Você está visualizando a documentação de uma versão anterior do Migrate for Compute Engine (antigo Velostrata). Você escolhe se quer continuar usando esta versão ou usar a versão atual.

Como implantar o back-end do Migrate for Compute Engine

O dispositivo virtual de back-end local do Migrate for Compute Engine se conecta a discos de VM no data center local e faz streaming ou os migra para o Google Cloud usando as Cloud Extensions.

O back-end do Migrate for Compute Engine é distribuído como um pacote Open Virtualization Format (OVF).

Como dimensionar uma VM para o back-end do Migrate for Compute Engine

O back-end do Migrate for Compute Engine requer o seguinte, com base no número de VMs a serem migradas simultaneamente:

Tamanho da migração Recursos
<=100 VMs de migração simultâneas 2 vCPUs, 4 GB de RAM
> 100 VMs de migração simultâneas 4 vCPUs, 8 GB de RAM

Como implantar e configurar o Migrate for Compute Engine Backend

  1. Faça o download do arquivo OVA do back-end do Migrate for Compute Engine, disponível na página Downloads. É possível verificar a integridade dos arquivos usando o back-end do Migrate for Compute Engine sha256 disponível na página Downloads.
  2. Faça login no vSphere por meio do Flash Web Client.

  3. Clique com o botão direito do mouse em um objeto pai de uma das VMs a serem migradas (como um data center) e selecione Deploy OVF Template.

  4. Selecione o arquivo OVA do Migrate for Compute Engine.

  5. Escolha Host/Cluster no data center do vSphere em que você quer executar o back-end do Migrate for Compute Engine.

  6. Selecione um Formato de disco e clique em Next.

  7. Selecione as informações da Rede que hospedará o back-end do Migrate for Compute Engine. Clique em Next.

  8. Expanda a seção Configuração do back-end do Migrate for Compute Engine (Migrate for Compute Engine Backend Configuration).

  9. Cole o token que você copiou do Migrate for Compute Engine Manager no Google Cloud no Token de back-end do Velostrata.

    Observe que esse token inclui o endereço IP do Migrate for Compute Engine Manager para que o back-end do Migrate for Compute Engine consiga acessá-lo.

  10. Digite e confirme uma Senha do usuário admin no back-end do Migrate for Compute Engine. Após a instalação, será necessário alterar a senha conectando-se ao back-end do Migrate for Compute Engine usando SSH como admin e o comando passwd.

  11. Expanda a seção Networking Properties. Informe o Nome do host para o dispositivo virtual. Insira um endereço IP, uma máscara de rede e um gateway padrão estáticos, além de um servidor DNS para o back-end do Migrate for Compute Engine. É possível alterar essas propriedades a qualquer momento, mas é necessário reinicializar o dispositivo virtual posteriormente para que as alterações entrem em vigor.

  12. Se você quiser usar um proxy HTTP para uploads de métricas e registros para o pacote de operações do Google Cloud, preencha o parâmetro HTTP Proxy.

  13. Se a VPN para o Google Cloud não estiver configurada com roteamento dinâmico, será possível informar a Rota de rede estática para atingir as sub-redes no Google Cloud. O endereço está no formato x.x.x.x/x y.y.y.y, em que x.x.x.x/x é o endereço de rede VPC do Google Cloud no formato CIDR e y.y.y.y é o endereço IP do Gateway VPN no local.

  14. Clique em Next e analise a página Ready to complete.

  15. Clique em Finish. A tarefa "Deploy OVF Template" será exibida.

Como configurar papéis de serviço e permissões do Migrate for Compute Engine no vCenter

Neste procedimento, descrevemos como adicionar manualmente um papel de serviço ao servidor vCenter para o Migrate for Compute Engine. Um script do PowerShell também está disponível para criar este papel. Faça o download da configuração do papel de serviço do vSphere na página de downloads.

Como configurar papéis de serviço e permissões para o Migrate for Compute Engine no vCenter

  1. Faça login no vCenter Web Client.
  2. Selecione Home > Administration > Roles.
    Captura de tela da caixa de diálogo
    Caixa de diálogo "Role" (clique para ampliar)
  3. Clique em + para criar um novo papel.
  4. Marque as caixas para os seguintes privilégios:
    • Alarms
      • Create alarm
      • Modify alarm
      • Remove alarm
      • Set alarm status
    • Datastore
      • Low level file operations
    • Extension
      • Register extension
      • Unregister extension
      • Update extension
    • Global
      • Cancel task
      • Enable methods
      • Disable methods
      • Licenses
      • Log event
    • Task
      • Create task
      • Update task
    • Virtual Machine
      • Provisioning > Allow disk access
      • Provisioning > Allow disk read-only access
      • Provisioning > Allow virtual machine download
      • Snapshot management > Create snapshot
      • Snapshot management > Remove snapshot
      • Snapshot management > Revert to Snapshot
      • Snapshot management > Rename Snapshot
      • Configuration > Configure managedBy
      • Interaction > Power On
      • Interaction > Power Off

Para configurar permissões ao usuário do serviço do Migrate for Compute Engine no vCenter:

  1. Selecione Home > Global Inventory Lists > vCenter Servers.
  2. Clique com o botão direito do mouse no servidor do vCenter e selecione Add Permission
    Captura de tela do menu
    Caixa de diálogo "Add Permission" (clique para ampliar)
  3. Escolha um usuário no painel esquerdo e atribua o Papel de serviço do Velostrata (no painel direito) ao usuário.
  4. Selecione Propagate to children e clique em OK.

Como implantar o plug-in do VMware vCenter para o Migrate for Compute Engine

Depois que o back-end do Migrate for Compute Engine for conectado e registrado com êxito no Migrate for Compute Engine Manager no Google Cloud, é necessário registrar e implantar o plug-in VMware vCenter Web Client do Migrate for Compute Engine. Isso possibilita o gerenciamento de operações do Migrate for Compute Engine e o monitoramento na IU do vCenter.

  1. Certifique-se de que a conta de serviço do vCenter para o Migrate for Compute Engine (usuário) e o papel tenham sido criados antes de continuar.
  2. Faça login no Migrate for Compute Engine Manager
  3. Clique no ícone Configurações do sistema.
  4. Se o back-end do Migrate for Compute Engine tiver conexão com o Migrate for Compute Engine Manager, o IP do back-end será exibido com um status Registered (Registrado) e Connected (Conectado).
    Captura de tela de um dispositivo registrado e conectado (clique para ampliar)
    Captura de tela de um dispositivo registrado e conectado (clique para ampliar)
  5. Na barra superior da página, clique em vCenter Plugin e, em seguida, clique em Register vCenter plugin.
    Captura de tela do registro de um plug-in (clique para ampliar)
    Como registrar um plug-in (clique para ampliar)
  6. Informe o endereço do vCenter ou o nome DNS, usuário e senha
  7. Clique em Register para registrar o plug-in.

  8. Para confirmar se o Operações do Migrate for Compute Engine está presente no menu de contexto, saia do vCenter, faça login e clique com o botão direito do mouse em Data center.

Como localizar a impressão digital do servidor vCenter.

O processo de registro do gerente exibe a impressão digital SSL SHA-1 do servidor vCenter usado para conexões HTTPS. É possível encontrar a impressão digital no seu navegador. A seguir, veja instruções que explicam o uso do Google Chrome.

  1. Abra o URL do vCenter vSphere no Chrome.
  2. Clique no ícone de cadeado ou em Não seguro à esquerda da barra de URL. O status da sua conexão HTTPS será exibido.
  3. Clique em Certificado.
  4. Expanda a seção Detalhes.
  5. Role para baixo até a impressão digital SHA-1.