Método: projects.locations.instances.create

Cria uma instância do Redis, com base no nível especificado e no tamanho da memória.

Por padrão, a instância é acessível a partir da rede padrão do projeto.

A criação é realizada de forma assíncrona e os autores da chamada podem verificar a operação retornada para rastrear seu progresso. Quando a operação estiver concluída, a instância do Redis estará totalmente funcional. Uma vez concluída, a longrunning.Operation conterá o novo objeto da instância no campo de resposta.

A operação retornada é excluída automaticamente após algumas horas, por isso, não é necessário chamar "operations.delete".

Solicitação HTTP

POST https://redis.googleapis.com/v1/{parent=projects/*/locations/*}/instances

O URL usa a sintaxe de anotação de HTTP da API Google.

Parâmetros de caminho

Parâmetros
parent

string

Obrigatório. O nome do recurso do local da instância usando o formulário: projects/{projectId}/locations/{locationId}, em que locationId se refere a uma região do GCP

Parâmetros de consulta

Parâmetros
instanceId

string

Obrigatório. O nome lógico da instância do Redis no projeto do cliente com as seguintes restrições:

  • Precisa ter somente letras minúsculas, números e hifens.
  • Precisa começar com uma letra.
  • Precisa ter entre 1 e 40 caracteres.
  • Precisa terminar com um número ou com uma letra.
  • Precisa ser único no projeto / local do cliente

Corpo da solicitação

O corpo da solicitação contém uma instância da Instance.

Corpo da resposta

Em caso de êxito, o corpo da resposta exibirá uma instância recém-criada de Operation.

Escopos da autorização

Requer o seguinte escopo OAuth:

  • https://www.googleapis.com/auth/cloud-platform

Para saber mais, consulte a Visão geral da autenticação.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Google Cloud Memorystore para Redis