Abrir no Cloud Shell

O recurso Abrir no Cloud Shell permite publicar um link que abre o Console do Cloud e clona automaticamente um repositório Git no Cloud Shell. Ele também permite que as instruções sejam impressas no terminal para ajudar os usuários a interagir com o conteúdo.

O recurso Abrir no Cloud Shell ajuda os desenvolvedores a fazer experimentos com amostras de código e APIs sem ter que se preocupar com o download do Cloud SDK, a instalação das dependências necessárias ou a busca de arquivos de origem relevantes. Veja nesta página como adicionar esse recurso ao seu repositório Git.

Atualmente, apenas os repositórios do GitHub e do Bitbucket foram colocados na lista de permissões. Se você quiser adicionar um repositório diferente, envie feedback para especificar qual gostaria de usar com o recurso Abrir no Cloud Shell.

Parâmetros de URL

O link Abrir no Cloud Shell, incorporado opcionalmente em uma imagem de botão, pode ser adicionado ao README.md de qualquer diretório no seu repositório Git. O local recomendado para este link é o README.md raiz do seu repositório Git.

Para adicionar funcionalidades à interação Abrir no Cloud Shell, você pode usar os seguintes parâmetros de URL:

Parâmetro de URL Descrição Valores compatíveis
cloudshell_git_repo

URL do repositório Git para clonagem.

O repositório especificado será clonado. A raiz da pasta do projeto será aberta e exibirá o respectivo conteúdo no painel de navegação no canto esquerdo.

URL válido para um repositório Git.

Ele consiste em um domínio da lista de permissões (GitHub ou Bitbucket) e um caminho composto por estes caracteres válidos [a-zA-Z0-9_-./].

cloudshell_git_branch

(opcional)

O branch específico do repositório git para clonar. O branch padrão é mestre. Qualquer branch válido no repositório. Os caracteres precisam corresponder a esta lista de permissões: [a-zA-Z0-9~_-./:]

cloudshell_working_dir

(opcional)

Diretório de trabalho para enviar o usuário à linha de comando. Qualquer caminho de arquivo válido. Os caracteres precisam corresponder a esta lista de permissões: [a-zA-Z0-9~_-./:]

cloudshell_open_in_editor

(opcional)

Arquivos a serem abertos no editor Orion integrado. Pode ser repetido para especificar vários arquivos a serem abertos. Se forem especificados diversos arquivos, eles serão abertos na ordem solicitada.

Os arquivos especificados serão abertos nas guias do editor no canto direito (uma guia por arquivo), dentro do projeto aberto.

Os caminhos dos arquivos são relativos ao diretório atual. Se o parâmetro working_dir for fornecido, o caminho para esses arquivos será tratado como relativo ao working_dir.

Qualquer caminho de arquivo válido. Os caracteres precisam corresponder a esta lista de permissões: [a-zA-Z0-9~_-./:]

cloudshell_print

(opcional)

Arquivo no repositório Git que geralmente contém instruções para serem impressas no terminal a fim de orientar os próximos passos do usuário. O caminho do arquivo é relativo ao diretório atual.

Se o parâmetro working_dir for fornecido, o caminho para este arquivo será tratado como relativo ao working_dir.

Qualquer caminho de arquivo válido. Os caracteres precisam corresponder a esta lista de permissões: [a-zA-Z0-9~_-./:]

cloudshell_tutorial

(opcional)

Arquivo Tutorial Markdown no repositório Git que consiste de instruções a serem lançadas como um tutorial para orientar usuários em um projeto. O caminho do arquivo é relativo ao diretório atual.

Qualquer arquivo Tutorial Markdown formatado corretamente e com um nome de arquivo válido.

cloudshell_image

(opcional)

Especifica a imagem do Docker personalizada que executa um ambiente personalizado durante a sessão. Isso permite que você forneça ferramentas personalizadas no Cloud Shell para trabalhar com seu repositório. Cria um ambiente temporário com um diretório inicial de rascunho que será excluído no final da sessão.

URL de uma imagem do Docker hospedada no Google Container Registry. A imagem do Docker precisa ser baseada na imagem-base do Cloud Shell.

Exemplos

Para fornecer um link que abre um repositório de amostra do Git no Cloud Shell, você precisaria usar Markdown para incorporar o link no README.md do seu repositório, como no snippet a seguir:

[![Open in Cloud Shell](http://gstatic.com/cloudssh/images/open-btn.svg)](https://console.cloud.google.com/cloudshell/editor?cloudshell_git_repo=http://path-to-repo/sample.git)

Se você preferir incorporar essa funcionalidade em um site, veja a seguir o HTML equivalente ao snippet acima:

<a href="https://console.cloud.google.com/cloudshell/editor?cloudshell_git_repo=http://path-to-repo/sample.git"><img alt="Open in Cloud Shell" src ="http://gstatic.com/cloudssh/images/open-btn.svg"></a>
Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…