Bibliotecas de cliente do Vision

Nesta página, você verá como dar os primeiros passos com as bibliotecas de cliente do Cloud para a API do Vision. Aqui, você lê mais sobre as bibliotecas de cliente das APIs do Cloud, incluindo as bibliotecas de cliente das APIs do Google mais antigas.

Como instalar a biblioteca de cliente

C#

Para mais informações, consulte Como configurar um ambiente de desenvolvimento em C#.

Se você estiver usando o Visual Studio 2017 ou uma versão posterior, abra a janela do gerenciador de pacotes nuget e digite o seguinte:

Install-Package Google.Apis

Se você estiver usando as ferramentas da interface de linha de comando do .NET Core para instalar as dependências, execute o seguinte comando:

dotnet add package Google.Apis

Go

Para mais informações, consulte Como configurar um ambiente de desenvolvimento do Go.

go get -u cloud.google.com/go/vision/apiv1

Java

Para mais informações, consulte Como configurar um ambiente de desenvolvimento em Java.

Se você estiver usando o Maven, adicione o código abaixo ao arquivo pom.xml. Para mais informações sobre BOMs, consulte BOM das bibliotecas do Google Cloud Platform.

<dependencyManagement>
  <dependencies>
    <dependency>
      <groupId>com.google.cloud</groupId>
      <artifactId>libraries-bom</artifactId>
      <version>20.8.0</version>
      <type>pom</type>
      <scope>import</scope>
    </dependency>
  </dependencies>
</dependencyManagement>

<dependencies>
  <dependency>
    <groupId>com.google.cloud</groupId>
    <artifactId>google-cloud-vision</artifactId>
  </dependency>
</dependencies>

Se você estiver usando o Gradle, adicione isto às dependências:

implementation platform('com.google.cloud:libraries-bom:20.8.0')

compile 'com.google.cloud:google-cloud-vision'

Se você estiver usando o sbt, adicione o seguinte às suas dependências:

libraryDependencies += "com.google.cloud" % "google-cloud-vision" % "1.103.6"

Se você estiver usando o Visual Studio Code, o IntelliJ ou o Eclipse, poderá adicionar bibliotecas de cliente ao projeto usando estes plug-ins de IDE:

Os plug-ins também oferecem outras funcionalidades, como gerenciamento de chaves de contas de serviço. Consulte a documentação de cada plug-in para mais detalhes.

Node.js

Para mais informações, consulte Como configurar um ambiente de desenvolvimento em Node.js.

npm install --save @google-cloud/vision

PHP

Para mais informações, consulte Como usar o PHP no Google Cloud.

composer require google/apiclient

Python

Para mais informações, consulte Como configurar um ambiente de desenvolvimento em Python.

pip install --upgrade google-cloud-vision

Ruby

Para mais informações, consulte Como configurar um ambiente de desenvolvimento em Ruby.

gem install google-api-client

Como configurar a autenticação

Para executar a biblioteca de cliente, você precisa primeiro configurar a autenticação. Para isso, crie uma conta de serviço e defina uma variável de ambiente. Conclua os passos a seguir para configurar a autenticação. Para outras formas de autenticação, consulte a documentação de autenticação do GCP.

Console do Cloud

Crie uma conta de serviço:

  1. No Console do Cloud, acesse a página Criar conta de serviço.

    Acesse Criar conta de serviço
  2. Selecione um projeto.
  3. No campo Nome da conta de serviço, insira um nome. O Console do Cloud preenche o campo ID da conta de serviço com base nesse nome.

    No campo Descrição da conta de serviço, insira uma descrição. Por exemplo, Service account for quickstart.

  4. Clique em Concluído para terminar a criação da conta de serviço.

    Não feche a janela do navegador. Você vai usá-lo na próxima etapa.

Crie uma chave de conta de serviço:

  1. No Console do Cloud, clique no endereço de e-mail da conta de serviço que você criou.
  2. Clique em Chaves.
  3. Clique em Adicionar chave e em Criar nova chave.
  4. Clique em Criar. O download de um arquivo de chave JSON é feito no seu computador.
  5. Clique em Fechar.

Linha de comando

É possível executar os seguintes comandos usando o SDK do Cloud na máquina local ou no Cloud Shell.

  1. Crie a conta de serviço. Substitua NAME por um nome para a conta de serviço.

    gcloud iam service-accounts create NAME
  2. Gere o arquivo de chave. Substitua FILE_NAME pelo nome do arquivo de chave.

    gcloud iam service-accounts keys create FILE_NAME.json --iam-account=NAME@PROJECT_ID.iam.gserviceaccount.com

Forneça credenciais de autenticação ao código do aplicativo definindo a variável de ambiente GOOGLE_APPLICATION_CREDENTIALS. Essa variável só se aplica à sessão de shell atual. Assim, se você abrir uma nova sessão, precisará definir a variável novamente.

Linux ou macOS

export GOOGLE_APPLICATION_CREDENTIALS="KEY_PATH"

Substitua KEY_PATH pelo caminho do arquivo JSON que contém a chave da conta de serviço.

Exemplo:

export GOOGLE_APPLICATION_CREDENTIALS="/home/user/Downloads/service-account-file.json"

Windows

Para PowerShell:

$env:GOOGLE_APPLICATION_CREDENTIALS="KEY_PATH"

Substitua KEY_PATH pelo caminho do arquivo JSON que contém a chave da conta de serviço.

Exemplo:

$env:GOOGLE_APPLICATION_CREDENTIALS="C:\Users\username\Downloads\service-account-file.json"

Para prompt de comando:

set GOOGLE_APPLICATION_CREDENTIALS=KEY_PATH

Substitua KEY_PATH pelo caminho do arquivo JSON que contém a chave da conta de serviço.

Como usar a biblioteca de cliente

O exemplo a seguir mostra como usar a biblioteca de cliente.

Go

Antes de testar essa amostra, siga as instruções de configuração para Go no Guia de início rápido do Vision usando bibliotecas de cliente. Para mais informações, consulte a documentação de referência da API Vision para Go.


// Sample vision-quickstart uses the Google Cloud Vision API to label an image.
package main

import (
	"context"
	"fmt"
	"log"
	"os"

	vision "cloud.google.com/go/vision/apiv1"
)

func main() {
	ctx := context.Background()

	// Creates a client.
	client, err := vision.NewImageAnnotatorClient(ctx)
	if err != nil {
		log.Fatalf("Failed to create client: %v", err)
	}
	defer client.Close()

	// Sets the name of the image file to annotate.
	filename := "../testdata/cat.jpg"

	file, err := os.Open(filename)
	if err != nil {
		log.Fatalf("Failed to read file: %v", err)
	}
	defer file.Close()
	image, err := vision.NewImageFromReader(file)
	if err != nil {
		log.Fatalf("Failed to create image: %v", err)
	}

	labels, err := client.DetectLabels(ctx, image, nil, 10)
	if err != nil {
		log.Fatalf("Failed to detect labels: %v", err)
	}

	fmt.Println("Labels:")
	for _, label := range labels {
		fmt.Println(label.Description)
	}
}

Java

Antes de testar esta amostra, siga as instruções de configuração do Java no Guia de início rápido do Vision usando bibliotecas de cliente. Para mais informações, consulte a documentação de referência da API Vision para Java.

// Imports the Google Cloud client library

import com.google.cloud.vision.v1.AnnotateImageRequest;
import com.google.cloud.vision.v1.AnnotateImageResponse;
import com.google.cloud.vision.v1.BatchAnnotateImagesResponse;
import com.google.cloud.vision.v1.EntityAnnotation;
import com.google.cloud.vision.v1.Feature;
import com.google.cloud.vision.v1.Feature.Type;
import com.google.cloud.vision.v1.Image;
import com.google.cloud.vision.v1.ImageAnnotatorClient;
import com.google.protobuf.ByteString;
import java.nio.file.Files;
import java.nio.file.Path;
import java.nio.file.Paths;
import java.util.ArrayList;
import java.util.List;

public class QuickstartSample {
  public static void main(String... args) throws Exception {
    // Initialize client that will be used to send requests. This client only needs to be created
    // once, and can be reused for multiple requests. After completing all of your requests, call
    // the "close" method on the client to safely clean up any remaining background resources.
    try (ImageAnnotatorClient vision = ImageAnnotatorClient.create()) {

      // The path to the image file to annotate
      String fileName = "./resources/wakeupcat.jpg";

      // Reads the image file into memory
      Path path = Paths.get(fileName);
      byte[] data = Files.readAllBytes(path);
      ByteString imgBytes = ByteString.copyFrom(data);

      // Builds the image annotation request
      List<AnnotateImageRequest> requests = new ArrayList<>();
      Image img = Image.newBuilder().setContent(imgBytes).build();
      Feature feat = Feature.newBuilder().setType(Type.LABEL_DETECTION).build();
      AnnotateImageRequest request =
          AnnotateImageRequest.newBuilder().addFeatures(feat).setImage(img).build();
      requests.add(request);

      // Performs label detection on the image file
      BatchAnnotateImagesResponse response = vision.batchAnnotateImages(requests);
      List<AnnotateImageResponse> responses = response.getResponsesList();

      for (AnnotateImageResponse res : responses) {
        if (res.hasError()) {
          System.out.format("Error: %s%n", res.getError().getMessage());
          return;
        }

        for (EntityAnnotation annotation : res.getLabelAnnotationsList()) {
          annotation
              .getAllFields()
              .forEach((k, v) -> System.out.format("%s : %s%n", k, v.toString()));
        }
      }
    }
  }
}

Node.js

Antes de testar esta amostra, siga as instruções de configuração do Node.js no Guia de início rápido do Vision usando bibliotecas de cliente. Para mais informações, consulte a documentação de referência da API Vision para Node.js.

async function quickstart() {
  // Imports the Google Cloud client library
  const vision = require('@google-cloud/vision');

  // Creates a client
  const client = new vision.ImageAnnotatorClient();

  // Performs label detection on the image file
  const [result] = await client.labelDetection('./resources/wakeupcat.jpg');
  const labels = result.labelAnnotations;
  console.log('Labels:');
  labels.forEach(label => console.log(label.description));
}
quickstart();

Python

Antes de testar esta amostra, siga as instruções de configuração do Python no Guia de início rápido do Vision usando bibliotecas de cliente. Para mais informações, consulte a documentação de referência da API Vision para Python.

import io
import os

# Imports the Google Cloud client library
from google.cloud import vision

# Instantiates a client
client = vision.ImageAnnotatorClient()

# The name of the image file to annotate
file_name = os.path.abspath('resources/wakeupcat.jpg')

# Loads the image into memory
with io.open(file_name, 'rb') as image_file:
    content = image_file.read()

image = vision.Image(content=content)

# Performs label detection on the image file
response = client.label_detection(image=image)
labels = response.label_annotations

print('Labels:')
for label in labels:
    print(label.description)

Outros recursos

Outras bibliotecas de cliente

Além das bibliotecas mostradas acima, o Spring Cloud GCP está disponível para aplicativos Java. A API do Spring Vision ajuda você a usar o Cloud Vision em qualquer aplicativo criado com o Spring Framework.

Para dar os primeiros passos, saiba como adicionar o Spring Cloud Vision ao seu aplicativo.

Faça um teste

Se você é novo no Google Cloud, crie uma conta para avaliar o desempenho da API Cloud Vision em cenários reais. Clientes novos recebem US$ 300 em créditos para executar, testar e implantar cargas de trabalho.

Faça uma avaliação gratuita da API Cloud Vision