Visão geral dos métodos de solicitação para a API XML

A Cloud Storage XML API é compatível com vários métodos de solicitação HTTP padrão. Cada método pode usar diversos cabeçalhos de solicitação e de resposta. A documentação da API XML descreve todos os métodos HTTP compatíveis, além dos cabeçalhos usados com mais frequência para cada método.

Alguns métodos são usados para trabalhar com dados e metadados, dependendo do contexto. Por exemplo, é possível usar uma solicitação PUT Bucket para criar um bucket seguido por uma segunda solicitação PUT Bucket para configurar a geração de registros do bucket.

Na lista a seguir, você vê o método de API XML que usa para realizar tarefas de bucket e objeto.

Convenções usadas

Convenções usadas na documentação da API XML:

  • O cabeçalho Authorization é representado como <authentication string>. Se você estiver usando a API XML para migrar de outro provedor de armazenamento, o Authorization terá o formato discutido em Autenticação em um cenário de migração simples. Caso contrário, o cabeçalho Authorization terá o formato discutido na Autenticação do OAuth 2.0.

    Se você não fornecer informações de autorização quando necessário para executar uma solicitação, o Cloud Storage emitirá um erro 401 não autorizado. Para mais informações, consulte Códigos de status.

  • O cabeçalho Host usado na documentação da API XML tem o seguinte formato:

    Host: BUCKET-NAME.storage.googleapis.com
    em que o nome do bucket é especificado como parte do nome do host. Em todas as operações, exceto no serviço GET, também é possível especificar o bucket como parte do caminho do URL. Para mais informações, consulte Endpoints de solicitação.