Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.
Criar um Cloud Router para conectar uma rede VPC a uma de peering

Criar um Cloud Router para conectar uma rede VPC a uma de peering

Saiba como configurar o Cloud Router para trocar rotas dinamicamente entre uma rede de nuvem privada virtual (VPC) e uma rede de peering. A rede de peering pode ser local, hospedada por outro provedor de nuvem, como a AWS ou Azure, ou até mesmo outra rede VPC no Google Cloud.

Para conectar uma rede VPC a uma de peering usando o Cloud Router, é necessário concluir as seguintes tarefas gerais:

  1. Criar um Cloud Router.
  2. Configurar um produto de conectividade de rede no Google Cloud.
  3. Criar sessões do Border Gateway Protocol (BGP) com um roteador na rede de peering.

Ao criar um Cloud Router, é possível usar as divulgações de rota padrão ou especificar personalizadas. Por padrão, o Cloud Router divulga sub-redes na região dele para roteamento dinâmico regional ou todas as sub-redes em uma rede VPC para roteamento dinâmico global. Com as divulgações de rota personalizadas, é possível escolher quais rotas o Cloud Router divulga, como as de endereços IP estáticos externos ou intervalos CIDR específicos.

Para mais informações, consulte Modos de divulgação de rota na visão geral do Cloud Router.

Antes de começar

Para usar os exemplos de linha de comando deste guia:

  1. Instale ou atualize para a versão mais recente da Google Cloud CLI.
  2. Defina uma região e uma zona padrão.

Para usar os exemplos da API deste guia, configure o acesso a ela.

Criar um Cloud Router

Para criar um Cloud Router, siga estas etapas.

Console

  1. No Console do Google Cloud, acesse a página Criar um Cloud Router.

    Acessar "Criar um Cloud Router"

  2. Especifique os detalhes do Cloud Router:

    • Nome: o nome do Cloud Router. Esse nome é exibido no Console do Google Cloud e é usado pela Google Cloud CLI para fazer referência ao Cloud Router. Por exemplo, my-router.
    • Descrição (opcional): uma descrição do Cloud Router.
    • Rede: a rede VPC que contém as instâncias que você quer alcançar, por exemplo, my-network.
    • Região: a região em que você quer localizar o Cloud Router, por exemplo, asia-east1.
    • ASN do Google: OASN privado (6451265534 ,42000000004294967294 ) ao Cloud Router que você está configurando. pode ser qualquer ASN particular que você ainda não esteja usando como um ASN de mesmo nível na mesma região e rede, por exemplo, 65001. O Cloud Router exige que você use um ASN particular, mas o ASN local pode ser público ou privado.
    • Intervalo de sinal de atividade do BGP: o intervalo entre duas mensagens de sinal de atividade sucessivas do BGP enviadas para o roteador de mesmo nível. Esse valor precisa ser um número inteiro entre 20 e 60 que especifica o número de segundos do intervalo. O padrão é 20 segundos. Para mais informações, consulte Como gerenciar timers do BGP.
  3. Opcional: para especificar divulgações de rota personalizadas, acesse a seção Rotas divulgadas. Para mais informações sobre as etapas a seguir, consulte Divulgações de rota personalizadas.

    1. Para especificar Rotas personalizadas, selecione Criar rotas personalizadas.
    2. Escolha se você quer divulgar as sub-redes visíveis para o Cloud Router. A ativação dessa opção imita o comportamento padrão do Cloud Router.
    3. Para adicionar uma rota divulgada, selecione Adicionar rota personalizada e configure-a.
  4. Para salvar as configurações e criar um Cloud Router, clique em Criar. Seu novo roteador do Cloud Router é exibido na página de listagem do Cloud Router. Para visualizar os detalhes e configurar uma sessão do BGP, selecione-a.

gcloud

  • Para criar um Cloud Router na região que contém as instâncias que você quer alcançar, execute o comando create:

    gcloud compute routers create ROUTER_NAME \
        --project=PROJECT_ID \
        --network=NETWORK \
        --asn=ASN_NUMBER \
        --region=REGION
    

    Substitua o seguinte:

    • ROUTER_NAME: o nome do Cloud Router
    • PROJECT_ID: o ID do projeto que contém o Cloud Router
    • NETWORK: a rede VPC que contém as instâncias que você quer alcançar
    • ASN_NUMBER: qualquer ASN particular (64512-65534, 4200000000-4294967294) que você ainda não use na rede local; O Cloud Router exige que você use um ASN particular, mas seu ASN local pode ser público ou privado.
    • REGION: a região em que você quer localizar o Cloud Router; o Cloud Router divulga todas as sub-redes na região em que está localizado.
  • Para criar um Cloud Router com divulgações de rotas personalizadas, defina --advertisement-mode como custom e use as sinalizações --set-advertisement-ranges e --set-advertisement-groups para especificar divulgações de rotas.

    A sinalização --set-advertisement-ranges aceita uma lista de intervalos CIDR. A sinalização --set-advertisement-groups aceita grupos definidos pelo Google que o Cloud Router divulga dinamicamente. Atualmente, o único valor válido é all_subnets, que divulga sub-redes com base no modo de roteamento dinâmico da rede VPC (semelhante às divulgações padrão).

    O exemplo a seguir divulga sub-redes e intervalos de IP personalizados 1.2.3.4 e 6.7.0.0/16:

    gcloud compute routers create ROUTER_NAME \
        --project=PROJECT_ID \
        --network=NETWORK \
        --asn=ASN_NUMBER \
        --advertisement-mode custom \
        --set-advertisement-groups all_subnets \
        --set-advertisement-ranges 1.2.3.4,6.7.0.0/16
    
  • Para definir o timer de sinal de atividade de um peer do BGP, use a opção --keepalive-interval, que define o intervalo entre as mensagens do sinal de atividade do BGP que são enviadas ao roteador de peering. Esse valor precisa ser um número inteiro entre 20 e 60 que especifique o número de segundos do intervalo. O padrão é 20 segundos. Para ver mais informações, consulte Timer de sinal de atividade.

API

  • Use o método routers.insert:

       POST https://compute.googleapis.com/compute/v1/projects/PROJECT_ID/regions/REGION/routers
       {
         "bgp": {
           "asn": "ASN_NUMBER"
           "keepaliveInterval": KEEPALIVE_INTERVAL
         },
         "name": "ROUTER_NAME",
         "network": "NETWORK"
       }
    

    Substitua o seguinte:

    • PROJECT_ID é o ID do projeto que contém a rede VPC.
    • REGION: a região em que você quer localizar o Cloud Router
    • ASN_NUMBER: o ASN particular (64512-65534, 4200000000-4294967294) do Cloud Router que que você está configurando; pode ser qualquer ASN privado que você ainda não esteja usando como um ASN de mesmo nível na mesma região e rede. Por exemplo, 65001 o Cloud Router exige que você use um ASN privado, No entanto, seu ASN local pode ser público ou privado.
    • KEEPALIVE_INTERVAL: o intervalo entre duas mensagens sucessivas do sinal de atividade do BGP que são enviadas para o roteador de peering. Esse marcador é opcional. Esse valor precisa ser um número inteiro entre 20 e 60 que especifique o número de segundos do intervalo. O padrão é 20 segundos. Para mais informações, consulte Timer de sinal de atividade do Cloud Router.
    • ROUTER_NAME: o nome do Cloud Router. Esse nome é exibido no Console do Google Cloud e é usado pela Google Cloud CLI para fazer referência ao Cloud Router
    • NETWORK: a rede que contém as instâncias que você quer alcançar.
  • Para criar um Cloud Router com divulgações de rotas personalizadas, defina o campo bgp.advertiseMode como CUSTOM e use os campos bgp.advertisedGroups[] e bgp.advertisedIpRanges[] para especificar divulgações de rotas.

    O campo bgp.advertisedIpRanges[] aceita uma matriz de intervalos CIDR. O campo bgp.advertisedGroups[] aceita grupos definidos pelo Google que o Cloud Router divulga dinamicamente. Atualmente, o único valor válido é ALL_SUBNETS, que divulga sub-redes com base no modo de roteamento dinâmico da rede VPC (semelhante às divulgações padrão).

    O exemplo a seguir divulga sub-redes e os intervalos de endereços IP personalizados 1.2.3.4 e 6.7.0.0/16:

       POST https://compute.googleapis.com/compute/v1/projects/PROJECT_ID/regions/REGION/routers
       {
         "bgp": {
           "asn": "ASN_NUMBER",
           "advertiseMode": "CUSTOM",
           "advertisedGroups": [
             "ALL_SUBNETS"
           ],
           "advertisedIpRanges": [
             {
               "range": "1.2.3.4",
               "description": "First example range"
             },
             {
               "range": "6.7.0.0/16",
               "description": "Second example range"
             }
           ]
         },
         "name": "ROUTER_NAME",
         "network": "NETWORK"
       }
      

Terraform

Use o módulo do Google Cloud Terraform para o Cloud Router.

module "cloud_router" {
  source  = "terraform-google-modules/cloud-router/google"
  version = "~> 0.4"

  name   = "my-router"
  region = "us-central1"

  bgp = {
    # The ASN (16550, 64512 - 65534, 4200000000 - 4294967294) can be any private ASN
    # not already used as a peer ASN in the same region and network or 16550 for Partner Interconnect.
    asn = "65001"
  }

  # project = "my-project-id"
  project = var.project
  # network = "my-network"
  network = var.network
}

Configurar o produto de conectividade de rede

Para trocar rotas entre uma rede VPC e uma de peering, é preciso configurar pelo menos um dos seguintes produtos de conectividade de rede do Google Cloud, além do Cloud Router:

Cloud Interconnect

Para conectar uma rede VPC a uma rede local usando o Cloud Interconnect e o Cloud Router, primeiro é necessário provisionar uma conexão de interconexão.

O Cloud Router e as sessões do BGP são configuradas quando os anexos da VLAN para a Conexão de interconexão são criados. Consulte Criar anexos da VLAN para a Interconexão dedicada e Criar anexos da VLAN para a Interconexão por parceiro.

Cloud VPN

Para conectar uma rede VPC a uma rede local ou a várias nuvens usando a VPN de alta disponibilidade e o Cloud Router, consulte Como criar um gateway de VPN de alta disponibilidade para um gateway de VPN de peering.

Para conectar uma rede VPC a outra rede VPC usando a VPN de alta disponibilidade e o Cloud Router, consulte Como criar uma VPN de alta disponibilidade entre redes do Google Cloud.

O Cloud Router e as sessões do BGP são configurados quando os túneis de VPN de alta disponibilidade para a rede de peering são criados.

Network Connectivity Center

Para conectar uma rede VPC a uma de peering usando o dispositivo roteador, consulte Como criar instâncias do dispositivo roteador.

Criar sessões do BGP

Ao configurar um produto de conectividade de rede com o Cloud Router, são estabelecidas sessões do Border Gateway Protocol (BGP) entre o Cloud Router e o roteador na rede de peering.

É possível reutilizar o mesmo Cloud Router com diferentes produtos de conectividade de rede. No entanto, cada sessão do BGP é exclusiva do produto de conectividade de rede (anexo da VLAN, túnel do Cloud VPN ou instância do dispositivo roteador) configurados para uso com o Cloud Router. Produtos de conectividade de rede diferentes não podem usar a mesma sessão do BGP. Às vezes, pode ser necessário configurar várias sessões do BGP para que um produto de conectividade de rede tenha redundância suficiente. Por exemplo, várias sessões do BGP são configuradas quando o o Cloud Router com VPN de alta disponibilidade é utilizado.

Para criar sessões do BGP entre o Cloud Router e o roteador na rede de peering, consulte Como criar sessões do BGP.

A seguir