tamanho do buffer de registros, em bytes.

google.appengine.api.logservice.logservice.log_buffer_contents()Fonte

Retorna o conteúdo do buffer de registros.

google.appengine.api.logservice.logservice.log_buffer_lines()Fonte

Retorna o número de linhas de registro armazenadas em buffer no momento.

google.appengine.api.logservice.logservice.logs_buffer()Fonte

Retorna o LogsBuffer usado pela solicitação atual.

google.appengine.api.logservice.logservice.source_location_to_tuple(locpb)Fonte

Converte um proto SourceLocation em uma tupla de tipos primitivos.

google.appengine.api.logservice.logservice.write(message)Fonte

Adiciona "message" ao buffer de registros e verifica se há limpeza automática.

Parâmetros

message: uma mensagem (string) a ser gravada nos registros de aplicativo.

google.appengine.api.logservice.logservice.write_record(level, created, message, source_location=None)Fonte

Adiciona um "record" ao buffer de registros e verifica se há limpeza automática.

Parâmetros
  • level: nível de registros do registro. De 0 a 4, inclusive.

  • created: horário, em segundos, em que o registro foi criado.

  • message: mensagem formatada.

  • source_location: local de origem.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Ambiente padrão do App Engine para Python 2