Como executar uma migração

Comece a migrar VMs com um comando que gera artefatos de contêiner de destino e os extrai usando o cluster de processamento criado em Como instalar o Migrate for Anthos.

Este tópico descreve como executar uma migração para:

  • extrair artefatos de carga de trabalho da VM para uma imagem de contêiner e volume de dados (para cargas de trabalho com estado);
  • copiar uma imagem de contêiner da VM para um registro de contêiner;
  • gerar artefatos de implantação de migração que podem ser usados para implantações de produção.

Depois de concluir esse passo, será possível:

  • testar a imagem e o volume de dados (para cargas de trabalho com estado) no cluster de processamento;

    Embora você ainda não tenha implantado a imagem em um cluster separado, ela poderá ser executada e testada. Quando a migração estiver concluída, a imagem não será conectada à VM de origem.

  • implantar a imagem e o volume de dados (para cargas de trabalho com estado) em outro cluster;

Antes de começar

Para ter sucesso, primeiro é preciso fazer o seguinte:

Como executar a migração e gerar artefatos

Use o comando migctl migration generate-artifacts ou o Console do GCP para gerar artefatos de contêiner de destino como parte do processamento de uma VM para migração.

migctl

migctl migration generate-artifacts my-migration

Console

  1. Abra a página do Migrate for Anthos no Console do Cloud.

    Acesse a página do Migrate for Anthos

  2. Clique na guia Migrações para exibir uma tabela com as migrações disponíveis.

  3. Na linha da migração desejada, selecione Gerar artefatos na lista suspensa Próximas etapas.

  4. Veja o status de uma migração:

    • Como visualizar a coluna Status da linha para a migração.

    • Clique no Nome da migração. A guia Detalhes da migração é aberta. Clique na guia Monitoramento para ver o status detalhado ou na guia Eventos para ver os eventos de migração.

  5. Quando o status da migração for artefatos gerados, você conseguirá avançar para a próxima etapa.

CRD

  1. Crie um arquivo my-generate.yaml GenerateArtifactsTask para definir uma migração.

    Nesse arquivo, defina o valor do campo name de migration com o nome especificado no yaml de migração quando você tiver criado a migração:

    apiVersion: anthos-migrate.cloud.google.com/v1beta2
    kind: GenerateArtifactsTask
    metadata:
     name: my-migration-task
     namespace: v2k-system
    spec:
     migration:
       name:  my-migration
  2. Aplique o arquivo:

    kubectl apply -f my-generate.yaml

Ao gerar os artefatos, Migrate for Anthos:

  • Copia arquivos e diretórios que representam a VM para o Container Registry como imagens do Docker.

    O Migrate for Anthos cria duas imagens: uma imagem executável para implantação em outro cluster e uma camada de imagem não executável que pode ser usada para atualizar a imagem do contêiner no futuro. Para mais informações sobre como identificar essas imagens, consulte Como personalizar um plano de migração.

  • Gera arquivos YAML de configuração que podem ser usados para implantar a carga de trabalho extraída em outro cluster do GKE. Eles são copiados para um bucket do Cloud Storage como um local intermediário. Você conseguirá fazer o download desses arquivos posteriormente.

Para verificar o progresso das migrações de migctl e CRD, pesquise o status:

migctl

migctl migration status my-migration

NAME            CURRENT-OPERATION       PROGRESS        STEP            STATUS  AGE
my-migration    GenerateArtifacts       [1/1]           ExtractImage    Running 12m2s

Quando a migração for concluída, você verá uma mensagem como esta ao solicitar o status com o status da migração migctl.

migctl migration status my-migration

NAME            CURRENT-OPERATION       PROGRESS        STEP            STATUS    AGE
my-migration    GenerateArtifacts       [1/1]           ExtractImage    Completed 14m23s

Também é possível adicionar a sinalização -v para ver informações de erro e aviso. Para mais informações, consulte Como monitorar uma migração.

Console

  1. Abra a página do Migrate for Anthos no Console do Cloud.

    Acesse a página do Migrate for Anthos

  2. Clique na guia Migrações para exibir uma tabela com as migrações disponíveis.

  3. Veja o status de uma migração:

    • Como visualizar a coluna Status da linha para a migração.

    • Clique no nome da migração. A página Detalhes da migração é aberta. Clique na guia Monitoramento para ver os detalhes do status ou na guia Eventos para ver os eventos de migração.

  4. Quando o status da migração for artefatos gerados, você conseguirá avançar para a próxima etapa.

CRD

Use kubectl para receber informações de execução e status especificando um JSONPath para o campo necessário.

  1. Ver a operação de migração:

    kubectl get migrations.anthos-migrate.cloud.google.com -n v2k-system  my-migration -o jsonpath={.status.currentOperation}

    Retorna GenerateArtifacts.

  2. Para ver o status da migração:

    kubectl get migrations.anthos-migrate.cloud.google.com -n v2k-system my-migration -o jsonpath={.status.status}

    Quando o status mostrar que a operação foi concluída, avance para a próxima etapa.

Próximas etapas