Como implantar no ambiente flexível do App Engine

Neste documento, você aprenderá a implantar um aplicativo do App Engine no ambiente flexível do App Engine no IntelliJ IDEA.

Antes de começar

  • Siga o Guia de início rápido para instalar e configurar o IntelliJ IDEA, se ainda não tiver feito isso. Depois, volte para este documento.

  • Siga o guia Criar um aplicativo para criar um aplicativo do App Engine no ambiente flexível. Não deixe de adicionar o suporte à biblioteca flexível do App Engine.

    Caso você não tenha um aplicativo, mas queira testar estes procedimentos de implantação, faça o download do aplicativo de amostra:

    1. Clone o aplicativo de amostra Spring Boot em sua máquina local:

       git clone https://github.com/spring-guides/gs-spring-boot
      
    2. Para abrir o seletor de arquivos no IntelliJ, escolha File > Open.

    3. Navegue até /gs-spring-boot/.

    4. Selecione o diretório /complete/.

    5. Clique em OK.

    6. Adicione o suporte à biblioteca flexível do App Engine.

Como criar a configuração de implantação

  1. Escolha Ferramentas > Cloud Code > Implantar no App Engine.

    A caixa de diálogo "Criar configuração da implantação". Há campos para Nome, Servidor, Implantação, Projeto, Versão e app.yaml.

  2. Confirme a configuração do servidor:

    1. Clique nas reticências (…) ao lado do campo Servidor.

    2. Na caixa de diálogo, verifique se o campo Nome exibe Google App Engine.

    3. Clique em OK.

  3. Selecione a origem da Implantação.

    O Cloud Code é compatível com a implantação de um artefato Maven, um artefato IntelliJ nativo ou um arquivo JAR ou WAR do sistema de arquivos.

    1. Se você selecionar um arquivo JAR ou WAR do sistema de arquivos como origem de implantação, clique nas reticências (...) ao lado do campo Arquivo de implantação para navegar até ele.
  4. Selecione um projeto no campo Projeto.

    Quando a implantação é configurada pela primeira vez, é necessário fazer login na conta associada ao projeto do Console do GCP que você quer implantar.

  5. Na seção Configuração do ambiente flexível do App Engine, selecione um arquivo app.yaml válido.

    1. Caso não veja um arquivo app.yaml válido no menu suspenso, clique em Editar para selecionar um arquivo. Consulte a seção Atualizar as configurações flexíveis do App Engine para mais informações.
  6. Preencha outros campos conforme necessário para configurar a implantação.

  7. Clique em Executar para compilar e implantar seu aplicativo.

  8. Na janela "Servidores de aplicativo", clique no nome do seu projeto para monitorar o progresso da implantação. Caso a janela não seja mostrada, clique em Exibir > Janelas de ferramentas > Servidores de aplicativo.

    Após a conclusão da implantação, será possível ver o URL do seu aplicativo na saída do console.

Como implantar em um ambiente de execução personalizado

Com um arquivo do Docker, é possível modificar seu arquivo app.yaml para implantar o aplicativo em um ambiente de execução personalizado.

  1. No arquivo app.yaml, configure o ambiente de execução como personalizado.

  2. Ao concluir as etapas para criar a configuração da implantação, a seção Configuração do ambiente flexível do App Engine exibirá o caminho para os arquivos app.yaml e Docker.

    Caixa de diálogo que mostra a seção de configuração flexível do App Engine da tela "Criar configurações de implantação". Um campo que mostra o caminho para o arquivo app.yaml. Há um botão de edição para selecionar um arquivo diferente. Um rótulo que mostra o ambiente de execução como personalizado. Um rótulo que mostra o caminho do arquivo do Docker. Um campo "Nome de artefato testado", que mostra o caminho para o arquivo do Docker.

  3. Para selecionar arquivos app.yaml e Docker válidos, clique em Editar.

    Caixa de diálogo que mostra a seção de configuração flexível do App Engine da tela "Criar configurações de implantação". Um campo que mostra o caminho para o arquivo app.yaml. Há um botão de edição para selecionar um arquivo diferente. Um rótulo que mostra o ambiente de execução como personalizado. Um rótulo que mostra o caminho do arquivo do Docker. Um campo "Nome de artefato testado", que mostra o caminho para o arquivo do Docker.

  4. Para navegar até os arquivos adequados, clique nas reticências (...) ao lado dos campos app.yaml e Diretório do Dockerfile.

  5. Clique em OK.

Atualizar as configurações flexíveis do App Engine

Depois de criar a configuração de implantação inicial, é possível fazer alterações nas configurações conforme a necessidade do seu aplicativo.

  1. Selecione Arquivo > Estrutura do projeto.

    A caixa de diálogo Estrutura do projeto é exibida.

  2. Em Configurações do projeto, selecione Atributos.

  3. Selecione a faceta flexível do App Engine.

  4. Para selecionar um arquivo app.yaml, clique nas reticências (...) ao lado do campo app.yaml e navegue até o local de um arquivo válido.

  5. Para implantar em um ambiente de execução personalizado, clique nas reticências (...) ao lado do campo Diretório do Dockerfile e navegue até o local de um arquivo válido.

  6. Clique em OK.

Como excluir o servidor

Se você quiser excluir o servidor configurado para seu projeto, use o seguinte procedimento:

  1. Selecione Arquivo > Configurações > Versão, execução, implantação > Nuvens.

    No macOS, a opção é IntelliJ IDEA > Preferências > Versão, execução, implantação > Nuvens.

  2. Selecione o servidor App Engine e clique no sinal de menos (-) na parte superior da janela para removê-lo.

  3. Clique em OK.

A seguir

Como receber suporte

Para enviar feedback, relate problemas no GitHub ou faça uma pergunta no Stack Overflow.